Jump to content


Photo

PORQUE UNS VÃO MAIS LONGE COM SEU SAX E OUTROS ESTACIONAM ?


  • Please log in to reply
19 replies to this topic

#1 Prof.Ivan Meyer

Prof.Ivan Meyer

    Fundador do Explicasax

  • Administradores
  • 13.560 posts
  • Gender:Male
  • Location:Pouso Alegre - Sul de Minas Gereais
  • Interests:Música e natureza

Posted 27 junho 2011 - 01:57

Quando eu escuto alguém falando pra mim assim: É QUE VOCÊ TEM TALENTO..... ISSO É UM DOM .......


EU TENHO VONTADE É DE BATER NESSA PESSOA RSSS Pois ela não faz idéia do duro que dei para ser simplesmente julgado como uma aberração da natureza, sendo que ralei pra caramba para conseguir tocar minha primeira musica.


PORQUE UNS CONSEGUEM E OUTROS NÃO ????


Escreví isso abaixo para explicar algumas coisinhas que alguns não entendem ok

Sabe por que uns conseguem e outros não? Se todos começamos da mesma maneira, ou seja, alguém te ensinou a montar o sax, a colocar a palheta na boquilha, a fazer a embocadura e depois colocar os dedos no sax, arrumar sua postura no instrumentos, aprender as notas o nome delas, enfim aprendeu a tocar o instrumento.

Mas por que uns vão mais longe enquanto outros simplesmente estacionam?


Essa pergunta eu sempre carreguei comigo desde muito cedo, quando eu comecei a estudar o saxofone, e eu descobri o porquê: descobri que o que faz a grande diferença não é a marca do sax ou da boquilha, e muito menos a idade. O que a faz é a força de vontade que cada um carrega consigo. E isso não implica só querer. É necessário ter atitude, e este é o grande segredo do sucesso musical de alguns.
Fazer, fazer por prazer, sem espera de um resultado imediato. Simplesmente fazer, e deixar o resultado tornar-se conseqüência. As vezes improvisamos mal, trocamos as notas, perdemos o rítmo, erramos uma série de coisas. Mas erros não são resultados e sim indicadores que, por meio da prática, mostram o caminho do acerto. Por isso digo que não existe resultado para um músico, e sim conseqüência dos estudos.
Se você for a pessoa mais talentosa do mundo, ainda sim a sua conseqüência será desastrosa se não tiver uma disciplina para trabalhar este talento. O talento nunca levou ninguém a lugar nenhum. Guarde bem estas palavras: Na música, o talento por sí só não é o suficiente quando se trata de um instrumentista. É preciso trabalhar esse talento e a improvisação. Por mais que você pense que seja talentoso, estará cometendo um erro ao desprezar o trabalho, pois a improvisação é uma conseqüência não do talento, mas sim do trabalho, do fazer, e é nisso que você precisa acreditar. Isso sim faz a diferença. Como eu já havia dito, o trabalho e a disciplina desenvolvem o talento. O talento isolado é imóvel, é só o talento nato de cada um, que muitas e muitas vezes é superado pelo talento trabalhado de outros músicos e artistas, que nem sempre nasceram com o mesmo privilégio.
Então, mesmo que você sinta que seu talento é pequeno, acredite na sua capacidade para desenvolver seu talento em um nível tão alto que assustará até os mais talentosos dos mortais, porque o talento nato não cresce. O talento é uma pedra bruta que só terá valor se for lapidada, do contrário não valerá nada aos olhos das pessoas que o olharem! Por isso acredite na sua lapidação, no seu trabalho, e se esforce para fazer algo, pois é essa a única maneira de você mesmo superar o seu próprio talento e assim conseguir vítórias e mais vítórias que serão muito mais importantes e verdadeiras para você. Elas terão maior valor pois serão conquistadas pelo seu trabalho, pois você não nasceu rico, você se fez rico de talentos que jamais existiriam sem o seu trabalho e esta é a grande diferença entre os músicos.
Os que tem pouco talento geralmente são os que tem a maior força de vontade e fazem o talento deles mesmos parecer insignificantes perto da grande conseqüência de seus trabalhos.
Por isso acredito no seu estudo, no seu fazer, na sua disciplina, e você mesmo verá seu talento crescer e dar os frutos que jamais havia imaginado. Basta você dar ao seu talento a chance de poder crescer, assim como fez e fazem tantos artistas neste imenso planeta por tantos e tantos anos. "Acreditando e trabalhando para desenvolver". O resto é sem importância, é uma simples conseqüência do que fazemos ou não fazemos.
Abrs
Prof.Ivan Meyer

Abaixo uma pergunta do amigo Samuel Grego que eu copiei e coloquei aqui pois pode ajudar a entender muitas coisas smile.gif

QUOTE(Samuel.Grego @ 23/06/2010 - 08:36) <{POST_SNAPBACK}>
Sábias as palavras do mestre Ivan. Sem disciplina e métodos acredito que não chegaremos em lugar nenhum.

Ivan e para você, qual é a importância dos métodos ? Não digo só métodos em si (os books da vida), digo ter um método racional lógico para trabalhar sobre ele. Como ter um método eficiente de estudo que nos dê a certeza que vamos chegar lá ?

Digo isso pois trabalhar em cima de uma música, uma brincadeira não é a mesma que trabalhar sobre um estudo, é ?

Abs,


Samuel, me fizeram uma entrevista na comunidade de Violinos no orkut onde eu sou um dos moderadores rsss

As perguntas foram muito interssantes e estou colocando ela aqui pois vai responder bem a sua pergunta smile.gif

O link é este aquí :http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs?cmm=135904&tid=5359745261356527847

PERGUNTAS FEITAS PELO VIOLINISTA GUILHERME DA COMUNIDADE VIOLINOS .

GUILHERME PERGUNTA :
Ivan, eu tenho algumas perguntas.

1. como foi sua formação musical? com qual instrumento você iniciou e como adquiriu uma alta proficiencia no cello e em varios instrumentos de sopros?

2. como voce encara a diferença no estudo da musica erudita e da musica popular, no que diz respeito a tecnica e linguagem? o que te toma mais tempo de estudo?

3. eu vejo vc sempre muito empenhado em alguma nova empreitada, seja no estudo do oboe, gravações de jazz com flauta doce ou na construção do explicasax. quais são hj as suas aspirações como musico e professor? vc tem planos para medio e longo prazo que possa dividir com a gente?

4. quais são as caracteristicas mais importantes em um musico ou de um estudante de musica na sua opinião? o que alguem deve buscar para se tornar uma pessoa musical e um profissional de respeito?


Respondendo ao Guilherme Pergunta 01
1. como foi sua formação musical? com qual instrumento você iniciou e como adquiriu uma alta proficiencia no cello e em varios instrumentos de sopros?

R : Guilherme, minha formação musical foi no conservatório tradicional de música regido pelo M.E.C. ou seja um conservatório estadual da cidade de Pouso Alegre -MG .Dos 9 aos 11 anos fui a maior decepção do conservatório ,NÃO CONSEGUIA TOCAR NEHUM INSTRUMENTO , uma merda musical rsss Tão ruin que ninguém mais queria dar aulas pra mim, pois a cada 06 meses eu era reprovado em um instrumento ..primeiro violão...depois bateria ....depois piano....não adiantava eu não estudava nehum instruemnto e odiava estudar música ,pois era obrigado pelo meu pai e pela minha Tia que era professora do conservaotÁrio da cidade rsss
Depois de ser reprovado em 04 instrumentos por 04 semestres consecutivos....fui convidado a SAIR do conservaotÁrio de P.A. (Imagine minha Tia que era professora do Conserva rsss) Pois então chamaram o meu pai e falaram que eu não poderia estudar mais na escola e dsar lugar a outro , pois ja fazia 03 semestres que era reprovado e sem nehuma chance ou dom para música .Meu pai então implorou para dar mais uma chance pra mim (Ainda lembro disso rss) Eu perguntei a diretora do conservatório : Maestro não precisa tocar nehum instruemento certo ?
Ela disse : Correto , o maestro não precisa tocar , Então eu disse QUERO SER MAESTRO rsss Só para não precisar tocar nehum instrumento smile.gif
Mas não tinha cusro para maestro Mirin rsss pois eu tinha então quase 12 anos e não sabia tocar e nem cantar nada UMA MERDA MUSICAL rsss
Não existia na história do conservatório um aluno pior do que Ivan Meyer , a negação no mundo da música e das artes.

Foi então que depois de tomar varias reprovações e não conseguir tocar nehuma música em nehum dos instrumentos que estudei no conservatório, onde a piada era QUEM SERA O PRÓXIMO PROFESSOR DO IVAN ???
Pois era uma aberração musical,sem dom, sem talento, sem vocação ...

Até que um dia ....
Me colocaram para fazer aulas de flauta doce rsss
Eu era tão ruin que a professora amarrava meus dedos na flauta com durex ,para que eu tocasse somente a nota sol ela passou durex nos meus dedos prendendo os dedos na flauta e escreveu nos meus dedos SI, LA, SOL ...eu era tão sem jeito pra música que ela ficava assustada rssss

Mas ai eu consegui tocar uma música a famosa BAM BALALÃO do, do,do,sol....sol.do..do..do..sol...sol..do..do...do..re..re..re..sol..sol..sol..
.do......

Foi uma vitória smile.gif Depois de 02 anos de conservatório e ter passado por Violão, piano, bateria , eu consegui tocar uma música smile.gif
.
Ai eu gostei ...e comecei a estudar a flauta doce o dia inteiro....então aos 12 anos de idade ja estava tocando legal a flauta doce e algo mágico aconteceu como se tivessem apertado um botão em mim rsss Aos 13 anos eu tocava Clarinete, Contrabaixo acustico, flautas, Saxofone , piano e ganhei o apelido do Homem dos 07 instrumentos e virei alvo dos professores mas desta vez eles falavam Como é possível o Ivan estar tocando todos estes instrumentos ????Pois bem algo mágico aconteceu pois um dia eu acordei e cantava afinado, o ouvido ficou esperto, e lia partitura super bem aos 14 anos de idade já trabalhava profissionalmente com uma big Band onde eu era o Baixista delea e depois passei para o Clarinete e sax barítono.
E já tocava cello com um quarteto no Conservatório e depois em uma orquestra de camara .

Dos 14 aos 17 ganhei um monte de concursos de música entre conservatórios , toquei como premio no Concertos para a Juventude uma obra de Handel para Flauta e violão (Com Agileu Motta )

A verdade é que depois dos 13 anos eu estudei música pelo menos de 6 a 08 horas todos os dias inclusive sábados e domingos..

Queria ser um multi instrumentista e tocar vários e acabei conseguindo isso .

Aos 18 anos eu fui para São Paulo estudar música (Fazer Faculdade ,pois terminei o conservatório ) Aos 18 ja tocava Corne Ingles na Estadualzinha em Sampa e depois fiz teste para Cello na Estadualzinha e..
e entrei na ultima estante rsss Depois de 06 meses teve teste novamente entre todos e eu ganhei para Spalla e ai fiquei por 04 anos como spalla de cello da Estadualzinha em Sampa (Maestro Juan Serrano ) e então paralelamente eu dava aulas de saxofone no Souza lima em Sampa e acompanhava uma cantora e um grupo de Samba...
Onde então depois de ter feito aulas de cello no Festival de Campos do Jordão , onde eu estudava o concerto de Bocherinni em Bb maior para cello com o Mathias (Toca na sinfonica de Berlin ) O Mathias me disse : Se você conseguir chegar na Alemanha eu dou aulas de graça pra você e te dou uma força,mas precisa chegar lá.
.
Ai advinhem que banda de samba ia para Europa ? Exatamente a que eu tocava sax rsss Então vendi meu cello e comprei as passagens para Espanha, onde trabalharia alguns meses e depois ia para a Alemanha , só que o plano não funcionou como pensei sad.gif A banda de Samba estava sem trabalho e acabaram voltando e eu consegui trabalho como saxofonista com vários grupos de jazz e orquestra de baile ,mas fiquei sem tocar cello por 02 anos...depois comprei um cello la na espanha e comecei a tocar cello feito louco...o dia todo e acabei recuperanbdo um pouco a técnica e entrei para o estudio da RTVE onde eu fazia as trilhas sonoras com cello, flautas , sax e comecei a tocar cello com a turma do popular e do jazz.

Tinha eu 23 anos de idade em alguns meses rsss

Respondendo ao Guilherme- Pergunta 02
2. como voce encara a diferença no estudo da musica erudita e da musica popular, no que diz respeito a tecnica e linguagem? o que te toma mais tempo de estudo?
R: A diferença existe sim...principalmente quando uma das partes não conhece a outra, Mas quando conhecemos as 02 escolas (Erudito e Clássico ) sabemos admirar e respeitar e principalmente entender estas 02 grandes escolas .
reflita....
"O sábio avalia o ignorante porque já foi ignorante;
Mas o ignorante não pode avaliar o sábio, porque nunca foi sábio."
Quando só conhecemos somente um dos lado e achamos que somos sábios, não passamos de ignorantes....
Muitos músicos eruditos acham que o musico popular ou jazzista não passa de ignorantes...muito preconceito . O mesmo acontece com os músicos que só tocam jazz e não conhecem o erudito ,a ignorancia é do músico que a cultiva e não da música, pois música é apenas música .Assim como o homem inventou a religião para explicar Deus, os músicos inventaram os estilos para entender a música .
O que posso garantir é que TODO MÚSICO QUE ESTUDOU JAZZ E CLASSICO E NÃO JAZZ OU CLÁSSICO se torna um grande conhecedor do mundo da música.
..principalmente por quer a maioria dos músicos que só estudam o erudito , acha que o músico (Popular o jazzista ) toca de ouvido, por inspiração divina...
Pergunto :
É possivel compor uma sonata ou uma fuga sem nunca ter estudado ?????
Se você disse SIM existe gente que nunca estudou e mesmo assim consegue compor uma sonata ou uma fuga e escrever a bendita .
Então existe também gente que consegue improvisar e compor sem nunca ter estudado jazz .Mas acredito ser reencarnação de alguma alma musical .
.
Eu acho na minha opnião o JAZZ e o ClÁSSICO complementares entre sim.
A escola de todo JAZZISTA é a escola CLÁSSICA .
Todo músico clássico deveria estudar o Jazz , assim como faz todos os jazzistas .
Músico bom é o que topca os 02 estilos , onde a MUSICALIDADE esta acima da lei dos homens .

Na minha opnião é mais fácil virar um bom músico erudito em menos tempo do que virar um jazzista , Acho o jazz uma música que exige alem de domínio técnico e linguagem uma MUSICALIDADE muito alta, pois:
JAZZ = CRIAR
ERUDITO = RECRIAR
Um músico erudito batalha para conseguir tocar exatamente como fulano ou Beltrano. estudando inclusive a mesma cadência do concerto . Pense como é diferente uma audição para avaliar 02 músicos diferentes .
Para participar do Festival de Campos de Jordão o músico vai ser avalido pele que ele consegue RECRIAR alé no momento ou seja CONSEGUIR TOCAR UM TRECHO DO CONCERTO...
O jazzista ao ser avaliado, todos podem tocar a mesma música , mas aquele que tocar IGUAL a algo que ja existe , por exemplo O MESMO SOLO ESCRITO ou Improviso (Cadência ) é desclassificado...
Eu por exemplo, por improvisar com a flauta doce sou o Patinho Feio do mundo da flauta doce , mas a diferen';ca é que eu consigo fazer o que eles fazem (os eruditos ) mas eles alem de não conseguirem fazer o que faço ,eles nem entendem...
Posso não fazer no cello uma música erudita de nível alto, mas eu consigo entende-la . Ja um músico erudito quando escuta Charlie Parker tocando ou Coltranne, não entende nada e acha que é um monte de notas ao léo...
Por isso acho mais difícil atingir um nível alto no Jazz do que no erudito, pois RECRIAR ALGO QUE JÁ EXISTE É MUITO MAIS FÁCIL POIS TEMOS UMA REFERENCIA...MAS CRIAR ALGO QUE NUNCA ESCUTAMOS E EM TEMPO REAL, É MAIS COMPLICADO E EXIGE MAIS DA MUSICALIDADE DO MÚSICO.
RESUMINDO,: FELIZ DO MÚSICO QUE TEM A OPORTUNIDADE DE ESTUDAR A MÚSICA PELO TODO , PELA MÚSICA ,LIVRE DE BANDEIRAS E RÓTULOS.
Por isso gosto e escuto de tudo..Temn dia que acordo Beethoveniano..outros dias acordo Cesar Camatrgo Mariano...outros sou Arrigo Barnabé e outros sou Zézé...
Por isso frequento todas as comunidades, sejam baixistas , trompetistas ,etc...tô com todos, pois Musica é música e gosto de aprender coisas novas .


Respondendo ao Guilherme - Pergunta 03
3. eu vejo vc sempre muito empenhado em alguma nova empreitada, seja no estudo do oboe, gravações de jazz com flauta doce ou na construção do explicasax. quais são hj as suas aspirações como musico e professor? vc tem planos para medio e longo prazo que possa dividir com a gente?

R: O explicasax já tem 10 anos de existencia ...mais de 50 mil saxofonistas cadastrados e usuários ,esta indo super bem smile.gif

No momento estou escolhendo o repertório para um Show de sax ( Jazz ) na cidade de Socorro dia 16 de agosto .

Estou no terceiro periodo de Licenciatura na Unincor .( Quando respondi essas perguntas estava no terceiro,mas eu já terminiei minha licenciatura agora em julho )

Quero ainda este ano gravar novas vídeo aulas (Sobre improvisação ) e comprar uma F250 cabine dupla para poder fazer uma viagem pela Patagonia junto com minha esposa smile.gif

Ela não quer ir de moto rssss

Obs: Ela é pianista Erudita e Popular e também cantora smile.gif


Respondendo ao Guilherme - Pergunta 04

4. quais são as caracteristicas mais importantes em um musico ou de um estudante de musica na sua opinião? o que alguem deve buscar para se tornar uma pessoa musical e um profissional de respeito?
R:
Para mim a maior caracteristica de um músico é O RESPEITO !
Respeito com os colegas, com os horários, com a partitura, com a harmonia, com os solos, com o instrumento, com seu tempo de estudo , enfim RESPEITO.
Minha opnião para que um músico possa se tornar musical, é importante :
ESCUTAR e REPETIR
ESCREVER e TOCAR
TOCAR e ESCREVER
CANTAR E TOCAR
TOCAR E CANTAR
Acho que seria muito legal você que esta lendo , assistir este workshop para músicos, onde eu falo para todos os instrumentistas e não para saxofonistas ,
É um workshop onde eu falo do DESENVOLVIMENTO DA MUSICALIDADE .
É muito legal e basta vocês lerem os comentários destes contrabaixistas que assistiram estes vídeos que coloquei grátis .
.
http://www.orkut.com...905043473443408
.
A DICA É : " QUEM SABE FAZ A HORA E NÃO ESPERA ACONTECER...."
Abs e obrigaduuuuu
Ivan Meyer


ESTA ENTREVISTA ESTA NA COMUNIDADE VIOLINOS NO ORKUT ONDE SOU MODERADOR

http://www.orkut.com...745261356527847


********************************************************************************
********************************************************************************
*
************

Samuel, muita gente acha que eu nascio sabendo tocar e não sabe o quanto eu ralei rsss

Abrs
Ivan Meyer


[attachment=33857:Ivan_Mey...ico_1981.jpg]

#2 João Santos

João Santos

    Membro Efetivo do Explicasax

  • Membros
  • PipPipPipPipPip
  • 1.469 posts
  • Gender:Male
  • Location:Viana do Castelo - Portugal

Posted 27 junho 2011 - 06:10

... como me identifiquei com as suas palavras... fiquei feliz por você dizer que a força de vontade é tudo...

Às vezes não consigo fazer algum exercício com o sax, ou não consigo tocar algo dificil.... em vez de ficar triste fico feliz... porque sei que é um desafio e só fico satisfeito quando consegui, além de tocar igual, tocar melhorado.

Eu não noto a minha evolução... os outros notam? Ou serei eu que não quero notar a mina evolução para não me acomodar?

smile.gif

Sax Alto SELMER REFERENCE 54 Lacquer "Antiqued"
Boquilha Lebayle LR Chamber mea7* (Ebonite)
Palheta Rico Jazz Select 3s
Abraçadeira BG L12 RS

--------------------------------------------------------

Sax Tenor Yamaha yts 275
Boquilha Lebayle Jazz Tenor Hard Rubber 8
Palheta Rico Jazz Select 3s



Facebook - <a href="http://www.facebook....00000604989451" target="_blank">http://www.facebook....00604989451</a>

Visite a minha página: <a href="http://www.youtube.c...om/user/jousax" target="_blank">http://www.youtube.c...user/jousax</a>

#3 Prof.Ivan Meyer

Prof.Ivan Meyer

    Fundador do Explicasax

  • Administradores
  • 13.560 posts
  • Gender:Male
  • Location:Pouso Alegre - Sul de Minas Gereais
  • Interests:Música e natureza

Posted 27 junho 2011 - 09:57

Quando achamos que estamos tocando mal ...este é o momento onde então notamos nossa evolução smile.gif
Quando achamos que tocamos bem...este é o momento que paramos de evoluir.....onde o próximo passo é a involução.

Um erro só pode ser reparado quando descobrimos que é um erro,pois do contrário erramos a vida toda e na música não é diferente !

Quando vamos dar um pulo o que fazemos ? Nós agachamos certo ?

Toda vez que um músico vai dar um salto com seu instrumento ele também agacha ....é um momento lindo onde percebemos que estamos agachando , pois os nossos erros estão sendo notados por nós mesmose não mais e somente pelos outros...Este momento onde nós músicos agachamos para dar o salto...é justamente o momento mais delicado da nossa vida musical e precisamos estar alerta , muito alerta .Pois é justamente netse momento onde dobramos as pernas de nosso orgulho é que tomamos consciencia dos nossos erros e o salto acontece....mas se vc não percebe que esta em um momento mágico do SALTO e dobra as pernas sem dobrar o seu orgulho e tocar o chão da humildade então o desequilíbrio acontece e o músico cai....ele desiste !
Mas é preciso lembrar que mesmo neste momento difícil que passamos como artistas que é a busca do "melhor" de se aperfeicoar em nossa arte para atingir cada vez em saltos maiores e maiores nos mantermos de pé e não cair depois de um grande salto justamente por falta de humildade .

Mas se um dia sentir que esta dobrando as pernas para dar um salto e perceba que se desequilibrou e caiu sentado e não sente ter forças para se levantar mesmo estando no patamar mais baixo em toda sua vida ....não desista smile.gif é para isso que existe os amigos e aqui no Fórum do explicasax temos amigos de verdade onde o único que nos une é nosso interior e nosso objetivo de dar saltos maiores e sempre ficar de pé.
Mas se vc se desequilibrou ao agachar e sente que esta caido...basta pedir ajuda , estender sua mão e iremos a seu socorro smile.gif

Eu vejo muitos de nossos colegas que dão saltos e mais saltos e as vezes desaparecem...como se tivessem atingido o sol...
Muitos querem dar seus saltos sem dobrar os joelhos ,sem ter a humildadede agachar e sentir o "não sei..como é que eu faço ? " mas ao inves disso se alimentam do salto que dão com suas leituras e mesmo sem fazer nenhum treino sobre os que andam lendo ,passam a ministrar aulas sobre os assuntos que nunca vivenciaram ...verdadeiros professores de "Karate" por correspondencia....e acabam sendo nocauteados por ele mesmo ao tentarem aplicar golpes que ensinam e nunca fizeram...é preciso ter humildade e reconhecer seus erros pois somente assim poderemos acertar.

Algúns de nossos colegas dão saltos tão altos mas não reparam que estão saltando para um abismo e não para o próximo degrau.A queda é rápida e vertiginosa e tão veloz que mesmo tentando estender uma mão amiga é simplesmente impossível de ser notado a mão amiga ,tamanho a altura de seu orgulho.

Não esqueça que é justamente quando dobramos as pernas e agachamos que o salto acontece smile.gif se vc esta sentindo isso e reconhecendo seus pontos fracos FIQUE FELIZ vc esta crescendo !

Abrs
Ivan Meyer

#4 João Santos

João Santos

    Membro Efetivo do Explicasax

  • Membros
  • PipPipPipPipPip
  • 1.469 posts
  • Gender:Male
  • Location:Viana do Castelo - Portugal

Posted 27 junho 2011 - 10:20

Professor... palavras essas onde eu me revejo e fico contente por isso ser real...

Eu coloquei um Post aqui onde coloquei os videos de uma actuação minha no Bar Riva não sei se viu?

No dia que fiz a actuação quando acabei fiquei contente pois correu muito bem... as pessoas gostaram...

Depois vi as filmagens xs sem conta e agora parece que não gosto muito pois descobri tantos erros e tantas coisas que tenho de melhorar... parece que fiquei novamente pequenino e que comecei agora a estudar sax...

Parece que aquele dia senti tipo uma droga que senti naquela hora bem estar... agora acordei vi os videos sem conta.. vi notas fora, desafinações, improvisos mal feitos... etc e tal... uma série de coisas.

Por isso estou estudando como nunca para que na próxima actuação esses erros sejam minimizados... espero.

coloquei os videos aqui no forum... nao com o intuito de me exibir mas sim de receber criticas das falhas e ouvir conselhos para melhorar... obtive poucos mas ainda o post continua lá para quem quiser ajudar com criticas...

Quando leio estas palavras fico feliz por saber que quando penso que parece que regredi nos estudos e estou a tocar pior, não é mau sinal... smile.gif

Obrigado professor smile.gif
Sax Alto SELMER REFERENCE 54 Lacquer "Antiqued"
Boquilha Lebayle LR Chamber mea7* (Ebonite)
Palheta Rico Jazz Select 3s
Abraçadeira BG L12 RS

--------------------------------------------------------

Sax Tenor Yamaha yts 275
Boquilha Lebayle Jazz Tenor Hard Rubber 8
Palheta Rico Jazz Select 3s



Facebook - <a href="http://www.facebook....00000604989451" target="_blank">http://www.facebook....00604989451</a>

Visite a minha página: <a href="http://www.youtube.c...om/user/jousax" target="_blank">http://www.youtube.c...user/jousax</a>

#5 CMC Sax

CMC Sax

    Membro Efetivo do Explicasax

  • Membros
  • PipPipPipPipPip
  • 1.725 posts
  • Gender:Male
  • Location:Campo Grande, MS.

Posted 27 junho 2011 - 10:43

Eu AMO pegar o sax e tocar, tocar e tocar...

Além da preguiça que me é costumeira, tenho muita dificuldade em estudar e me aprofundar na parte teórica, pois num sei se tenho algum problema-além da preguiça-de concentração...
Quando pego um livro, e começo a estudá-lo, sinto uma enorme dificuldade em concentrar-me.
Isso já tenho desde de criança e me esforce muito para passar de ano nos colégios e universidades que fiz, apesar de sempre ter me saído entre os melhores alunos, ter conseguido passar em vestibulares difíceis nas primeiras posições, PORÉM sinto uma tremenda dificuldade em estudar.

Na Música, como em outras áreas, sempre fui indo meio que perdido e agora sinto a base, os fundamentos, o alicerce, que tanto me causam insegurança em minha linguagem musical; aliando-se ainda a questão do tempo para o trabalho e família.

Essas suas palavras, Prof Ivan, chama-me a atenção-mais uma vez!- de que talento(dom) sem esforço é como uma semeador sem terras. E, como já disseram, a palavra "Dom" só aparece na frente da palavra "Trabalho" no dicionário. smile.gif

Obrigado!

Abração!
“Tupã rerobia re tebo// Teco puero neobopa// Ageirira yniye rebo// Sancta Maria
cupé// O mi by porangueté// Tomoye recoab orebo//"

#6 Alissyn

Alissyn

    Usuário Destaque

  • Membros
  • PipPipPipPip
  • 809 posts
  • Gender:Male
  • Location:Paracatu - MG
  • Interests:Tudo sobre Instrumentos Musicais

Posted 27 junho 2011 - 10:45

As vezes algumas pessoas comentam.. nossa aquele cara é bom toca bem ou faz qualquer outra coisa...

dai eu digo bom mesmo é o cara que nunca estudou e toca muito bem... kkk

por mais que a pessoa tem talento ela necessita de instrução....



" O Sol nasce para todos mas a sobra é só para quem planta árvores"
-----------------------------------------


---------------------------

KåRå Ðe ÅnJø

---------------------------

#7 Leograssi

Leograssi

    Membro Efetivo do Explicasax

  • Membros
  • PipPipPipPipPip
  • 1.935 posts
  • Gender:Male
  • Location:Porto Alegre-RS
  • Interests:Tudo sobre saxofone

Posted 27 junho 2011 - 11:21

Olha, esse post veio numa hora muito boa. Tenho algumas experiências pra compartilhar em relação ao talento pq já vi pessoas desenvolverem do nada. Amigos meus que não sabia segurar um instrumento e hoje tocam até em sinfônica. Há alguns anos atrás meu professor disse assim pra mim, em meio a uma discussão sobre talento e tal: pega essa história de talento, faz um charutinho dela e enfia...no olho. Oe sei lá onde. Essa frase quem falou pra ele doi o Ídriss Boudrioua, o professor dele. Aquilo me incentivou tanto que vcs não têm idéia. Mais tarde, uns anos depois, um colega meu do curso, que era "durão" em divisão musical e umas quantas outras coisas, tinha muita dificuldade, passou na prova para a universidade. Era um cara que tu não dava nada. Ele não gostava de erudito, gostava de Sanborn, Marienthal...tudo isso. Só que dos alunos da universidade, ele foi quem mais abraço o curso erudito, e se tornou um ótimo músico. E o talento. Quem viu ele tocar há anos atrás, diria que ela era sem talento algum. Hoje, depois de ralar muito, apareceu o talento dele? Nesse caso, ele aprendeu muita coisa, e ralou muito, quem sabe não pode superar pessoas com enorme talento? É bem possível...
Saxofone Italiano Tenor Grassi Professional Vintage
Boquilha Berg Larsen 90 SMS 2
Palheta numero 3,5
Boquilha Otto Link STM 7*
Palheta Rico 3 e 3,5
Boquilha Ivan Meyer 8* 2,90mm
Palheta numero 2,5
Boquilha Otto Link Slant Signature 8* New Vintage Tone Edge
Palheta Rico numero 3

#8 Profº W@L¬@¢£

Profº W@L¬@¢£

    Usuário Muito Participativo

  • Membros
  • PipPipPip
  • 475 posts
  • Gender:Male

Posted 27 junho 2011 - 11:22

Nossa...
TO gravando esses posts...Para quando eu me sentir meio sei lá...
Eu ler e me reanimar a meus estudos diarios...

Professor essa foi uma verdadeira aula mesmo...
Vou passar isso aos meus alunos...Pois eles merecem conhecimentos...
Eles tem o dom...Mas como o Sr. disse Tem que ter o trabalho...

Esse foi um verdadeiro acorda os neguinhos dorminhocos que acham que são os tais...Muito pelo ao contrario...São os mais ruins....Pois tem de trabalhar em cima do que eles ja sabem para que a cada dia eles possam ser um verdadeiro músico


Muitos dizem...." Eu sou músico."
A outra pessoa diz "nossa quero ver vc tocar uma música..."
Chega na hora toca aquelas coisas...


Por isso eu digo...falar que é músico é facil...
Agora ser um músico que é o X da questão...











Abração...W@L¬@¢£...

#9 Prof.Ivan Meyer

Prof.Ivan Meyer

    Fundador do Explicasax

  • Administradores
  • 13.560 posts
  • Gender:Male
  • Location:Pouso Alegre - Sul de Minas Gereais
  • Interests:Música e natureza

Posted 27 junho 2011 - 12:17

é verdade meus amigos smile.gif
AQUELE QUE FAZ ACONTECE smile.gif

TEM GENTE QUE ESTA VIRANDO MESTRE EM PESQUISA SOBRE SAX ...SABE TUDO DE SAX...MAS NÃO TOCA NADA POIS NÃO FAZ O MAIS IMPORTANTE QUE É ESTUDAR smile.gif

Estão achando que tendo conhecimento sobre o assunto isso vai bastar...." o tempo passa...o tempo voia...e a Poupança Bamerindus continua numa boa " ...rsss

Engraçado..EU LEIO UM TRATADO SOBRE QUÍMICA E FICO DO MESMO TAMANHO....EMBORA EU LEIA SUPER BEM E todos me entendan e eu NÃO ERRE AS PALAVRAS.....EU FECHO O LIVRO E NADA SEI SOBRE O QUE LÍ....
Mas se os outros acham que sei....isso me conforta !
Infelizmente vejo muita gente pensando assim e se confortando desta forma . ATÉ QUANDO ????

SE EU LER UM LIVRO DE POESIAS EU SOU POETA ?
SE EU LER SOBRE ECONOMIA PARA UM MONTE DE GENTE EU SOU ECONOMISTA ?


POIS UMA COISA É SABER SOBRE O CONTEÚDO E OUTRA É REPETIR O QUE VIU ESCRITO E ACHAR QUE ISSO JÁ BASTA ....

QUEM LER O IMPROVISO DO CHARLIE PARKER OU DO COLTRANNE E TOCAR IGUAL É IGUAL ? rsss

REPETIR ATÉ MACACO, CACHORRO FAZEM SUPER BEM , INCLUSIVE UNS ATÉ FALAM COMO O PAPAGAIO E O QUE TEM DE PERIQUITO SE ACHANDO PAPAGAIO RSSS

CONSELHO : ESTUDAR MAIS E PESQUISAR MENOS !

Abrs
Ivan Meyer






#10 Blonski

Blonski

    PROFESSOR

  • Membros
  • PipPipPipPipPip
  • 4.909 posts
  • Gender:Male
  • Location:Curitiba - Paraná

Posted 27 junho 2011 - 12:18

QUOTE(Leograssi @ 27/06/2011 - 12:21) <{POST_SNAPBACK}>
Olha, esse post veio numa hora muito boa. Tenho algumas experiências pra compartilhar em relação ao talento pq já vi pessoas desenvolverem do nada. Amigos meus que não sabia segurar um instrumento e hoje tocam até em sinfônica. Há alguns anos atrás meu professor disse assim pra mim, em meio a uma discussão sobre talento e tal: pega essa história de talento, faz um charutinho dela e enfia...no olho. Oe sei lá onde. Essa frase quem falou pra ele doi o Ídriss Boudrioua, o professor dele. Aquilo me incentivou tanto que vcs não têm idéia. Mais tarde, uns anos depois, um colega meu do curso, que era "durão" em divisão musical e umas quantas outras coisas, tinha muita dificuldade, passou na prova para a universidade. Era um cara que tu não dava nada. Ele não gostava de erudito, gostava de Sanborn, Marienthal...tudo isso. Só que dos alunos da universidade, ele foi quem mais abraço o curso erudito, e se tornou um ótimo músico. E o talento. Quem viu ele tocar há anos atrás, diria que ela era sem talento algum. Hoje, depois de ralar muito, apareceu o talento dele? Nesse caso, ele aprendeu muita coisa, e ralou muito, quem sabe não pode superar pessoas com enorme talento? É bem possível...


Você recebeu um "Toque" na hora certa, que o incentivou profundamente...

Saxofone Tenor Yamaha YTS 62 Mark II-Tudel G1 com Booster — Alto " Martk VI " da Yamaha - YAS 82Z -Tudel G1 Custom - Soprano Vintage Vito Stencil
Violinos que eu mesmo fiz — Zaphon — Harmonica 64 vozes...
Boquilha Ivan Meyer Vintage Jazz 8* Dave Guardala Crescent Otto Link STM NY 8 All Gold

Vandoren Paris " 3 Bandas "

Fibracell Premier Custom — Rico La Voz — Vandoren Java Red — Rico Reserve

Selmer Soloist " F " - Yamaha 4C Custom

Vandoren Optimum

Vandoren ZZ Jazz — Fibracell Premier — Rico Reserve
Selmer Super Session " I " — Selmer S80 C*

François Louis Ultimate
Vandoren ZZ Jazz - Java Red - Traditonal — Rico Reserve

Som: Shure PGX4 - Shure WB98H/C

Professores de Saxofone:
Leo Gandelman, Hector Costita, Nivaldo Ornelas,
Vinícius Dorin, Emiliano Barri, Raul Valente, Rodrigo Capistrano. . .

Linguagem e Estruturação Musical: Andre Dittrich - Harmonia: Alexy Viegas

Maestros: Dario Sotelo - . . .

Tocando do Lado Grave ao Altivo da Força !

Networking Remunerado Blonski
Posted Image

.

Posted Image .. Posted Image .. Posted Image .. Site...



#11 Marcos Monteiro

Marcos Monteiro

    Membro Efetivo do Explicasax

  • Membros
  • PipPipPipPipPip
  • 2.398 posts
  • Gender:Male
  • Location:Calgary, Alberta - Canada
  • Interests:Famila, Musica, Computacao

Posted 27 junho 2011 - 12:31

eh a sindrome da redacao q nunca sai.

quando vc precisa escrever uma redacao e prepara o local, depois pega 3 ou 4 lapises (em caso um ou outro quebre), varias canetas, 3 ou 4 borrachas, apontador, gilette,estilete, varias folhas de papel sobre a mesa. depois vc aponta os lapises um por um. primeiro usar o apontador, mas nao gosta do resultado depois a gilette, o estilete... afina mais ainda a ponta, testa uma borracha, depois a outra, escolhe a melhor folha de papel... e fica nessa danca por varios minutos, horas. o tempo passa e no final do dia se destraiu tanto nos detalhes q esqueceu de fazer o principal: escrever a redacao!

isso eh mais comum do q se pensa, a gente perde muito tempo preso nos detalhes e acaba esquecendo do princiapal. um bolo sempre vai existir sem a cobertura, mas a cobertura sem o bolo eh o mesmo q nada.


abracos

Marcos cool.gif
Marcos Monteiro


  • Alto: Conn Lady Face - Boquilha: Aaron Drake NY #7* - Palheta: LaVoz M/Rico Royal 3
  • Alto: Yamaha Y-23 - Boquilha: Selmer C* - Palheta: Rico Royal 3
  • Soprano: Julius Keilwerth - Boquilha: Ivan Meyer 7 - Palheta: Fibracell 1.5
  • Clarinete: Vito - Boquilha: Custom Metal e Ebonite - Palheta: Vandoren 2
  • Flauta Transversal Yamaha YFL 281



Always Sax - Yesterday, Today & Tomorrow

Posted Image
Posted Image

#12 Alexandre Cavalli

Alexandre Cavalli

    Membro Efetivo do Explicasax

  • Membros
  • PipPipPipPipPip
  • 1.509 posts
  • Gender:Male
  • Location:São Paulo

Posted 27 junho 2011 - 12:56

QUOTE(Leograssi @ 27/06/2011 - 11:21) <{POST_SNAPBACK}>
Olha, esse post veio numa hora muito boa. Tenho algumas experiências pra compartilhar em relação ao talento pq já vi pessoas desenvolverem do nada. Amigos meus que não sabia segurar um instrumento e hoje tocam até em sinfônica. Há alguns anos atrás meu professor disse assim pra mim, em meio a uma discussão sobre talento e tal: pega essa história de talento, faz um charutinho dela e enfia...no olho. Oe sei lá onde. Essa frase quem falou pra ele doi o Ídriss Boudrioua, o professor dele. Aquilo me incentivou tanto que vcs não têm idéia. Mais tarde, uns anos depois, um colega meu do curso, que era "durão" em divisão musical e umas quantas outras coisas, tinha muita dificuldade, passou na prova para a universidade. Era um cara que tu não dava nada. Ele não gostava de erudito, gostava de Sanborn, Marienthal...tudo isso. Só que dos alunos da universidade, ele foi quem mais abraço o curso erudito, e se tornou um ótimo músico. E o talento. Quem viu ele tocar há anos atrás, diria que ela era sem talento algum. Hoje, depois de ralar muito, apareceu o talento dele? Nesse caso, ele aprendeu muita coisa, e ralou muito, quem sabe não pode superar pessoas com enorme talento? É bem possível...


Foi bem legal essa experiencia !!!

abraço.
Alexandre Cavalli
MSN: alexandreung@hotmail.com


S: LAZARRO LZR300 SILVER/GOLD, BARI GOLD 7
A: JUPITER 567, BEECHLER BELLITE 7 by NOBERTO
T: JUPITER 769, DAVE GUARDALA MBII
T: VINCI, IVAN MEYER 8 ALUMINIO

#13 Alissyn

Alissyn

    Usuário Destaque

  • Membros
  • PipPipPipPip
  • 809 posts
  • Gender:Male
  • Location:Paracatu - MG
  • Interests:Tudo sobre Instrumentos Musicais

Posted 27 junho 2011 - 01:13

QUOTE(Prof.Ivan Meyer @ 27/06/2011 - 12:17) <{POST_SNAPBACK}>
é verdade meus amigos smile.gif
AQUELE QUE FAZ ACONTECE smile.gif

TEM GENTE QUE ESTA VIRANDO MESTRE EM PESQUISA SOBRE SAX ...SABE TUDO DE SAX...MAS NÃO TOCA NADA POIS NÃO FAZ O MAIS IMPORTANTE QUE É ESTUDAR smile.gif

Estão achando que tendo conhecimento sobre o assunto isso vai bastar...." o tempo passa...o tempo voia...e a Poupança Bamerindus continua numa boa " ...rsss

Engraçado..EU LEIO UM TRATADO SOBRE QUÍMICA E FICO DO MESMO TAMANHO....EMBORA EU LEIA SUPER BEM E todos me entendan e eu NÃO ERRE AS PALAVRAS.....EU FECHO O LIVRO E NADA SEI SOBRE O QUE LÍ....
Mas se os outros acham que sei....isso me conforta !
Infelizmente vejo muita gente pensando assim e se confortando desta forma . ATÉ QUANDO ????

SE EU LER UM LIVRO DE POESIAS EU SOU POETA ?
SE EU LER SOBRE ECONOMIA PARA UM MONTE DE GENTE EU SOU ECONOMISTA ?


POIS UMA COISA É SABER SOBRE O CONTEÚDO E OUTRA É REPETIR O QUE VIU ESCRITO E ACHAR QUE ISSO JÁ BASTA ....

QUEM LER O IMPROVISO DO CHARLIE PARKER OU DO COLTRANNE E TOCAR IGUAL É IGUAL ? rsss

REPETIR ATÉ MACACO, CACHORRO FAZEM SUPER BEM , INCLUSIVE UNS ATÉ FALAM COMO O PAPAGAIO E O QUE TEM DE PERIQUITO SE ACHANDO PAPAGAIO RSSS

CONSELHO : ESTUDAR MAIS E PESQUISAR MENOS !

Abrs
Ivan Meyer




com certeza o que faz a coisa a contecer é colocar a mão na massa....


como diz um professor meu...
ele esta treinando para corrida de são silvestre, contratou um cara para treinar pra ele das umas 3 horas por dia...
dai no dia da maratona ja estará treinado e vai la competir...


as vezes é isso que nós fazemos perguntamos muito, mas não praticamos nada... ai chega na hora crefa tudo....



" O Sol nasce para todos mas a sobra é só para quem planta árvores"
-----------------------------------------


---------------------------

KåRå Ðe ÅnJø

---------------------------

#14 CMC Sax

CMC Sax

    Membro Efetivo do Explicasax

  • Membros
  • PipPipPipPipPip
  • 1.725 posts
  • Gender:Male
  • Location:Campo Grande, MS.

Posted 27 junho 2011 - 03:16

Oi, Prof...

Se uma pessoa tem certa tendência para mais de uma atividade, qual seria sua opinião em como ela poderia desenvolver seus "talentos" a ponto de conseguir de se desenvolver em todas elas.
Será possível que uma pessoa assim possa ser "fera" em todas ou deveria escolher uma só, para então aprofundar neste universo-visto que cada tendência desta pessoa é um verdadeiro universo de conhecimento, prática, etc.-?
Tem aquele ditado: "... um oceano de conhecimento, mas com um centímetro de profundidade...".

O que aconselharia a pessoa a se dedicar a uma só "tendência, talento, dom...." ou se dedicar a todas?

Abcs!
“Tupã rerobia re tebo// Teco puero neobopa// Ageirira yniye rebo// Sancta Maria
cupé// O mi by porangueté// Tomoye recoab orebo//"

#15 Prof.Ivan Meyer

Prof.Ivan Meyer

    Fundador do Explicasax

  • Administradores
  • 13.560 posts
  • Gender:Male
  • Location:Pouso Alegre - Sul de Minas Gereais
  • Interests:Música e natureza

Posted 27 junho 2011 - 04:00

Sou a favor de clínico geral em terra onde nem existem hospitais smile.gif Entendeu né ?

#16 João Santos

João Santos

    Membro Efetivo do Explicasax

  • Membros
  • PipPipPipPipPip
  • 1.469 posts
  • Gender:Male
  • Location:Viana do Castelo - Portugal

Posted 28 junho 2011 - 05:42

QUOTE(Prof.Ivan Meyer @ 27/06/2011 - 19:00) <{POST_SNAPBACK}>
Sou a favor de clínico geral em terra onde nem existem hospitais smile.gif Entendeu né ?


wink.gif

Sax Alto SELMER REFERENCE 54 Lacquer "Antiqued"
Boquilha Lebayle LR Chamber mea7* (Ebonite)
Palheta Rico Jazz Select 3s
Abraçadeira BG L12 RS

--------------------------------------------------------

Sax Tenor Yamaha yts 275
Boquilha Lebayle Jazz Tenor Hard Rubber 8
Palheta Rico Jazz Select 3s



Facebook - <a href="http://www.facebook....00000604989451" target="_blank">http://www.facebook....00604989451</a>

Visite a minha página: <a href="http://www.youtube.c...om/user/jousax" target="_blank">http://www.youtube.c...user/jousax</a>

#17 juniores

juniores

    Usuário Participativo

  • Membros
  • PipPip
  • 131 posts
  • Gender:Male
  • Location:Vitória/ES

Posted 28 junho 2011 - 10:17

Sei que como tudo na vida, as mudanças; o progresso depende de nós mesmo, mas quando se tem alguém que incentive isso (familia, amigo, etc...), tudo se torna mais tranquilo e natural.
A uns anos atrás eu tocava bateria num grupo da minha igreja, só que com a correria do trabalho comecei a me ausentar de alguns ensaios.
Para tentar resolver o problema, comecei a incentivar um adolescente muito curioso no assunto.
Nas horas vagas, passava exercícios; dicas; video aulas; MP3; etc. O "muleque" era igual uma espuma, sugava tudo.
Quando menos imaginei, ele já tava ensaiando e tocando no grupo.
Depois de um tempo, entrou na FAMES (Fac. de Musica do ES) (incentivado por mim), fez um curso técnico na área e logo depois foi selecionado para graduação em Percussão de Orquestra. Nesse período entrou num grupo encabeçado por um maestro pianista onde viajou por vários países da Europa; EUA; Japão, etc...
Isso tudo pra mim é muito gratificante porque contribui em alguma coisa na vida de alguém.
Abraço.

Juniores
=====================
"Deus não escolhe os capacitados, Ele capacita os escolhidos"

#18 CMC Sax

CMC Sax

    Membro Efetivo do Explicasax

  • Membros
  • PipPipPipPipPip
  • 1.725 posts
  • Gender:Male
  • Location:Campo Grande, MS.

Posted 28 junho 2011 - 10:26

QUOTE(Prof.Ivan Meyer @ 27/06/2011 - 16:00) <{POST_SNAPBACK}>
Sou a favor de clínico geral em terra onde nem existem hospitais smile.gif Entendeu né ?


Acho que entendi. Acho... smile.gif

Abcs!
“Tupã rerobia re tebo// Teco puero neobopa// Ageirira yniye rebo// Sancta Maria
cupé// O mi by porangueté// Tomoye recoab orebo//"

#19 Valquiria Souza

Valquiria Souza

    Membro Efetivo do Explicasax

  • Membros
  • PipPipPipPipPip
  • 2.456 posts
  • Gender:Female
  • Location:São Paulo - SP
  • Interests:Natureza, sax, flauta transversal, psicologia, filmes

Posted 26 julho 2011 - 03:12

sábias palavras prof. Ivan, td começa na humildade. wink.gif

Val

Tú és fiel, Senhor

"Provai e vê que o Senhor é Bom, bem aventurado o aquele que nEle se refugia." Salmo 34

sax alto:
conductor by Ivan Meyer
boquilha latão by Ivan Meyer 7 - palheta fibracell premier 1,5 


sax tenor:
conn shooting star 1970 todo original  regulado by Ivan Meyer
boquilha Ivan Meyer 8* aluminio - refaceada para jazz antigo por Ivan Meyer
palheta fibracell 1,5 

 

outros:
teclado psr 1000 yamaha
flauta transversal yamaha 211s 
flauta andina de bambú
violão Digiorgio Master
Pedal behringer DR 600 reverb

microfone p/ flauta LMC

microfone sax arcano

 

"Quem pergunta pode parecer tolo por 5 mim., mas quem não pergunta é tolo a vida inteira !!! " Proverbio chinês.


#20 Brian dos Reis

Brian dos Reis

    Usuário Destaque

  • Membros
  • PipPipPipPip
  • 678 posts
  • Gender:Male

Posted 16 março 2017 - 10:18

Eu acredito sim que as pessoas nascem com o Dom, mas a preguiça de estudar e o pouco caso com as coisas matam e enterram esse dom dentro dela. Essa é a minha opinião.






0 user(s) are reading this topic

0 members, 0 guests, 0 anonymous users