Jump to content


Photo

Vou te ensinar como estudar somente com a BOQUILHA !


  • Please log in to reply
112 replies to this topic

#1 Prof.Ivan Meyer

Prof.Ivan Meyer

    Fundador do Explicasax

  • Administradores
  • 13.559 posts
  • Gender:Male
  • Location:Pouso Alegre - Sul de Minas Gereais
  • Interests:Música e natureza

Posted 21 agosto 2009 - 02:14

VEJA O QUE SE PODE FAZER SOMENTE COM SUA EMBOCADURA E UMA BOQUILHA .

 

http://https://www.y...h?v=9yL914LvcNs

 

 www.youtube.com/watch?v=9yL914LvcNs

 

 

A PRIMEIRA COISA A FAZER É VER AS 05 PARTES DESTE VÍDEO E ACREDITE AQUELE QUE NÃO VER TODAS AS PARTES É UM MANÉ ....ESTA É A VÍDEO AULA MAIS IMPORTANTE E QUEM ENTENDER O QUE ESTA NESSAS VÍDEO AULAS ABAIXO VAI DOMINAR TUDO COM A EMBOCADURA .

NÃO ACHE QUE É PARA INICIANTE POIS TEM MUITO SAXOFONISTA COM 30 , 40 ANOS DE SAX QUE ME LIGA PARA DIZER QUE ESTA VIDEO AULA MUDOU O SOM ETC...

ASSISTA OU O AZAR É SEU OK


PARTE 01 DEL DVD-04 - IVAN MEYER


PARTE 02 DEL DVD-04 - IVAN MEYER


PARTE 03 DEL DVD -04 - IVAN MEYER


PARTE 04 DEL DVD-04 - IVAN MEYER


PARTE 05 DEL DVD-04 - IVAN MEYER





AO MEU VER TODO SAXOFONISTA DEVERIA ESTUDAR E TOCAR SÓ COM A BOQUILHA ,PARA QUE POSSA ENTENDER O QUE ACONTECE NA BOCA DO CABOCLO, E DEPOIS COM ESTE CONTROLE ELE PASSA A ADMINISTRAR MUITO MELHOR O SAX EM QUALQUER REGIÃO, INCLUSIVE NOS SUPER AGÚDOS NEM É NECESSÁRIO UMA POSIÇÃO ESPECIFICA PARA UMA NOTA POIS ELAS PODEM SER FEITAS COM A BOCA E EM QUALQUER POSIÇÃO.

Eu acho que a primeira coisa que devemos estudar com o sax depende do nível que se encontra este saxofonista ,pois os estudos são diferentes ok Mas isso que vou ensinar faz uma diferença enorme na técnica e sonoridade de qualquer saxofonista .

Como primeira coisa , eu peço para estudarem SÓ A BOQUILHA pois isso podemos fazer sempre e em qualquer lugar ,mesmo quando não podemos levar o sax ,podemos levar a boquilha .
Eu perdí a conta de quantas vezes eu sai de São Paulo de madrugada e vim dirigindo pela Fernão Dias de madrugada nos anos de 1994 até 2004 onde eu estudava somente a embocadura com a boquilha de sax e a palheta de oboe .
Isso me ajudou a ter o controle que hoje tenho na afinação no oboe e em todos os saxofones .

ESTUDAR SOMENTE COM A BOQUILHA .

Eu falo isso mais ninguém me escuta:( ai o tempo vai passando e o cara continua tocando desafinado ou com aquele som choxo...

Trompetistas e flautistas estudam só com o BOCAL ,saxofonistas deveriuam estudar, mas quase não existe ninguém ensinando sobre isso e se torma algo do tipo NUNCA OUVI FALAR ISSO....

Vou ensinar mais uma vez e quem estudar vai se dar bem smile.gif

Primeiro deve tocar as ESCALAS de tras pra frente com a boquilha.

Pegue uma nota aguda com a boquilha e então faça uma escala maior descendente .


Se não conseguir fazer,então é preciso fixar 03 notas com a boquilha sendo :



- Região agúda



-Região média



-Região Grave



Fazer notas longas com essas 03 afinações.( Não importa a nota ,desde que coniga manter as notas em 03 afinações diferentes com a boquilha ou seja 03 regiões )



É preciso entender que o sistema de afinação dessas notas estão baseadas no mesmo princípio do ASSOVIO, pois iremos treinar A MODULAÇÃO DA CAMARA INTERNA , ASSIM COMO A FIXAÇÃO DA CAMARA INTERNA EM DETERMINADA AFINAÇÃO E ISSO TERA GRANDE INFLUENCIA NO TIMBRE DO INSTRUMENTO ASSIM COMO NA AFINAÇÃO DO INSTRUMENTO.

Quando assoviamos uma nota grave,repare como você deixa o espaço interno da sua boca bem maior do que ao assoviar no agúdo onde a camara interna da boca vai diminuir.

Este é o princípio = MODULAR A CAMARA INTERNA DA BOCA fazendo com que as notas saiam Graves ou agudas.


Depois que consegue tocar as 03 regiões com a boquilha,você deve fazer o intervalo de quinta justa somente com a boquilha partindo de uma nota grave da boquilha indo para uma nota agúda.

Segundo passo : Tocar a nota grave e fazer o intervalo de quinta com a boquilha tipo : Do...sol

Depois vai fazer o movimento DESCENDENTE tocando do AGÚDO para o GRAVE Ttipo SOL, fa,mi,re,DO.

Ao fazer isso preste atenção na MODULAÇÃO DA CAMARA INTERNA DA EMBOCADURA pois a medida que a nota vai ficanmdo grave ou seja ,passa de SOL para FA você deve AUMENTAR o espaço interno da boca .Basta fazer uma vez assovinado e vai entender o processo todo.

Terceiro passo : Depois que conseguir tocar o intervalo de quinta justa só com a boquilha e fazer movimentos por graus conjuntos entre Do...SOL....DO . vem o quarto passo !

Quarto passo :
Uma vez dominado com a boquilha a afinação do intervalo de quinta justa partimos para o intervalo de oitava partindo de uma nota grave da boquilha .

Tocamos Tonica ...quinta....oitava e treinamos estes 03 movimentos de ALTERAÇÃO DA CAMARA INTERNA DA EMBOCADURA .

Quinto passo: Agora pegamos a nota aguda na boquilha e fazemos uma escala descendente ,diatônica por graus conjuntos até chegar na QUINTA (uma quarta abaixo da oitava )Então você treina fazer TSTT (Por Exemplo Do,si,La,SOL ) DESMANCHA A EMBOCADURA E PEGA A NOTA MÉDIA (SOL ) E VAI SUBIR POR GRAUS CONJUNTOS ATÉ A NOTA DO. (SOL,LA,SI,DO ) TTST

Ficando : TTST respira e TTST = POR EXEMPLO : SOL,LA,SI,DO respira e desmancha a embocadura e faz o movimento descendente TSTT ( DO,SI,LA,SOL )



Sexto passo : Agora treine tocar as 03 notas GRAVES- MÉDIO –AGUDO afinando estes intervalos em uma quinta justa e uma quarta Ex: DO...SOL....DO

Treine desmanchar cada embocadura após cada nota :

DO...desmancha embocadura SOL....desmancha a embocadura DO(OITAVA ) desmancha a embocadura ( Desmanchar a embocadura é tirar a boquilha da boca )

Então você já vai conseguir tocar uma escala maior só na boquilha !

Uma vez isso dominado, deve partir para fazer Outras escalas só com a boquilha como :
Escala de blues, escala menor harmonica, escala de tons inteiros, escala bebop, escala diminuta , escala pentatonica ( todas partindo sempre da mesma nota grave da boquilha ok )

Também estudar os arpejos com 4 ou 5 notas onde deve fazer arpejos da famila dos maiores, menores, dominantes e diminutos.

Estudando isso somente com a boquilha você consegue um grande domínio de embocadura e isso é percebido no seu som que sempre vai ficar afinado, não importa a situação ,pois você até mesmo em um sax desafinado consegue fazer ele ficar afinado ao tocar .

Se possível assita todas as partes deste workshop que tem 08 partes ok Vou colocar a parte onde falo do ESTUDO SÓ COM BOQUILHA e vai ajuda-los a entender melhor ok

ASSISTA O VÍDEO ABAIXO !


http://www.youtube.c...h?v=TKpejXWPhtM

Abrs
Ivan Meyer



#2 heliocaetano

heliocaetano

    Usuário Muito Participativo

  • Membros
  • PipPipPip
  • 376 posts
  • Gender:Male
  • Location:Ouro Preto do Oeste-RO

Posted 21 agosto 2009 - 03:50

Ivan, a extenção da escala vai depender da abertura da boquilha né?


==============================================
= Soprano Waldman - Boquilha Bari 68
= Alto Eagle SA500 BG -
= Tenor Michael WTSM 46 - Boquilha Gardala Studio
==============================================
heliocaetano@hotmail.com
heliocaetano@gmail.com

#3 Prof.Ivan Meyer

Prof.Ivan Meyer

    Fundador do Explicasax

  • Administradores
  • 13.559 posts
  • Gender:Male
  • Location:Pouso Alegre - Sul de Minas Gereais
  • Interests:Música e natureza

Posted 21 agosto 2009 - 06:59

Um pouquinho vai, por isso boquilhas mais abertas são mais fáceis para os agúdos .
Com a boquilha de soprano que é fechada na casa dos 1,80 mm a 2,00...da pra tocar tudo na boquilha de soprano.
Quanto menor a boquilha mais fácil fica .
Estes exercícios podem ser feitos com todas as boquilhas ,mas eu sinto que na boquilha de alto e soprano é mais fácil conseguir do que na boquilha de tenor , pois quanto maior o tubo mais grave fica o som.

Abrs
Ivan Meyer

#4 wrisan

wrisan

    Membro Efetivo do Explicasax

  • Membros
  • PipPipPipPipPip
  • 1.443 posts
  • Gender:Male
  • Location:Curitiba, PR

Posted 21 agosto 2009 - 08:07

Ivan,

Eu deixo no carro, para praticar, uma genérica da A35JJ, que tem abertura de ponta de 2,0mm, para sax alto.

Com qual palheta seria ideal eu fazer estes exercícios?

Obrigado!
Sax Alto Yanagisawa A901
Boquilhas Selmer Soloist F, Rico Royal Metalite M7
Boquilhas disponíveis para venda: Rico A5, Rico B5

#5 Prof.Ivan Meyer

Prof.Ivan Meyer

    Fundador do Explicasax

  • Administradores
  • 13.559 posts
  • Gender:Male
  • Location:Pouso Alegre - Sul de Minas Gereais
  • Interests:Música e natureza

Posted 21 agosto 2009 - 08:12

hUM...BOQUILHA DE ALTO COM 2.00 MM DE ABERTURA É MUITO FECHADINHA . TENTE USAR PELO MENOS UMA 2,30 A 2.50 mm pelo menos ok .Use uma palheta 2 com essa boquilhja fechada ok
Abrs
Ivan Meyer

#6 wrisan

wrisan

    Membro Efetivo do Explicasax

  • Membros
  • PipPipPipPipPip
  • 1.443 posts
  • Gender:Male
  • Location:Curitiba, PR

Posted 22 agosto 2009 - 05:14

Ok, grato!
Sax Alto Yanagisawa A901
Boquilhas Selmer Soloist F, Rico Royal Metalite M7
Boquilhas disponíveis para venda: Rico A5, Rico B5

#7 Sergio Bardari

Sergio Bardari

    Membro Efetivo do Explicasax

  • Membros
  • PipPipPipPipPip
  • 2.380 posts
  • Interests:Saxofone

Posted 22 agosto 2009 - 10:54

Ivan

Muito legar a aula, vou começar a fazer depois te conto.


Obrigado
"O importante é ser feliz"

#8 Prof.Ivan Meyer

Prof.Ivan Meyer

    Fundador do Explicasax

  • Administradores
  • 13.559 posts
  • Gender:Male
  • Location:Pouso Alegre - Sul de Minas Gereais
  • Interests:Música e natureza

Posted 23 agosto 2009 - 08:20

Que bom que vocês tem interesse nisso, pois só vai fazer bem smile.gif


Vou pedir para quem esta fazendo os exercícios ou tem interesse em entender mais sobre este assunto que leia o que escreví abaixo ok


Usando a boquilha mais aberta ,poderá usar a palheta mais leve , assim com pouco ar consegue fazer a palheta vibrar e não fica com o som pequenão ,te garanto ok Mas vai aumentar a sua PROJEÇÃO SONORA e aumentar sua MARGEM DINAMICA E DE EXTENSÃO . Pois vai conseguir chegar nas notas agudíssimas com a maior facilidade e até acordes vai conseguir fazer com o sax rsss Basta ver solos que faço,pois estou usando BOQUILHA ABERTA com PALHETA FIBRACELL 1,5


I estudo :

Somente com a boquilha vai pegar uma nota agúda e fazer uma escala descendente apartir desta nota Assista o vídeo do workshop pois eu ensino como estudar somente com a boquilha ok

Quero que faça no mínimo 30 minutos por dia de estudo com boquilha (não faça direto ok, faça 10 minutos e descance ok )

Depois que fizer exercícios de NOTAS LONGAS somente com a boquilha ( o que é muito mais difício do que fazer com tudel ou sax ) pois usando somente a boquilha a mínima variação da boca desafina o som .

1- PRIMEIRO TREINE SOMENTE COM A BOQUILHA , SEM O TUDEL , FAZENDO NOTAS GRAVES, MÉDIAS E AGÚDAS OU SEJA EM 03 REGIÕES OK

MANTENHA A NOTA LONGA NA REGIÃO QUE INICIOU .

DEFINA NA EMBOCADURA PELO MENOS 03 NOTAS TOCADAS SOMENTE COM A BOQUILHA, SENDO UMA GRAVE ,UMA MÉDIA E UMA AGÚDA OK

COMECE FAZENDO NOTAS LONGAS COM A BOQUILHA NA REGIÃO AGÚDA .
NÃO DEIXE O SOM DESAFINAR OU SEJA PEGA UMA FREQUENCIA E MANTENHA ESTA AFINAÇÃO OK

Sua tarefa é estudar notas longas somente com a boquilha em 03 regiões distintas sendo Agúdo, médio e grave .

Depois que estudar , quero que grave me mostre notas longas nestas regiões obedecendo esta ordem ok

NOTAS LONGAS NA ORDEM : MÉDIA , AGÚDA , MÉDIA , GRAVE , AGÚDA , GRAVE , MÉDIA , AGUDA , GRAVE , AGUDA , MÉDIA.

QUERO QUE ESTUDE NOTAS LONGAS SOMENTE COM A BOQUILHA E QUE AFINE ESTAS NOTAS LONGAS NESTAS REGIÕES ACIMA OK


Depois que estudar uns dias , ai faz a gravação ok Pelo menos estude 4 a 5 dias antes ded gravar ok

Depois de estudar as 03 afinações somente com a boquilha, vai fazer o mesmo com o tudel, mas em 02 afinações, se conseguir 03 afinações , ótimo ok

2 - QUERO QUE LEIA A PAGINA 8 E DEPOIS DAS PAGINAS 22 A 31 QUERO QUE LEIA E FAÇA OS EXERCÍCIOS SUGERIDOS E SE POSSÍVEL GRAVE PARA ME MOSTRAR OK

Quero que leia isso que escreví sobre o estudo do MENNNNNNNNNGooooooooooooo


POR QUE ALGUNS TOCAM DESAFINADO ?
Como ser afinado com o sax I - MENNNNgoooooo

Meus amigos vou usar o espaço para sugerir um exercício para que os colegas possam dar uma checada na embocadura e assim poder render ao máximo com o seu sax !
Estude notas longas somente com o tudel e a boquilha ,fazendo 03 posições com a embocadura ,ou melhor com a afinação !
Se você tocar somente com o tudel e a boquilha com o sax alto , a nota que deve sair é a nota lá , pois bem esta é a embocadura ou posição de embocadura mais tensa e você não deve tocar o sax com esta embocadura onde o tudel afina em lá e sim em Sol
Vou explicar :
Assim que fizer soar a nota com o tudel do sax alto ,repare que esta nota deve estar saindo a nota lá e então faça o exercício do mengão !
Explico de novo he,he,
Faça com o tudel uma nota longa em lá (afinação do piano ) e depois caia a afinação com a impostação ,fazendo a nota la que está soando só com a boquilha e tudel ,passar para uma nota sol ok Como se fosse a torcida do Flamengo :
MENNNNNNNNNNgoooooooooooo

Pois bem , MENNNNNNNNNN seria a nota lá somente com o tudel e depois relaxa a embocadura e faz sair uma nota sol que deverá ser o gooooooooooooooo

Então treine fazer as notas longas com esta 02 afinações uma em la e depois em sol
Pois bem assim que você perceber que existe estas 02 afinações com a boca você deve montar o sax e tocar as notas SOL,LA,DO,REEEEEE, RE#####,REEEEEEE (REGIÃO MÉDIA ) Sendo que a nota RE precisa estar tão relaxada que poderá fazer o re# sem usar o dedinho mindiho da mão direita ,ou seja faz o re virar re# com a embocadura , pois bem se a sua embocadura conseguir fazer isso ,então ela está no ponto certo ,onde o tudel está afinado em sol ,pois se você não conseguir fazer o seu RE virar um re# somente com a embocadura, quer dizer que sua embocadura está fora do ponto e que não existe essa folga de meio tom, ou seja ela está em LA no tudel .Por isso é importante que você consiga tocar o sax em 02 afinaçoes só com o tudel em lá e só com o tudel em sol ,desta forma conseguira fazer uma escala de do maior no sax soar uma escala de do# maior ou seja terá uma folga de meio tom na embocadura a seu favor e isso dará condições da sua embocadura fazer notas fora do registro normal do saxofone.
Resumindo : É preciso ter uma embocadura com o sax mais relaxada paraque o sax fique afinado corretamente ,pois se você toca o sax com o tudel afinado em lá,então ao tocar com o sax montado ,você não terá este meio tom que é necessário para a região de terceira e quarta oitava do sax .
Pois bem assim que conseguir fazer notas longas só com o tudel e em 02 afinações que chamaremos agora em diante de IMPOSTAÇÃO EM LÁ ,SOL E FA
Aprenderá que existe ainda uma outra embocadura mais relaxada onde podemos tocar com o tudel afinado em FA ,pois vbem essa embocadura tão relaxada ,permite que o saxofonista tendo a sua embocadura neste ponto de relaxamento (tudel em FA ) Possa usar essa embocadura para tocar a região grave e média do saxofone , então na região aguda ele usa a impostação de sol (tudel em sol ) e nas regiões dos harmônicos e agudíssimos ,usamos então a impostação em LA ou seja o tudel afinado em LA.
Pois bem quando o saxofonista tomar consciencia que ele tem 03 impostação com o tudel ,então ele conseguirá fazer malabarismos com o sax ,pois o domínio das regiões do sax não será problema.O que acontece muito é que os saxofonistas tocam com o TUDEL EM LÁ (impostação que dá a nota lá do piano quando se toca somente com o tudel e a boquilha em um sax alto )Então eles acabam fazendo a embocadura da região agudíssimas para tocar a região média e aguda do sax e não tem embocadura para os AGUDÍSSIMOS .Também ocorre que ao tocar com o tudel em LA para fazer a região média dia do sax ,o praticante relaxa a embocadura para fazer os graves e então passa a impostação para sol (tudel em sol ) mas isso cria uma falsa relação,pois ao tocar na região grave do sax que são as notas sol grafe para baixo ele usa a impostação em sol e deveria ser a impostação em FA ,então se começar a tocar o gravão com a impostação em sol a região aguda fica na região aguda com a impostação em LA ou seja tudel em la , etão ao tocar na região agudíssima do sax não terá embocadura .Por isso é importante você treinar as 03 impostações de tudel ,fazendo notas longas começando em la , depois relaxa e passa para sol fazendo então o grito da galera MENNNNNNNNgooooooooooooo aí só depois de conseguir fazer a impostação com o tudedel em 02 afinações distintas, mudaremos a música e o grito da galera para a opera FIGARO Onde a afinação será la-sol-fa ou seja pensa na opera figaro figaro figaro e treine a sua embocadura a fazer :

la--------sol--------fa------ sendo que deve fazer lentamente e escutar a mudança da embocadura ou seja fotografar esta mudança de afinação ou melhor impostação com o tudel e embocadura, pois o dia que você conseguir tocar os seus graves afinado com a impostação FA então vai levar um susto como todo o sax fica afinado e principalmente a facilidade que é tocar os agudos , Pois eu sinto isso ao tocar na região agudíssima do sax,justamente por usar nesta região do sax uma embocadura que geralmente eles usam para tocar a região média pois se você tocar o saX (nota re 6 dedos com chave de polegar ) usando a embocadura ou melhor a impostação em lá ,então já éra sua afinação ,tanto faz nos graves como nos agudíssimos vai bater com a furação do saxofone e irá tocar desafinando
Estude isso e coloque a sua região grave com a impostação de FA ou seja a afinação do tudel em fá e você irá conseguir tocar qualquer nota grave mesmo que tenha a chave de registro apertada , e o mais incrível é que você conseguira tocar em qualquer região do sax sem precisar apertar a chave de oitava como também com ela apertada ,Aí sim vai sentir o domínio que sua embocadura terá da afinação

COMPRE UM AFINADOR ELETRÓNICA E APRENDA COMO ESTUDAR COM UM AFINADOR ELETRÓNICO

A FORMA MAIS LEGAL DE ESTUDAR COM AFINADOR ELETRÓNICO


Tocar uma nota e depois fazer a quinta dela sem deixar o ponteiro sair do lugar :

por exemplo :

Você toca 02 dedos LA grave e depois toca a quinta acima um MI 5 dedos com a chave de polegar apertada .

Pois bem ao tocar o LA o ponteiro do afinador vai marcar o ponto exato da afinação correto , pois bem quando atinge esse ponto ele mostra a nota sendo tocada (No caso de tocar com um sax alto vai estar soando um DO DO PIANO pois bem quando tocar o MI vai soar o SOL do piano . ou seja TOCA LA - MI e vai soar DO - SOL

PORTANTO DO - SOL é um intervalo de quinta justa ok


O QUE DEVE ESTUDAR É JUSTAMENTE O EQUILÍBRIO NA MUDANÇA DA QUINTA JUSTA

TOQUE O DO ( LA DO SAX ALTO E RE DO SAX TENOR ) E DEPOIS TOQUE O SOL ( MI DO SAX ALTO E LA DO SAX TENOR ) SEMPRE COM INTERVALO ASCENDENTE ou seja DE UMA NOTA GRAVE PARA A NOTA AGUDA OK


O JEITO LEGAL DE ESTUDAR COM O METRONOMO É JUSTAMENTE FAZER A MUDANÇA SEM MUDAR O PONTEIRO DE LUGAR

AO TOCAR (VOU FALAR EM DO E SOL ou seja a afinação real para ficar mais facil entender inclusive para o pessoal da flauta transversal ok

Quando tocamos o DO é gerado um harmônico SOL ( QUINTA DA FUNDAMENTAL ) esse harmônico esta presente no som e o afinador esta captando essa nota também. AO TOCARMOS O DO e deixar o ponteiro bem no MEIO ou seja bem afinado , O GRANDE LANCE é :

MUDAR O NOME DAS NOTAS NO AFINADOR SEM MUDAR O PONTEIRO DE LUGAR

Ou seja toca o DO afina bem e quando fizer a nota SOL uma quinta acima (pode e deve fazer isso em todas as notas do sax ) precisa manter o ponteiro sem sair do lugar SOMENTE MUDANDO O NOME DAS NOTAS que deve estar aparecendo no afinador assim : C para o DO e G para o SOL

existem 03 primeiros extudos básicos com o afinador :

1 FAZER NOTAS LONGAS MANTENDO A NOTA ESTATICA OU SEJA NÃO DEIXAR O PONTEIRO SAIR DO LUGAR

O QUE NINGUÉM ESTUDA É O QUE EU VOU EXPLICAR AGORA OK

DEVE ESTUDAR

MANTER A AFINAÇÃO como TAMBÉM manter a desafinação ok

VOU EXPLICAR O 1 EXERCÍCIO LEMBRANMDO QUE EXISTEM 03 EXERCÍCIOS BASICOS E IMPORTANTÍSSIMOS

1 TOCAR UMA NOTA LONGA DEIXANDO O PONTEIRO NA AFINAÇÃO CORRETA OU SEJA SUPÓNHA QUE O PONTEIRO SEJA DE 1 A 10 E QUE A AFINAÇÃO CORRETA SEJA no 5

POIS BEM , ESTUDE FAZER NOTAS LONGAS COM O PONTEIRO O TEMPO TODO NO 5 ( ISSO É ÓTIMO ) MAS O QUE NINGUÉM ESTUDA E QUE É MUITO IMPORTANTE E FAZ COM QUE REALMENTE TENHA CONTROLE DA EMBOCADURA É ESTUDAR NÃO A AFINAÇÃO E SIM ESTUDAR A DESAFINAÇÃO , CONHECER O PROCESSO DA DESAFINAÇÃO E DOMINAR A DESAFINAÇÃO .

EXPLICANDO :

TOCAR AFINADO É FÁCIL, MANTER A AFINAÇÃO É QUE É DIFÍCIL, POIS NEM SEMPRE A MESMA NOTA ESTA NO MESMO LUGART , POIS O SAX É UM INSTRUMENTO destemperado na embocadura PODEMOS FAZER UMA NOTA FICAR MAIS ALTA OU MAIS BAIXA, VAI DEPENDER DA SITUAÇÃO DA NOTA DENTRO DO CAMPO HARMÔNICO, SE ELE É UMA SENSIVEL, OU A QUINTA , OU A TÔNICA, POIS EXISTE SIM DIFERENÇA EM 02 NOTAS IGUAIS OU SEJA :

UM DO EM DOMAIOR TEM UMA AFINAÇÃO DIFERENTE DO QUE UM DO EM RE BEMOL MAIOR

SENDO QUE EM DO MAIOR ELE TEM FUNÇÃO DE TÔNICA E EM RE bemol maior ele tem função de SENSÍVEL .

Nunca uma mesdma nota é no mesmo lugar em um violino, cello, oboe etc....isso só acontece com o piano e instrumentos de afinação FIXA como o teclado.

(LKEIA SOBRE O CRAVO BEM TEMPERADO DE J.S.BACH e por que ele ganhou esse nome ok )

pois bem UMA VEZ QUE A MESMA NOTA NUNCA É NO MESMO LUGAR

ENTÃO DE NADA VALE ESTUDAR O TEMPO TODO DEIXANDO A NOTA DO BEM CENTRALIZADO NO MEIO DO PONTEIRO .....

POIS VAI EXISTIR MOMENTO EM QUE ESTA NOTA DO vai precisar temperar mais baixa e outras vezes mais alta .
Geralmente no intervalo de quinta ou seja o DO como quinto grau de uma acorde ele vai soar mais baixo do que na situação de sensível (sétima do acorde maior ) sendo que o mesmo dó em situação de Tônica é diferente do DO em situação de QUINTA .

Quem toca CELLO como eu há mais de 30 anos e também OBOE percebemos sem afinador algum essas diferenças e por isso tocamos o sax afinado ou melhor AFINANDO pois é assim que tocamos o sax AFINANDO com o todo E NÃO AFINADO COM O METRONOMO.

Por isso EU EXIJO de meus alunos eles estudarem a DESAFINAÇÃO e não a AFINAÇÃO

Como fazer isso ?

É SIMPLES :

1 toque uma nota longa onde você deixa a nota bem afinada como sempre faz e mantenha o som sem deixar o ponteiro sair da posição 5 (que tomamos como referencia sendo o ponteiro de afinação corretya sendo que acima de 5 fica alto e abaixo de 5 fica baixo e isso em um gráfico de 1 a 10 )

Estude então MANTER O PONTEIRO EM 5 (afinação correta ) enquanto faz a nota longa ,sem deixar o ponteiro sair do lugar .

2 DEPOIS deve estudar fazer a mesma nota agora com a afinação mais alta mantendo a nota com afinação 6 ou 7 o tempo todo ou seja esta treinando a sua embocadura a trabalhar em uma situação onde a nota tem função de SENSÍVEL e precisa ser mais alta. Depois treine a afinação BAIXA onde vai tocar a mesma nota longa e desta vez fazendo a afinação ficar baixa mantendo o ponteiro na afinação 4 ou 3 ou seja afinação baixa, FIXAR O PONTEIRO durante a execução e não deixar que ele suba para 5 pois assim REALMENTE VAI ESTAR ESTUDANDO O CONTROLE DA AFINAÇÃO EM SEU INSTRUMENTO .

NUNCA DEVEMOS ESTUDAR SOMENTE A AFINAÇÃO MANTENDO UMA NOTA LONGA O TEMPO TODA AFINADA (PONTEIRO EM 5 ) POIS COMO JA DISSE A AFINAÇÃO DESTA NOTA VAI DEPENDER DO MOMENTO HARMÔNICO QUE ELA VIVE.....

NUNCA UM LA É NO MESMO LUGAR NUNCA , NUNCA ,NUNCA ....ISSO VAI DEPENDER DA SITUAÇÃO DESTE LA DENTRO DO UNIVERSO SONORO DOS ACORDES , ONDE O GRAU DELE NESTE UNIVERSO HARMÔNICO PODE FAZER E EXIGE QUE ELE SEJA MAIS ALTO OU MAIS BAIXO, portanto.......

SE VOCÊ ESTUDA SOMENTE MANTER A AFINAÇÃO O TEMPO TODOP , COM CERTEZA VAI TOCAR SEMPRE DESAFINANDO , VAI TOCAR AFINADO MAIS DESAFINANDO COM O TODO, DESAFINANDO COM OS ACORDES E POR ISSO NUNCA ENTENDE POR QUE AS VEZES TOCA DESAFINADO UMA NOTA OU OUTRA SENDO QUE FEZ AQUELA EMBOCADURA DE HORAS E HORAS DE NOTAS LONGAS COM O PONTEIRO EM 5 OU SEJA NO CENTRO ( 1....5.....10 ) SENDO QUE O GRANDE LANCE ESTA EM SABER MANTER A AFINAÇÃO ESTATICA E MODULANTE para que consiga tocar AFINANDO e não AFINADO e desafinando rsss


PENSE NO QUE ESCREVÍ OK

Uma vez que estudou as notas longas com ponteiro em 5 vai fazer a mesma coisa ou seja estudar uma nota longa mas desta vez mantendo a afinação BAIXA deixando o ponteiro em 3 (apenas figurativo ok ) e manter a nota longa sem deixar o ponteiro sair do 3 se a sua embocadura durante a execução de nota longa de afinação baixa estiver pouco a pouco subindo ou seja Começou em 3 e durante a notra longa percebe que a sua afinação vai subindo para 5 ENTÃO JÁ ESTA COM A EMBOCADURA VICIADA NA PRESSÃO ,assim com o violinista ou cellista que resolve fazer marcas no braço do instrumento indicando as notas rsss TÁ FÚ....não vai tocar afinado nunca rssss


Precisa então TIRAR A MEMÓRIA DA TENSÃO MUSCULAR DAS NOTAS para deixar a TENSÃO LIVRE onde temperamos a afinação de acordo com a situação .

Dentro das novas aulas da escola online que estou preparando tem muito material a respeito com vídeos e mp3 para que possam ver como fazer e escutar também as diferenças sutis que fazem a grande diferença no final ok

POR QUE DEVEMOS ESTUDAR NOTAS LONGAS DURANTE O ESTUDO DE AFINAÇÃO ?

É muito simples, como eu expliquei no DVD VOL.04 quando estou com o saco plastico na mão cheio de ´pagua e mostro a relação da pressão interna com a pressão externa para manter um fluxo constante , é exatemnete isso que devemos ESTUDAR NA NOTA LONGA

MANTER O FLUXO CONSTANTE sem deixart a pressão do lábio interferir no resultado e muito menos a pressão do DIAFRAGMA e sim SABER CONTROLAR PRESSÃO DE LÁBIO X PRESSÃO DE DIAFRAGMA DURANTE A MUDANÇA DE PRESSÃO INTERNA .

AO TOCAR UMA NOTA LONGA NO AFINADOR SEJA QUAL FOR A POSIÇÃO DE ESTUDO OUS EJA TREINAR MANTER A NOTA COM AFINAÇÃO BAIXA , NORMAL OU ALTA ( ..3...5...7...) O IMPORTANTE É ENTENDER A LEI DA COMPENSAÇÃO DIAFRAGMATICA pois ela é quem manda no saxofone , oboe e outros intrumentos de sopro no quesito AFINAÇÃO

AO manter uma nota longa com afinação 5 com a saida do ar que esta em nossos pulmões a pressão interna vai caindo e para que o fluxo de ar não caia ou seja a pressão interna caia , o DIAFRAGMA ENTRA EM AÇÃO
fazendo com que a NOTA FIQUE ESTABILIZADA mantendo o fluxo contínuo (pressão constante ) da saida de ar mantendo o ponteiro ESTATICO EM 5 se for esse o objetivo ok

AGORA SE O OBJETIVO VAI SER FAZER UMA NOTA LONGA USANDO A MESMA NOTA E DESTA VEZ MANTENDO A AFINAÇÃO BAIXA POR EXEMPLO O PONTEIRO EM 3

VOCÊ DEVE TOCAR MANTENDO O PONTEIRO (PRESSÃO DE LÁBIO X PRESSÃO DE DIAFRAGMA ) EM UMA SITUAÇÃO DE FLUXO CONTÍNUO ONDE O PONTEIRO NÃO SAIA DO 3 .

O QUE ACONTECE MUITAS VEZES É DEPOIS DE UNS 7 ..9 SEGUNDOS A PRESSÃO INTERNA CAIR E O SAXOFONISTA TENSIONAR A EMBOCADURA E A AFINMAÇÃO SUBIR ....

NÃO PODE DEIXAR O PONTEIRO SAIR DO 3 E MANTER A AFINAÇÃO NA LINHA -------------------------------3-------------------------------


SE VOCE DURANTRE A NOTA LONGA PERCEBE QUE SUA NOTA QUE TINHA AFINAÇÃO 3 ESTA SUBINDO PARA 5 OU ATÉ MESMO 7

ENTÃO JÁ SABE POR QUE TEMOPS QUE ESTUDAR PRIMEIRO MANTER OK

E NÃO FAZER UMA NOTA LONGA SOAR ASSIM:

3--------------4-----------5----------3------4-----5---6-----7---------------



E SIM


3------------------3-------------3-----------3-------------3----------3-------




O SEGUNDO PASSO VAI SER ESTUDAR NOTASD LONGAS COM CAMBIO DE AFINAÇÃO DURANTE A NOTA LONGA OU SEJA COMEÇA UMA NOTA LONGA EM 5 POR EXEMPLO E DEPOIS DE 8 SEGUNDOS FAÇA A NOTA SUBIR A AFINAÇÃO PARA 7


5---------5----------5----------5-----------5--------7---------7-------7-------7----7



OU SEJA TREINAMOS A CURVA DE COMPENSAÇÃO PARA ELEVAR A AFINAÇÃO

O MESMO DEVE SER FEITO PARA A CURVA DE COMPENSAÇÃO PARA BAIXAR A AFINAÇÃO


5----------5-------------5-----------5-----------3---------3---------3---------3-----3

OU SEJA :


N~ÇAO EXISTE O LUGAR FIXO DE UMA NOTA E SIM O LUGAR DESTA NOTA DENTRO DO UNIVERSO HARMÔNICO e a afinação desta nota se vai ser alta ou baixa vai depender de sua situação no universo do campo harmônico
Pois a NOTA LA em LA MAIOR vai ter uma afinação 5 mas a mesma nota em Si BEMOL MAIOR vai ter uma afinação 7........ou seja tudo é RELATIVO e não EXATO .

Por isso quem só estuda notas longas no afinador mantendo o ponteiro no lugar correto com toda certeza vai tocar sensíveis e quintas em seu instrumentos desafinado.....não vai tocar afinando .

Como disse estou preparando as novas aulas da escola online do explicasax e estive gravando ontem sobre este assunto com gráficos ,vídeos e como estudar notas longas inclusive preparando o ambiente harmônico para cada situação, assim poderão usar o afinador e principalmente treinar o ouvido para perceber essas diferenças ok

TOCAR AFINADONO MUNDO DO SAX NÃO EXISTE , O LANCE É TOCAR AFINANDO NO MUNDO HARMÔNICO, TOCAR SENTINDO O QUE PEDE A HARMONIA EM RELAÇÃO A SUA NOTA.....SE ELA VAI SER ALTA OU BAIXA SEU OUVIDO VAI DIZER E SUA EMBOCADURA VAI FAZER .

SE VOCÊ NÃO ESCUTA E AINDA POR CIMA TREINA MANTER A AFINAÇÃO O TEMPO TODA ESTATICA

5-----5555-5-5-5-5-5-5-5-5-5-5-5-5-5-5-5-5-5-55-5-5-5-5--55--55-5-5-5-


VAI SER IMPÓSSIVEL TOCAR EM UNÍSSONO COM VOCÊ A MENOS QUE FAÇAMOS UMA NOTA LONGA E ESTA NOTA LONGA NÃO SEJA UMA QUINTA OU SENSÍVEL DO ACORDE RSSSS

OS ACORDES DIMINUTOS TAMBÉM EXIGEM AFINAÇÃO MODIFICADA .

ISSO TUDO ACONTECE POR QUE PRECISAMOS FORMAR HARMÔNICOS PARES OK

PESQUISE SOBRE :

-O CRAVO BEM TEMPERADO DE J.S.BACH
- HARMÔNICOS PARES E HARMÔNICOS IMPARES
- RELAÇÃO DE COMAS EXISTENTE EM TRE UM INTERVALO DE QUINTA JUSTA E UM INTERVALO DE QUINTA INJUSTA rssss

Abs e bons estudos

Prof.Ivan Meyer


Depois que fizer as gravações somente com boquilha e depois boquilha e tudel, nós entraremos no saxofone e voce vai sentir a diferença do seu som ok


Daquí uma semana voce vai começar a estudar a afinação com o sax fazendo exercícios que vou anexar pra voce fazer E VAI SENTIR A DIFERENÇA DO SEU SOM DENTROS DE UM "MÊS"

2 - QUERO QUE LEIA A PAGINA 8 E DEPOIS DAS PAGINAS 22 A 31 QUERO QUE LEIA E FAÇA OS EXERCÍCIOS SUGERIDOS E SE POSSÍVEL GRAVE PARA ME MOSTRAR OK


88888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888
8888888888
Fellings_na_imposta__o.JPG

88888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888888
8888888888

Tem um colega nosso aqui no fórum o Sérgio Petróleo ,onde podera escutar o som dele e acredite ELE FICOU 02 DIAS no sofrimento rsss

Leia isso abaixo e vai entender ok

Meus amigos,não sei se vocês sabem do ACAMPASAX (Acampamento sopra sax ) que realizamos em 2004 em Pouso Alegre -MG ?

Veja o resultado da maratona só com boquilha rsss

Abaixo alguns depoimentos dos Participantes

I Acampamento Explicasax-RELATO
Lugar paradisiaco durmiamos as quatro da manhã e não sei como começavamos a tocar somente com as boquilhas às oito horas, também puderam acordavamos com cantos de passáros, macacos e outros animais silvestres.
Assuntos abordados no I Acampamento Explicasax: (É de dá água na boca)
1. Regulagem correta dxa correia.
2. Regulagem ideal da braçadeira na boquilha.
3. Melhor local de apoiar os dentes superiores na boquilha.
4.Exercícios somente com a boquilha. Com o trabalho da embocadura atraves dos exercícios da boquilha separadamente onde tocavamos escalas, arpejos e melodias. O Prof.Ivan conseguiu que todos praticassem somente com a boquilha durante todo o dia na sexta e o sábado pela manhã, mas como vingança e ao mesmo tempo como agradecimento diante do excelente resultado obtidos na embocadura de todo o grupos resolvemos acorda-lo ás oito horas mesmo depois de durmirmos as tres da manhã tocando Mary Lu somente com a boquilha. Imaginem voces a tamanha importancia que é fazer esses exercícios somente com a boquilha todos os dias antes de começar a tocar. Pois durante todo o acampamento nemhuma vez foi necessário que ninguem pegasse um lá 440 no piano ou ficasse afinando com o outro colocando a boquilha para dentro ou para fora para afinar simplesmente tocavamos afinados porque o trablho realizado com a boquilha fazendo melodias possibilitou um incrivel resultado. Como é facil afinar agora. Sinto que estou afinado com fá do universo segundo meu guru Marquinhos.
5. Pratica de grupo tocando e ouvindo quem toca ao seu lado e principalmente sentindo o ritmo não tocando de forma cerebral e sim de forma corporal onde tivemos que tocar o Blues da Carrocinha com coreografias e dessa forma sentimos o ritmo de forma visceral. E fizemos os improvisos de forma natural, onde importava mais o sentimento do que as notas e nesse quisito nosso amigo Jobel deu um show a parte transmintindo a todos uma energia tão forte que arrancou aplausos de todos.
6. Prof.Ivan fazia todos cantar tudo que tocavamos no sax e até improviso com voz fizemos e no último dia na segunda feira estavamos todos cantando a capela em unissono sem partitura o ciclo das quartas fazendo arpejos e caminhando pelo ciclo das quartas inacreditavelmente afinados com uma conciencia até tão nunca experimentado. Pois cantavamos arpejos fazendo ligação entre eles passando por todo o ciclo das quartas ou seja cantavamos tonica, terça e quinta de todos os tons na sequencia do ciclo das quartas sem numhuma referencia a não ser o nosso ouvido.
7. Muita informação de como estruturar um trabalho para tocar em eventos em geral ou seja com se profissionalizar.
8. Shows todas as noites quer dizer varando a madrugada: sofonerio, violeiro e o Prof.Ivan tocando e improvisando bastante com seu grupo segundo o Aurélio vai virar um DVD e vamos cobrar dele que fez as gravações com sua filmadora gigante. Durante o show o soprano usado foi o Weril by Ivan Meyer onde observamos a excelente sonoridade bem com afinação e desempenho do sax soprano que só ouvindo ao vivo para comprovar sua real qualidade em afinação e mecanismo que a proposito o sax foi do sortudo do Rogério. Tive oportunidade de tocar no meu sax alto Yamaha 62 e no sax alto By Ivan Meyer bem como todos do
acampamento e comprovamos sua leveza na digitação e excelente sonoridade onde todos ficaram impressionados. Achei melhor a sonoridade do que o meu Yamaha pois toque nos dois sax e pude comprovar o melhor resultado. Não parece que é um Werill pois tem outro som e mecanismo e acho que deve ser essa tal de regulagem do BRUCHO do Ivan. Depois de tocar no Yamaha regulado também por ele tenho certeza que é isso mesmo.
9. Espaço holiístio tudo zem.
10. O Prof.Ivan nos levou para o meio do mato numa clareira onde tocamos em circulo com os olhos fechados somente sentindo a pulsação e afinação de um exercício chamado por ele de ostinato e depois tocamos o Summertimes abrindo vozer e fazendo arranjos tudo sem partituras somente sentido o ritmo coletivamente, foi incrivel viramos músicos parecia um batismo. Estavamos libertados da partitura ou seja tocavamos com ritmo afinação com abertura de vozes e contra cantos entre sax altos e tenores enquanto executavamos o Summertime tudo sem partitura e até um helicopetro que passava no local, acho que não entendiam porque tanto saxofonista junto tocando no meio do mato em circulos. Será um protesto ecologico? Nós pensavamos que um disco voador chegando.
11.Grande aula de história da música com o prof.Zé Helder onde tivemos exemplo de música do oriente e ocidente desde o século XI até a atualidade. E O prof.Zé ainda demonstrou com a voz ele mesmo fazendo soar um harmonico enquanto cantava como fazem os aborigenes da Australia e pigimeus do Gabão ou seja foi muito bom. O negocio é cantar.
12. Só sei que viajei de Salvador-Bahia(6 mil quilometros) para esse encontro e não perderei o próximo. Abraço do urso avô da montanha.

Aldemiro Brandão


Nome: Aldemiro Brandão
E-mail: brandaosaxflute@svn.com.br
Data: 03.08.2004 22:45




Nome: Prof.Ivan Meyer
E-mail: comercial@explicasax.com.br
Data: 04/08/2004 17:31




Re: Veja o depoimento de um dos Participantes

Grande vô!!!!
Realmente pessoal foi uma experiência inesquecível para mim, que consegui me entrosar mto bem com o resto do pessoal e com os colegar ursos!!
Dentre os vários apelidos q me foram dados: velho simply, mico leão...era só risada na hora da descontração.
E Jobel o grande kra...q encheu a mochila do vô de tranqueira qndo foi embora...ahuhuahuaahuahu.....
Bom pessoal foi um momento maravilhoso q não perderei nunca mais!!
Abraço a todos!!

Nome: Josas
E-mail: joe@silverrocks.com.br
Data: 04/08/2004 18:36




Re: Veja o depoimento de um dos Participantes

Esse baiano ééé LiiinnnDuuu.
Olá pessoal, realmente como nosso amigo Brandão relatou, foi excepcional!
Como é dificil falar de algo que foi perfeito, mais vamos lá né:
Viajei quase 1700KM numa Rural 68 (porem bem conservada),com minha familia para ir até o acampamento.
Tudo começou na quinta feira a noite, quando fomos jantar no "O Caipira" Um restaurante tipicamente mineiro, muito bem decorado dando a sensação que estavamos realmente em uma "Casa da Roça" a comida era sensacional, até que apareceu um vendedor "Hypie" vendendo bugingangas e acabou me tomando uma "onça"(cinquentão)sem falar da gozação que o Profº Ivan fez comigo, mais tudo bem valeu a pena.
Fiquei surpreso com hospitalidade do pessoal da pousada.
Nos, os integrantes, pareciamos amigos de longa data, apesar de estarmos nos conhecendo naquele dia!
Em particular revi um amigo que ja faziam mais de 20 anos que não via. (DR Aldo)
Todos nós tomamos um "banho" de teoria musical, história da musica e tecnicas com o sax.
Fiquei muito feliz de conhecer o Ivan ( agora somos amigos, posso chama-lo desta forma ) e comprovar que realmente ele é uma pessoa muito simples e dedicada.
Tenho agora o privilégio de ter gravado em VHS o Ivan tocando ao redor de uma fogueira acompanhado por um sanfoneiro e todos nos ali assistindo, ficou muito original alem disso também gravei ele tocando musicas classicas com flauta e violãocello, mais o melhor foi no sabado a noite quando ele "arrebentou" no sax tenor, alto e soprano, dando um "show" a parte!
OBS: O soprano do Rogério (ele tocou com ele) deve estar vibrando até agora, pois o ivan tocou uns agudos pra lá de "Deus mi livre" !
Valeu mesmo a pena! Foi muito bom !
Espero que no proximo todos possam participar, e viver esta experiencia maravilhosa que nos passamos.
Na minha opinião o Ivan é 10 como professor, musico e especialmente como pessoa.
Vou tentar resumir em uma frase o que eu senti:
É como se eu fosse um iniciante no Kart, e tivesse o Ayrton Senna como instrutor.

Um grande abraço!
E até o proximo encontro (Cascavel-PR) que por sinal vou ajudar a organizar.

Nome: Aurélio Moura Filho
E-mail: mayconfly@yahoo.com.br
Data: 04/08/2004 20:22




Re: Veja o depoimento de um dos Participantes

Olá pessoal, nossa como estou feliz em pode transpor aqui neste forum a experiencia que adquiri no Acampamento.
Eu que fui meio de alegre, um mero tocador de escravos de Jó, sai expert no Blues da Carrocinha! é incrivel! com improvisos e tudo ! ehhehe
Entre apitos e son desrregulados, eu fui me aperfeiçoando, e vi que tenho o tal.. "Dõm" pra tocar o que ja gostava agora ADORO

Nome: A. Daniel Moura (filho do Aurélio)
E-mail: playbox04@hotmail.com
Data: 04/08/2004 20:35




Re: Veja o depoimento de um dos Participantes

Olá Pessoal!!
Realmente estes dias do acampamento foram mágico para mim, e acredito que para todos os participantes; as aulas, o show que o Ivan deu, a comida, o local, as aulas de fang shui da esposa do Marquinho, e principalmente a amizade que se formou entre todos nós.

Um forte abraco a Todos!!

Nome: Rogério Gomes
E-mail: rogeriosaxofonista@yahoo.com.br
Data: 04/08/2004 21:14




Re: Veja o depoimento de um dos Participantes



Muitas coisas estão sendo ditas, eu mesmo já falei em outro post, mas gostaria de expressar mais um pouco desta experiência impar na minha vida.
Já tive diversas experiências bacanas em minha vida, pois já trabalhei em shows do Roberto Carlos, com participação de Djavan, Gal Costa, Fábio Jr que são grandes nomes do cenário musical brasileiro. Já trabalhei com músicos conhecidos da noite, inclusive amigos do prof Ivan, em outros países. Enfim, situações inesquecíveis na minha vida.
Sou de família de cantores, músicos instrumentistas, pioneiros do teatro de revista do Brasil, e toda esta experiência ao longo de minha vida, nada se compara a experiência vivenciada no acampamento. Onde pude entender e participar de perto as qualidades de um grande mestre e seus resultados. Sempre dedicado e com super vontade de ensinar. Fora que poder participar, aprender, tocar, improvisar, sem imaginar que poderia fazer isto em 3 dias.
Estou muito feliz em ter conhecido grandes pessoas, que tornaram-se amigos, cada qual com seu valor único.
Fora que me diverti muito, escutamos o Filétinho com sua sanfona mágica, aula teórica com Zé Helder, que além da aula mostrou todo seu talento tocando e cantando moda de viola, além de um grande show cantando em dupla com Gisvana e prof Ivan no Saxofone. Também pudemos ter a oportunidade de escutar o Ritornello, infelizmente sem o seu traje oficial, porém com grande qualidade.
Tudo isto em um cenário natural e maravilhoso, onde o relacionamento de todos entrou em sintonia com a natureza e assim a proposta do Prof Ivan se concretizou com grande sucesso.
Sinto por ter sido somente três grandes dias, oportunidade como esta poderia acontecer com mais frequência durante o ano.
Quero enfim agradecer a tudo e a todos amigos que lá estiveram e familiares que também participaram.
E em especial quero agradecer ao Prof Ivan, sua família e equipe pela atenção e carinho.
Enfim um encontro em um acampamento com uma proposta tão linda como este é uma benção na vida de um saxofonista.

Com Carinho, Um abraço a todos.

O Um Grande estímulo para a vida 52 é longo mas muito interessante, não deixem de ler.


Nome: Marquinhos
E-mail: tocosax@globo.com
Data: 05/08/2004 00:55




Re: Veja o depoimento de um dos Participantes


Olá família explicasax, olá professor Ivan, e todos participantes do acampamento.
Já estudei piano, já estudei canto, sou química, numeróloga, mestra de Feng shuí, ou seja , entre tantas coisas que já fiz e faço na minha vida, nunca pensei em estar num acampamento de saxofonistas. Foi uma experiência maravilhosa, onde pude conhecer pessoas com grande sensibilidade.
Quero agradecer o carinho que fui recebida e o convite de dar uma palestra sobre harmonia para esposas dos estudantes e posteriormente um bate papo holístico com os integrantes.
Me senti fora da ressonância Schumann, onde o tempo estava em ritmo normal, e o encontro com a beleza da natureza fez com que me sentisse em paz.
Além de também poder compartilhar estes 3 dias com meus filhos, que se divertiram com as outras crianças.
Obrigado a todos, foi um grande prazer conhecer a todos.
Obrigado Prof Ivan e família pelo carinho.
Ivan, através de você mando um abraço carinhoso a todos do recanto Santa Bárbara.
A todos que não puderam participar, recomendo que não percam uma próxima oportunidade, pois a experiência foi maravilhosa para mim, imagine para quem toca sax!

Um abraço a todos...

Nome: Simone ( Si Oliveira)
E-mail: tocosax@globo.com
Data: 05/08/2004 01:15




Re: Veja o depoimento de um dos Participantes

Caramba , vou começar a guardar dinheiro para o proximo , fiquei com agua na boca.

Nome: samoel
E-mail: samoelt@hotmail.com
Data: 05/08/2004 08:21






Ainda sobre o Acampamento... p/ Ivan

Olá Ivan,tudo bem.
O assunto aqui em casa é o acampamento.Meu filho mais velho esta firme nos estudos,e o + novo(Fernandinho)guardou com maior carinho aquela partitura para flauta doce(blues da carrocinha)que voce escreveu para ele.
Minha mulher voltou a fazer "REGIME" rss...
Eu queria aproveitar para te pedir o seguinte:
Já que todos os participantes deram um relato,eu queria saber a sua opinão sobre o acampamento,se voce gostou,se superou as suas expectativas.
Afinal de contas voce foi o idealizador de tudo.Diz ai...

Abraço do amigo

Aurélio


Nome: Aurélio Moura Filho
E-mail: playbox04@hotmail.com
Data: 06/08/2004 20:53




Re: Ainda sobre o Acampamento... p/ Ivan

Aurélio , a vida nos dá presentes que não podemos nem imaginar e um deles que vai ficar pra sempre em meu coração ,foi ter conhecido vocês pessoalmente !
O Respeito que vocês tiham comigo e o carinho é algo que vale mais do que qualquer coisa ! Muitas vezes eu escutei ,mas muitas vezes mesmos ,músicos ,amigos e alunos me dizendo : " Ivan ,por que não grava um disco seu e fica famoso e faz show pelo Brasil ,já que está preparado para isso ?

Pois bem ,existe algo dentro de mim que não consigo explicar , algo que venho sentindo há mais de 20 anos , um brilho, uma energia ,uma luz forte que vem dos olhos dos meus queridos alunos quando conseguem algo ,que não faziam ou imaginavam não poder fazer ...Esta energia é tão forte que é capaz de transformar a mais profunda tristeza e desanimo na maior felicidade e garra para continuar a ser um "Artista"

Quer saber o que eu sentí ? Eu sentí o mesmo que vocês sentiram ,pois o amor não é um veiculo de mão única , o amor tem saida e entrada em nossos corações , pois é exatamente isso que venho sentindo há mais de 20 anos e que vocês experiemntaram apenas em 03 dias .
Pois a música é isso , alegria, felicidade,companheirismo ,amizade e muita ,muita saudade ....é isso que sinto toda manhã agora ou ao ver uma lua ,lembro de vocês , do brilho dos seus olhos ,da energia que sai deles e enchia minha alma de recompensa , sim recompensa e graça !
Conviver com vocês estes dias no acampamento , pode parecer mais um , mais não ,é único , pois nada é ao acaso ,tudo é casual !

Eu tive medo de vocês não me respeitarem no 1 dia ,onde eu deixei todos de castigo só com a boquilha , (Quer tocar ? vai tocar boquilha ) pois eu sabia que tinhamos pouco tempo e eu precisava passar para vocês uma das coisas mais importante que um músico tem e o que o faz ser chamado de ARTISTA ,que sentir !
Então foi isso que fizemos , juntos aprendemos como sentir , Sentir a afinação ,rítimo, sentir principalmente a alegria de ser fazer música ,de ver que existe algo mágico que acontece quando fechamos os olhos ao tocar uma melodia .
E vocês sentiram isso ,e eu presenciei cada um de vocês , subirem mais um degrau nessa escalada que só tem um objetivo : AMOR ,pois fazer música é transmitir amor e isso aconteceu contagiou a todos que estavam alí presentes .Sei que muitos de vocês ainda irão suspirar toda vez que olharem para as fotos ou simplesmente escutarem um músico tocando , pois entenderam qual é a essencia de ser um músico !
Para mim tocar com vocês nestes dias e poder compartilhar experiencias ,me fez sentir algo extranho como a imortalidade , e só existe uma coisa que é imortal o Amor ,pois até o ódio morre !
Sinto que se eu morrese hoje , morreria feliz ,pois tive a sorte depoder passar a bola , é como num grande jogo como já disse uma vez.Mesmo o jogador que está no banco de reserva vibra muito quando seu time faz um gol , pois é o seu time . Não importa se quem faz o Gol é o Ronaldinho , quem passou a bola pra ele o colocou na frente do gol, experimenta a mesma felicida de quem fez o gol. pois ele sabe que se não fosse o passe bem dado o artilheiro não marca o gol para o time .
Eu sei que no momento em que o Ronaldinho sai correndo para comemorar o Gol e toda a torcida se levanta , ele corre e lembra de quem lhe deu o passe para marcar o gol da vítória.
Pois bem é assim que eu me sinto, que estou dando opasse certo para um monte de Ronaldinho e colocando eles na frente do Gol e a possibilidade dele marcar um Gol é muito grande . Mesmo que eu esteja em uma sala ,no interior de Minas Gerais , eu estou assistindo a este jogo há muito tempo ...e fico muito mas muito feliz a cada Gol que eu vejo acontecer , e vibro ,mesmo que em surdina dentro do meu quarto ,pois eu sei que este artilheiro leva com ele a gratidão de ter recebido o passe certo na hora certa !
Então Aurélio ,é isso que eu acho do nosso acampamento ,nós jogamos ,fizemos música,sentimos a força do time ,um time que andava esquecido ...o time da esperança, o time da alegria ,o time do respeito e do sentimento , que foi capaz de fazer com que nós olhássemos e escutássemos um dos solos mais autenticos e cheio de vída ,que foi o solo do nosso amigo Jobel .
E isso só foi possivel ,pois naquele momento nós conseguimos escutá-lo com o coração ,que é um dos ouvidos mais tapados hoje em dia , e podemos presenciar e sentir como nosso coração percebe as coisas e sentí as coisas .
Vocês meus amigos sentiram o que a música pode proporcionar e entender um pouco por que ela não é mão única , a menos que nosso coração seja surdo !
Sim vocês escutaram ...Agora eu vou continuar a assistir meu jogo como venho fazendo há 20 anos , e vibrando com cada gol que vocês fizerem ,pois pularei e festejarei igual a você ,pois agora estamos no mesmo time !
Não importa se ficamos no banco da reserva ou não , agora temos um time e este time é mais forte do que:
- O Sib gravão matutino do Allan
- Maior que o pratão da Oriana
- o Som rouco do Jobel
- O Som bonito do Kleber
- o Rítimo do Aldo
- A Enchurrada na boquilha do Aurélio
- O Vazamento no sax do Brandão
- A vontade do Aurélio filho
- o Peixão do Yuri
- o pratinho de Regime do Ivan
- A vontade de participar do Fernando com sua flauta mágica .
- Os agudos do Josas
- O Frazeado jazzeiro do Sérgio
- o som suave do Rogério
- A memória do Filétinho e seu acordeom
- A voz e a viola do Zé helder
- A barriga da Elisabete ,carregando o Allanzinho ,he,he
- As travessuras de Amanda e Fernanda
- O ovo de Pato da Keilinha e lara kei
- Os cabelos compridos do Pedrão e Marcia Vitti
- O metronomo preciso do André e Humberto no ostinato.
- O Sorriso da Priscilla com seus olhos cor de sax .
- O Alto astral do Marquinhos e Sí
- O reverb do Ritornello ,he,he
- o som da flauta Xaphoon e seu dedilhado misterioso .
- A insistencia e esperança do casal Hippie defendendo o seu pão !

Mas não é maior que a saudade que já sinto de vocês todos !Isso não é não !
Obrigado por ter me dado a chance de passar a bola , agora é com vocês , chutem pro gol que eu estou no primeiro banco da torcida !
Seu amigo Ivan Meyer

Seu amigo


Nome: Prof.Ivan Meyer
E-mail: comercial@explicasax.com.br
Data: 06/08/2004 22:09




Re: Ainda sobre o Acampamento... p/ Ivan

Caramba Prof.,

to sem fala !!



Nome: Kleber
E-mail: kpassos.png@ig.com.br
Data: 06/08/2004 23:32




Re: Ainda sobre o Acampamento... p/ Ivan

Pois é Ivan, lembra que eu falei que chorava facil... é o que estou fazendo agora.
Obrigado Ivan...Obrigado por você existir.

Valeu!

Aurélio

Nome: Aurélio Moura Filho
E-mail: playbox04@hotmail.com
Data: 06/08/2004 23:38




Re: Ainda sobre o Acampamento... p/ Ivan

Nossa Ivan, é impressionante, como a musica penetra nossas mentes, e nos torna pessoas, incrivelmente mais sensiveis. O que mais teria eu a dizer... Só que a cada vez tenho um maior entusiasmo e força de vontade!

Valeu
Abraços

Daniel Sussegadin

Nome: A. Daniel Moura (filho do Aurélio)
E-mail: playbox04@hotmail.com
Data: 07/08/2004 00:03




Ivan, não podia deixar de me manifestar


Ivan, agora você mostrou o que é um verdadeiro show.
Olha, dou cursos, trabalho diariamente mostrando e transformando o feio em belo, o errado em certo, a depressão em expressão, e fazendo as pessoas entender que o Amor é o caminho do alívio da dor. Porém, não podia deixar de me manifestar, porque nunca senti nenhuma manifestação de Amor tão intensa, tão profunda, tão pura como o que acabo de ler.
Você me emocionou, parabéns, e que este passe de bola permaneça ascendente em sua vida, porque realmente o brilho da alma das pessoas é capaz de transformações incríveis.
Que Deus te ilumine e permaneça assim dentro do seu coração.
É a maior expressão da alma que já senti em minha vida.
Digo tudo isso com minha alma, pois fui atleta muitos anos. Fui campeã brasileira ( 110 metros com barreira e arremesso de disco pelo clube Espéria), fui jogadora de handbol e sei perfeitamente o que é ser uma equipe, o que é ter valores. Não falo isso como divulgação, falo para que saiba o quanto te entendo. Que este momento sirva de grande ensinamento para cada um de nós, pois o maior dos sentimentos é o amor a todos.
Um beijo e um forte abraço a você e a sua família.


Nome: Si Oliveira
E-mail: tocosax@globo.com
Data: 07/08/2004 00:42




Re: Ainda sobre o Acampamento... p/ Ivan

Profº Ivan desde o dia em q vi o anuncio no site, do 1 acampamento fiquei super motivado e com vontade de participar, Pois tinha a certeza q seria um super acampamento.Pois sei da capacidade q vc tem musicalmene, e a pessoa que és.
Fiquei muito feliz de poder estar participando deste acampameto, pois não queria perder nada,o q puder anotar a notei, gravei ,registrei com fotos.
Temos a certeza que este acampamento superou as expectativas de todos que estiveram lá.(Pena de quem não pode comparecer).
Profº Que Deus te ilumine nesta caminhada, e continue te abençoando cada vez mais vc e sua familia.

Um super Abraço.

Nome: Kleber campos
E-mail: Kcpiedae@ig.com.br
Data: 07/08/2004 00:53




Re: Ivan, nada é casual, tudo é causal


Ivan, eu não entendo nada da vida, é isso que acabei de entender... pois entendo só de viver, e é isso, a vida é muito mais e proporciona diversas armadilhas que tenho que me moldar a cada instante, para que eu possa me manter vivo.
Vivo momentos, simplesmente momentos, pois a vida é eterna e por mais que eu tenha a certeza que sei, estarei vivendo em toda a minha existência a humilde experiência de viver.
Você também me emocionou com a sua essência de ser magno mestre do seu próprio semelhante,
Obrigado um abraço


Nome: Marquinhos
E-mail: tocosax@globo.com
Data: 07/08/2004 00:56




Re: Ainda sobre o Acampamento... p/ Ivan

Pois é Prof. Ivan, nào pude ir ao acampamento, mas vibrei com os relatos e me senti como um membro dessa grande família, sabe, aquele cara que ta de longe, só nas teclas, e nas telas pelas madrugadas, lendo e absorvendo um pouco de cada um, as vezes me vejo sorrindo, outras frustrado...Mas sempre observando e percebendo o sentimento e a emoçào de cada membro dessa grande família que se esconde atraz de um sax (ou clarone,rss...), e ao soprar o instrumento coloca junto com ar um mundo de esperança, magia e amor pela música e no íntimo de cada um de nós, existe a busca incessante pela perfeição e quando, de repente conseguimos e progresso que desejávamos, o amor transborda em forma de adrenalina em nossas veias e o sorrizo nos vem aos lábios...Pois é vejo tudo isso e fico pensando que dentro de cada um de nós, existe uma eterna criança sempre a procura de um afago ou um carinho...E por tudo o que li, vc esta funcionando como um catalisador que faz as reações químicas de uma cadeia se estabilizarem, ou vibrarem na velocidade e no rítmo certo para dar origem a um composto novo...Pleno e perfeito em sua transformação... Parabéns a todos e felicidades...Que esse entusiasmo permaneça...
Grande abraço
Gérson

Nome: Gérson F. Andrade
E-mail: gandrade18@hotmail.com
Data: 07/08/2004 06:54




Re: Ainda sobre o Acampamento... p/ Ivan

Ontem à noite eu estava de plantão... não sei porque minha mensagem não entrou, depois de recomposto achei até meio piegas de minha parte e, não postei novamente a mensaagem mas, às vezes até por timidez a gente deixa de expressar nossos sentimentos... (que bobagem...) Mas, ontem qdo li a resposta do Prof fiquei profundamente emocionado e, não pude conter as lágrimas... lágrimas de felicidade de ter vivenciado aqueles momentos, de conhecer e compartilhar novas amizades e, lágrimas de saudade mesmo! Tem um podeta aí de MG chamado Gildes Bezerra que escreveu : " Qdo a dor é maior do que o peito E, o caminho termina antes de se chegar ao destino, Há que se usar um engenho ,de maneira tal que a extensão da dor complemente a falta de caminho... então, caminhar... caminhar... caminhar " Nossos destinos se cruzaram, vou caminhando, cantarolando, soprando sax boquilha e tudel, fazendo coreografias... sonhando com o próximo acampamento.
Si e Marquinhos que iluminados vcs são. Marquinhos parabéns pelo Opus 52... faz a gente pensar e muito...

Nome: Aldo
E-mail: hota@onda.com.br
Data: 07/08/2004 20:43




Re: Ainda sobre o Acampamento... p/ Ivan "Again"

´Prá variar estou de plantão "again"... minha família ficou no Rio e, preciso juntar uma graninha para poder pagar a "pane" (rs!) do meu carro!!
Mas, "Tudo vale a pena, se a alma não é pequena!" Valeu !!!!

Nome: Aldo
E-mail: hota@onda.com.br
Data: 07/08/2004 20:46






Acampamento - depoimento atrasado

Estou novamente conectado na web!
Passei a semana com problemas no micro (HD) mas agora tá tudo legal e o speed perfeito.
Já li todos os depoimentos e comentários sobre o acampamento postados até aqui, e aumentou ainda mais a vontade de estar em breve com todos vcs.
Me impessionou muito o rápido entrosamento, parecia que todos já se conheciam.
O tempo passou voando e quando percebemos já era hora de partir (que tristeza) – tudo que é bom dura pouco.
Foi muito bom termos em comum algumas coisas: o amor à música, ao sax (e outros instrumentos), à natureza, à família e ao ser humano.
O nosso grande Prof. Ivan (sangue bom) não nos decepcionou com sua dedicação, sua paciência, seu profissionalismo, sua virtude, sua didática e sua amizade.
Compartilhar tudo isso com vcs e ter a minha familha ao meu lado foi o meu maior prazer.
Valeu Ivan, valeu galera.......saio desse evento mais motivado para os estudos e para a vida.

Abraços a todos! Até breve!
Sérgio de Paula


Nome: Sérgio de Paula
E-mail: spsantos@bol.com.br
Data: 07/08/2004 21:48






lembranças do acampamento(fernandinho)

Foi muito legal o acampamento! Tocaram tanto sax que eu voltei quase surdo, más foi inequecivel, o acordeom e o sax em volta da fogueira quase pelando de calor (claro que só em volta da fogueira né porque estava geando) parabens prof.Ivan pelo conserto de flauta que você tocou no show e foi muito legal tambem o cello que você tocou sem contar o sax...

um abraço do Fernando
até o próximo encontro


Nome: filho do aurélio moura
E-mail: playbox04@hotmail.com
Data: 06/08/2004 21:20





#9 luizsax

luizsax

    Usuário

  • Membros
  • Pip
  • 7 posts

Posted 24 agosto 2009 - 03:46

Olá professor,

Voce nao teria ai essa matéria em vídeo aula? é que comcei a pouco tempo e não entendo muito esse negócio de intervalo de 5, 8ª.......comprei duas video aulas suas e acrescentou muito, embora meu som ainda esteja meio chocho......acho que posso melhorar com suas orientações em vídeo.


Sax alto Winston - Boquilha Ricco 5







#10 Henrimark

Henrimark

    Usuário Muito Participativo

  • Membros
  • PipPipPip
  • 480 posts
  • Gender:Male
  • Location:Curitiba
  • Interests:Aprender a tocar sax.

Posted 26 agosto 2009 - 08:33

não sei quanto aos demais colegas, mas peguei as boquilhas que tenho, mudei palheta, combinações, mas soprar só com
a boquilha fica muito esquisito. O som quando sai parece de pardal com diarréia.....

Os flautistas treinam só com o tudel da flauta, que já está acoplada ao orifício do sopro; será que não era melhor treinar com o tudel junto no sax? Com ele sai tranquilo, mas só com a boquilha, a relação de vazão muda totalmente, pois fica tudo aberto do outro lado da boquilha, e tem que soprar mais forte ainda. Com isso a palheta acaba prendendo na ponta e sai muito apito. Prá não falar que o som ardido acaba até doendo o ouvido...

e aí prof. muda muito ? podemos treinar com o tudel mesmo ?


Alto: Conn 21M black niquel
Soprano: Delick (pure brass)
Violão: Eagle

#11 Prof.Ivan Meyer

Prof.Ivan Meyer

    Fundador do Explicasax

  • Administradores
  • 13.559 posts
  • Gender:Male
  • Location:Pouso Alegre - Sul de Minas Gereais
  • Interests:Música e natureza

Posted 26 agosto 2009 - 08:59

Qual palheta usou na boquilha ?

O ESTUDO SÓ COM BOQUILHA É FEITA POR MUITOS POUCOS (A MAIORIA NEM SABE QUE EXISTE ISSO ) Também a maioria toca bem mal ...

Ta desistindo muito rápido ,por causa de uns apitinhos,
Faça as 03 notas longas e siga o passo a passo .

Tudel e boquilha elimina os apitos ....mas se estudar só com a boquilha VAI ELIMINAR OS APITOS PARA SEMPRE .
Eu mesmo passo anos e anos sem dar um apito. Pode acreditar no que digo !
Abrs
Ivan Meyer

#12 Sergio Bardari

Sergio Bardari

    Membro Efetivo do Explicasax

  • Membros
  • PipPipPipPipPip
  • 2.380 posts
  • Interests:Saxofone

Posted 26 agosto 2009 - 09:35

Pessoal

Com três dias de prática da técnica ( 20 minutos por dia) de estudo somente com boquilha já notei uma pequena melhora no dominio da embocadura principalmente nos super agudos.

Estarei incorporando no meu plano de estudo esta prática no mínimo 15 minutos por dia, pois me animei com o resultado.

O maior problema é que meu vizinho já me jogou até o cachorro dele por cima do muro quando começo a estudar somente com a boquilha, da última vez ele me ofereceu R$ 2000,00 pela minha boquilha, rsrsrsrsrsrsrsrsr.


Abraços



"O importante é ser feliz"

#13 wrisan

wrisan

    Membro Efetivo do Explicasax

  • Membros
  • PipPipPipPipPip
  • 1.443 posts
  • Gender:Male
  • Location:Curitiba, PR

Posted 27 agosto 2009 - 08:23

Henrimark,

Eu tenho estudado só com a boquilha há uns bons tempos. Eu não fazia os exercícios certinho do jeito que o prof. explicou neste tópico pois não os conhecia, mas agora estou fazendo-os.

Eu só tocava nota longa (na medida do possível), arriscava alguma melodiazinha, varia a nota, via até onde eu ia para cima, para baixo, e estas coisas, meio que ficava "brincando" com a boquilha.

Mesmo do jeito que eu fazia, sem fazer os exercícios, já senti uma boa diferença no timbre, afinação, facilidade de tocar. Fazendo os exercício corretos, ficará melhor ainda.

É bom também porque vc não fica sem contato com o sax. Eu não consigo sempre tempo para o sax, mas a boquilha fica no carro e quando estou a caminho de algum lugar (e sozinho, claro), saco a boquilha e vou soprando...

O inconveniente para mim, a exemplo do que o Bardari citou, é o volume e altura das notas. A solução que adotei foi usar um protetor auricular, daqueles tipo plug da 3M...

Acho que conforme dominamos a técnica conseguimos controlar o volume também. Veja que no vídeo o prof. Ivan toca "Carinhoso" com um volume normal.

Até mais!
Sax Alto Yanagisawa A901
Boquilhas Selmer Soloist F, Rico Royal Metalite M7
Boquilhas disponíveis para venda: Rico A5, Rico B5

#14 Henrimark

Henrimark

    Usuário Muito Participativo

  • Membros
  • PipPipPip
  • 480 posts
  • Gender:Male
  • Location:Curitiba
  • Interests:Aprender a tocar sax.

Posted 27 agosto 2009 - 09:38

o engraçado é que mesmo com um pouco de estudo com a boquilha + tudel, já melhorei minha embocadura e senti um som mais bonito no sax.

A palheta que uso direto é a fibracell 1,5 mas tenho uma fibracell 2 e vandoren tradicional 1,5 e 2 (reserva).

Realmente fico ou antes do ponto certo (sopro e não sai nada) ou depois do ponto (apito).

Tenho uma claude lakey de 2,2mm e a boquilha IM de 2,5mm para exercitar (as de maior abertura).

Parece que existe um ponto único onde o som vai sair certinho, mas dominá-lo é bem complicado no começo.

O som então, um pouco que toca já começa a zunir os ouvidos, por isso o tudel coloca o som numa frequência mais agradável/tolerável...

continuo insistindo, tipo boquilha IM + fibracel ?

Alto: Conn 21M black niquel
Soprano: Delick (pure brass)
Violão: Eagle

#15 Prof.Ivan Meyer

Prof.Ivan Meyer

    Fundador do Explicasax

  • Administradores
  • 13.559 posts
  • Gender:Male
  • Location:Pouso Alegre - Sul de Minas Gereais
  • Interests:Música e natureza

Posted 27 agosto 2009 - 09:46

Sim, CONTINUE !

ATENÇÃO : Existe uma posição da BOQUILHA NA BOCA se você abaixar a boquilha vai perceber que funciona como uma alavanca onde o dente a ponta da boquilha empura o dente superior para cima e força o contato do lábio INFERIOR com a palheta .
Pois bem se você colocar a boquilha RETA na boca e soprar NÃO DÁ CERTO !
Existe UM GRANDE SEGREDO NA POSIÇÃO DA BOQUILHA EM RELAÇÃO A BOCA OK Experimente baixar mais a boquilha como se fosse um cigarro de bébado na boca rsss e não como um bico de cegonha olhando pra frente rsss

Precisa ENCONTRAR o ponto de ALAVANCA correto, onde a MANDÍBULA INFERIOR tem maior controle na pressão da palheta , ESTA É A I PARTE A PERCEBER , depois vem a alteração da camara interna que afetara a afinação e timbre das notas .

Acho que vou gravar uma vídeo aula somente com exercícios para serem feitos com a Boquilha e depois boquilha e tudel e ninguém mais tera dúvida smile.gif
Abrs
Ivan Meyer

#16 Jean Marcel

Jean Marcel

    Usuário Destaque

  • Membros
  • PipPipPipPip
  • 745 posts
  • Gender:Male
  • Location:São Paulo - SP
  • Interests:Aprender tudo sobre música e sax, fazer novas amizades

Posted 27 agosto 2009 - 11:06

Prof Ivan,

Eu estou "tentando" praticar os exercícios só com a boquilha, eu disse "tentando" porque está dificil! Porém quando uso a minha IM Power 7, eu sinto uma dificuldade enorme para sair som, isso até com o sax, tenho que soprar muito e mesmo assim não sae o som agradável, porém quando uso a Beechler M7S, sai com mais facilidade e mais belo.
Tá complicado achar esse "ponto", quando acho ele some rsrsrrssrsrs

PS: Em ambas as boquilhas toco com as palheta Fibracell Soft / Vandoren Java 2


Gostaria que o Sr. me ajudasse, pois gosto muito da minha IM, mas infelizmente não consigo tirar o som idela nela!


Desde já agradeço pela atenção!

"Te adoro não pelo que me dá, mas pelo que tú és Senhor!" Jean Marcel


#17 Prof.Ivan Meyer

Prof.Ivan Meyer

    Fundador do Explicasax

  • Administradores
  • 13.559 posts
  • Gender:Male
  • Location:Pouso Alegre - Sul de Minas Gereais
  • Interests:Música e natureza

Posted 27 agosto 2009 - 11:12

Jean, a minha é muito mais aberta do que a Beecheller , ou seja a número 7 minha é maior que a 8 da Beccheler rsss

Se for possível me envie a sua Boquilha Ivan Meyer juntamente com a palheta fibracell e eu vou mudar a regulagem dela pra você e deixar na mesma que a beecheller de abertura e assim vai ficar tranquilo, e no futuro quando sentir necessidade nós aumentamos a Ivan Meyer ok smile.gif

Abrs
Ivan Meyer

#18 Jean Marcel

Jean Marcel

    Usuário Destaque

  • Membros
  • PipPipPipPip
  • 745 posts
  • Gender:Male
  • Location:São Paulo - SP
  • Interests:Aprender tudo sobre música e sax, fazer novas amizades

Posted 27 agosto 2009 - 11:19

Agora entendi! rsrsrs

E quanto ficaria essa regulagem? Provavelmente eu te envie ela semana que vem, pois é quando eu recebo meu salário rsrsrsrs

"Te adoro não pelo que me dá, mas pelo que tú és Senhor!" Jean Marcel


#19 Henrimark

Henrimark

    Usuário Muito Participativo

  • Membros
  • PipPipPip
  • 480 posts
  • Gender:Male
  • Location:Curitiba
  • Interests:Aprender a tocar sax.

Posted 29 agosto 2009 - 11:16


bom pessoal, já coloquei a boquilha no porta trecos do carro e andei treinando....toco e fico olhando se alguém ouviu algum som de pato engasgado...

percebi umas coisas:

- para os graves, tem que relaxar bem a embocadura, abaixar a língua na parte bem abaixo da úvula e usar também
o ar que faz as bochechas estufarem;

- para os médios pareceu a situação mais confortável, tipo: é só soprar que sai;

- para os agudos, até que foi fácil. Bastou pressionar aqueles 2 dentinhos da parte de baixo da boca (aqueles que nascem primeiro na gente) contra o beiço e este pressiona levemente o coração da palheta.

Ou seja, em ambos os casos, a mandíbula trabalha o tempo todo, meio prá frente, prá trás, prá baixo e prá cima.

Alguém sentiu a mesma coisa?

Alto: Conn 21M black niquel
Soprano: Delick (pure brass)
Violão: Eagle

#20 Prof.Ivan Meyer

Prof.Ivan Meyer

    Fundador do Explicasax

  • Administradores
  • 13.559 posts
  • Gender:Male
  • Location:Pouso Alegre - Sul de Minas Gereais
  • Interests:Música e natureza

Posted 29 agosto 2009 - 01:38

QUOTE(Jean Marcel @ 27/08/2009 - 11:19) <{POST_SNAPBACK}>
Agora entendi! rsrsrs

E quanto ficaria essa regulagem? Provavelmente eu te envie ela semana que vem, pois é quando eu recebo meu salário rsrsrsrs


Uai..não fica nada smile.gif Você paga só os correios ok
Abrs
Ivan Meyer




2 user(s) are reading this topic

0 members, 1 guests, 0 anonymous users


    Bing (1)