Jump to content


Photo

BOQUILHAS IVAN MEYER RECEBEM AVALIAÇÕES NOS EUA


  • Please log in to reply
41 replies to this topic

#1 Prof.Ivan Meyer

Prof.Ivan Meyer

    Fundador do Explicasax

  • Administradores
  • 13.549 posts
  • Gender:Male
  • Location:Pouso Alegre - Sul de Minas Gereais
  • Interests:Música e natureza

Posted 30 julho 2009 - 09:04

Meus amigos, com a ajuda do meu amigo particular Dan Camsky enviamos para o maior Forum de Sax dos EUA o SAX ON THE WEB conhecido como SOTW 10 BOQUILHAS IVAN MEYER sendo :

03 DE TENORES , 06 DE ALTO e 01 de SOPRANO para que eles possam tocar e avaliar a boquilha no que eles chamam de PASS AROUND (Tipo : colocar na roda rsss)

Onde o simpático Dr.G ,um veterano saxofonista e membro ativo do forum com mais de 8.000 postagens (Empatou comigo rsss) no forum SOTW organizou uma lista de interessados em TESTAR AS BOQUILHAS IVAN MEYER DO BRASIL onde você pode ver a lista que já é grande aquí :http://forum.saxontheweb.net/showthread.php?t=113880

Pois bem agora mesmo apareceu o I comentário sobre as boquilhas de Tenor ,e escrevo abaixo :

O Dr G colocou o primeiro comentário !
no link abaixo !

http://forum.saxonth...ad.php?t=117827

*****************************************************************

They are here and ready to go to the next participant!

Please note that this thread is for the TENOR mouthpieces only.

Ivan sent three tenor pieces, each a work of art. Large tip openings, medium-large chamber (others may call it "large"). At first blush, the finish is very eye catching - engraved through a top coat of silver plate. Some of you that get hung up on machining marks will be put off - I encourage you to blow these mouthpieces though, before you pass judgment.

The shank diameter is on the small side - those playing LT Guardalas and older Barones will have no issues. On the other hand, my Borgani Jubilee with a Gloger-modified neck could not take enough of the mouthpiece to get it in a correct position so I cannot comment on intonation. Even though I couldn't put the mouthpiece in the correct position on my horn, response was even and full throughout the range.

Quite frankly, I was loathe to try the pieces with the supplied synthetic reed. I keep two Fibercell reeds in my gigbag just in case but have not used either in over 5 years. I always found the sound of them fuzzy, uncentered, distasteful... Yucky??? Imagine my surprise, then, to put the supplied Fibercell reed on the .110, blow, and get a Huge, Round, Full Sound. These are NOT peashooters. If you are looking for razor edge, laser beam, paint peeler, find a different tool.

Ivan has a unique approach to making these pieces and I encourage everyone in the trial to get past the visual inspection and right to the playing. I was ready to critique the rails as nominally wide and the tip rail as too thin. Those that have criticized Lamberson mouthpieces as having a too rough interior may find objection to the surface finish of these as well. Play them.

I like the Lawton-style ligature. Be aware that even though one can use them as a vise, they are a ligature. Don't clamp the reed with excessive pressure - you don't need to.

I asked Ivan whether we should be using a mouthpiece patch to protect the bite plates and he replied that it is not necessary so I didn't. The inlays seem to be a very hard and tough epoxy. I really like the look and feel.

When these trials are over, I shall select one of these mouthpieces, ream it to fit my horn and try it again. I like them enough to want to give them a real wringing out. Rework/tweaking is certainly an issue when working with anyone across international boundaries. Given that Ivan is a gifted musician, I should think that if a person can communicate their experience and needs, that Ivan can produce a good mouthpiece without iteration.

For those in future trials, please post your setup. If you do try alternate reeds, let us know. Ivan seems to have the synthetic reeds designed into the concept - why, I don't know. It seems to work
Dr G

********************************************************************************
***********

Acho que eles irão gostar smile.gif

Abraço e obrigado ao dr.Dan e ao prof. Marcelo Ribeiro que me ajudaram com o controle de qualidade smile.gif

Agora vamos ver o que acontece ,pois tudo tem um começo na vida e parece que estamos começando bem perante a comunidade dos Saxofonistas nos EUA .

Abrs
Ivan Meyer





#2 JacoSampaio

JacoSampaio

    Membro Efetivo do Explicasax

  • Membros
  • PipPipPipPipPip
  • 4.981 posts
  • Gender:Male
  • Location:Santa Catarina

Posted 30 julho 2009 - 09:32

Parabém Mestre,

Esses comentários certamente vão despertar a curiosidade do pessoal, logo teremos mais comentários, certamente favoráveis.

Abração,

Jacó Sampaio
_______________________________
jaco.esax@gmail.com

"Viver é difícil, desistir é fácil, mas é para os covardes."(Jacó Sampaio)
Soprano: Eagle 0307 / Ivan Meyer 7* Latão 2,10mm / Fibracell Premier 1,5
Alto: Yamaha YAS-23/ Meyer 7M USA, BN-7 / Fiberreed Natural Classic Soft
Tenor: Yamaha YTS-275/ Otto Link 7* Super Tone Master / Fiberreed Natural Classic Soft


#3 Dan_camsky

Dan_camsky

    PROFESSOR

  • Membros
  • PipPipPipPipPip
  • 2.534 posts
  • Gender:Male
  • Location:POA - RS

Posted 31 julho 2009 - 06:57

Excelente começo, Ivan. Tb acho que vão fazer a lista de espera para testar aumentar consideravelmente.

Abraço

Dan

T: Yamaha 62, 82Z, Yamaha 82Z, Selmer SA80II - Boq IVAN MEYER 9
A: Yamaha 62, 855, Selmer SA80II, Conn 6M (Lady Face), Pierret Competition, Holton
S: Yamaha 62, Conn 4M - Boq IVAN MEYER 7
Cl: Yamaha 82, Yamaha 61, Boosey & Hawkes Edgware, Noblet N, Amati Kraslice Lignatone, La Marque | ClA: Selmer | Fl: Gemeinhardt M2 | AKAI EWI4000s
Xenyx 1832, ZOOM G3X, Behringer C3, SM58, Caixa Oneal, Roland XV-3080


#4 Prof.Ivan Meyer

Prof.Ivan Meyer

    Fundador do Explicasax

  • Administradores
  • 13.549 posts
  • Gender:Male
  • Location:Pouso Alegre - Sul de Minas Gereais
  • Interests:Música e natureza

Posted 31 julho 2009 - 08:44

Ai meu Deus, lista nacional e agora lista internacional!!!rsss
Agora que eu não toco mais!!

Abraço
Ivan Meyer

#5 Marcelo Ribeiro

Marcelo Ribeiro

    PROFESSOR

  • Membros
  • PipPipPipPip
  • 501 posts
  • Gender:Male
  • Location:Porto Alegre RS
  • Interests:saxofone e jazz

Posted 31 julho 2009 - 08:51

Olá! Ivan

Parabéns!Espero que possa colher muitos frutos desta nova investida.Deixo a sugestão para que coloque a tradução dos textos para que todos possam dividir esta alegria no Explicasax.Estou muito eliz com minha Pelé 8,ficou melhor ainda com a Fibracell.

Abração do teu fã.

Marcelo Ribeiro laugh.gif
OS MELHORES MOMENTOS DE MARCELO RIBEIRO VOCÊ VÊ AQUI :



[/color][/size]
VISITE MINHA SALA NO EXPLICASAX http://www2.ivanmeye...showtopic=25450 E CONHEÇA MEU NOVO CD A VENDA NA SOPRASAX
[color="#FF0000"]

Veja o cartaz na minha sala : http://www2.ivanmeye...p?showforum=140

#6 Samuel.Grego

Samuel.Grego

    Membro Efetivo do Explicasax

  • Membros
  • PipPipPipPipPip
  • 2.240 posts
  • Gender:Male
  • Location:Limeira - SP
  • Interests:Saxofones, Piano e JAZZ

Posted 31 julho 2009 - 09:01


É mestre, pelo jeito que a coisa anda acho que está chegando a hora de pensar numa reestruturação do negócio. Não sei como você faz, se faz tudo do zero. Se voce só regulasse as boquilhas semi-prontas ja seria uma ajuda não seria ? Voce ja passa o dia intero de lima na mão ja já vai ter que varar a madrugada pra vencer os pedidos rs rs !

Pensa bem pq ficar sem tocar não dá hein rs rs , vai acabar arrancando os cabelos.

Abs,
The axe, the bottle and the rope.

#7 heliocaetano

heliocaetano

    Usuário Muito Participativo

  • Membros
  • PipPipPip
  • 376 posts
  • Gender:Male
  • Location:Ouro Preto do Oeste-RO

Posted 31 julho 2009 - 03:18

Legal, mas como sou monolingue, não entendí nada tongue.gif


==============================================
= Soprano Waldman - Boquilha Bari 68
= Alto Eagle SA500 BG -
= Tenor Michael WTSM 46 - Boquilha Gardala Studio
==============================================
heliocaetano@hotmail.com
heliocaetano@gmail.com

#8 jrenatoss

jrenatoss

    Usuário Destaque

  • Membros
  • PipPipPipPip
  • 853 posts
  • Gender:Male
  • Location:Brasilia - DF

Posted 31 julho 2009 - 03:20

Quem vai traduzir pra nós!
Ai donte ispiqui inglixxx!!!!!!!
José Renato
A:Selmer Bundy II - Boquilha JAF A8* e JAF E20 (à venda)
T:YTS 25 - Boquilha JAF T7 com DFA, Meyer 7M e OTTO LINK STM 8.

#9 Bruno_Silva

Bruno_Silva

    Usuário Muito Participativo

  • Membros
  • PipPipPip
  • 424 posts
  • Gender:Male
  • Location:Barbalha, Ceará

Posted 31 julho 2009 - 04:18

QUOTE(jrenatoss @ 31/07/2009 - 16:20) <{POST_SNAPBACK}>
Quem vai traduzir pra nós!
Ai donte ispiqui inglixxx!!!!!!!


MI TIU !

Alto Eagle
Boquilha Hermes USA (modificada)


#10 Cosmo K

Cosmo K

    Usuário Destaque

  • Membros
  • PipPipPipPip
  • 754 posts

Posted 31 julho 2009 - 04:30

parabéns Ivan. Belíssima crítica de uma gente bem exigente. Vamos esperar as próximas, mas foi um ótimo início.

#11 Samuel.Grego

Samuel.Grego

    Membro Efetivo do Explicasax

  • Membros
  • PipPipPipPipPip
  • 2.240 posts
  • Gender:Male
  • Location:Limeira - SP
  • Interests:Saxofones, Piano e JAZZ

Posted 31 julho 2009 - 05:07


Pessoal eu tentei, mas meu ingrÊs ta enferrujado sem uso rs rs ..

Os amigos mais experientes da lingua estrangeira me corrijam por favor ...

Elas estão aqui e prontas para o próximo participante!

Por favor notem que essa discussão é para apenas boquilhas de TENOR.

Ivan enviou 3 boquilhas de tenor, cada uma delas uma obra de arte. Grande abertura na ponta, cÂmara
mediana-grande (outros irão rotulá-la de "grande").De cara, o acabamento é chamativo -
gravuras em acabamento de prata. Alguns de vocês que "desistiram" de "adornos" usinados irão protelar - Eu
encorajo vocês a soprar essas boquilhas antes de dar o julgamento.

O diametro da haste esta do lado pequeno - aqueles que tocam com Lt Guardalas e outras Barones não terão
outras questões. Por outro lado, minha Borgani Jubilee com um tudel modificado Gloger, não permitiria tirar
a boquilha o suficiente para fora para encontrar a posição correta então não posso comentar sobre intonação.
Mesmo não podendo colocar a boquilha na posição correta, a resposta foi equilibrada e completa em toda a
extensão.

Francamente, eu tinha aversão a experimentar as boquilhas com as palhetas sintéticas. Eu mantenho duas
palhetas Fibracell na minha bolsa apenas por precaução mas não tenho usado nenhuma delas a mais de 5 anos.
Eu sempre achei o som delas impreciso, descentrado, desagradável...Yucky ??? Imagine a minha surpresa
então ao colocar a Fibracell fornecida na .110, soprar e tirar um encorpado, redondo e completo som. Estas
não são atiradores de ervilha (comparação com uma espécie de brinquedo). Se estiver a procura de uma navalha,
raio laser, etc encontre outra ferramenta.

Ivan tem uma abordagem única para fazer essas boquilhas e eu encorajo todos que irão provar a passar pela
inspeção visual e ir direto tocá-las. Eu estava pronto para criticar os "rails" por serem abertas com o
trilho da ponta tão fino. Aqueles que tem criticado as boquilhas do Lamberson por terem um interior tão
encrespado poderão encontrar objeção ao acabamento da superfície dessas também. Toque-as.

Eu aprecio a braçadeira tipo Lawton. Estejam atentos que mesmo podendo usá-la como .. (não entendi), elas
são "braçadeiras". Não aperte a palheta demais .. você não precisa fazê-lo.

Eu perguntei ao Ivan se deveríamos usar um protetor para proteger de mordidas e ele respondeu que não era
necessário então não o fiz. O protetor imbutido parece ser algum tipo de epoxy duro e resistente.Eu realmente
gosto de como parece e do que sinto.

Quando essa rodada estiver terminada, devo escolher uma dessas boquilhas, vou ajustar uma para encaixar
no meu sax e tentar novamene. Eu gosto delas o bastante para dar a elas uma "chance" real. (por a prova)
Aprimoramento é certamente uma questão ao trabalhar com alguém através de "escala internacional." Dado que
Ivan é um músico talentoso, eu penso que se uma pessoa puder comunicar sua experiência e necessidades, então
Ivan poderá produzir uma boa boquilha sem "repetição".

Para aqueles que irão testar, por favor postem os seus setups. Se vocês experimentarem palhetas diferentes,
nos informe. Ivan parece ter usado as palhetas sintéticas (fibracel) como parte do conceito do design.
Porquê eu não sei. Parece funcionar.

Dr G

The axe, the bottle and the rope.

#12 Bruno_Silva

Bruno_Silva

    Usuário Muito Participativo

  • Membros
  • PipPipPip
  • 424 posts
  • Gender:Male
  • Location:Barbalha, Ceará

Posted 31 julho 2009 - 05:27

Professor Ivan, PARABÉNS ! Belíssimo comentário, é o seu trabalho ganhando prestígio lá fora. Meus parabéns !

Graande Samuel, muitíssimo obrigado por me deixar apar de toda a situação rsrsrs Queria poder parabenizar o professor mas não sabia o que tinha sido o comentário, então não seria justo... Agora ficou mais fácil rsrsrs biggrin.gif

Abraço a todos !

Alto Eagle
Boquilha Hermes USA (modificada)


#13 Cosmo K

Cosmo K

    Usuário Destaque

  • Membros
  • PipPipPipPip
  • 754 posts

Posted 31 julho 2009 - 06:46

Não entendi muito bem o significado desta frase:
Some of you that get hung up on machining marks will be put off - I encourage you to blow these mouthpieces though, before you pass judgment
Os caras preferem engravings feitos a máquina (e as do Ivan seriam feitas a mão)? ou não gostam de engravings na boquilha?


#14 Henrimark

Henrimark

    Usuário Muito Participativo

  • Membros
  • PipPipPip
  • 480 posts
  • Gender:Male
  • Location:Curitiba
  • Interests:Aprender a tocar sax.

Posted 31 julho 2009 - 07:45

cosmo

acho que a idéia que ele quis passar é que para aqueles que gostam de tudo feito pelas máquinas (tudo industrializado como nas boquilhas feitas em série) a princípio não iriam gostar, mas que primeiro tirassem um som com a boquilha
para depois julgarem.....

eu não sei, mas grande parte da boquilha do Ivan é feita na munheca mesmo.......eu já vi pessoalmente esse trabalho dele.....parece um carpinteiro de avental com sua lima e a boquilha andando prá lá e prá cá o dia inteiro, atendendo telefone, dando assessoria à equipe, falando com vc, etc....mas com muito bom humor.....
Alto: Conn 21M black niquel
Soprano: Delick (pure brass)
Violão: Eagle

#15 Cosmo K

Cosmo K

    Usuário Destaque

  • Membros
  • PipPipPipPip
  • 754 posts

Posted 31 julho 2009 - 07:54

OK. mas pelo "marks" pensei se referir apenas ao engraving. Acho que eles não colocariam entraves a uma boquilha homemade.

#16 Dan_camsky

Dan_camsky

    PROFESSOR

  • Membros
  • PipPipPipPipPip
  • 2.534 posts
  • Gender:Male
  • Location:POA - RS

Posted 01 agosto 2009 - 08:12

Acho que o significado é

Aqueles que rejeitam boquilhas com acabamento imperfeito, contendo marcas de usinagem, talvez não as aprovem, mas sugiro tocar com as boquilhas antes de fazer qualquer julgamento.

T: Yamaha 62, 82Z, Yamaha 82Z, Selmer SA80II - Boq IVAN MEYER 9
A: Yamaha 62, 855, Selmer SA80II, Conn 6M (Lady Face), Pierret Competition, Holton
S: Yamaha 62, Conn 4M - Boq IVAN MEYER 7
Cl: Yamaha 82, Yamaha 61, Boosey & Hawkes Edgware, Noblet N, Amati Kraslice Lignatone, La Marque | ClA: Selmer | Fl: Gemeinhardt M2 | AKAI EWI4000s
Xenyx 1832, ZOOM G3X, Behringer C3, SM58, Caixa Oneal, Roland XV-3080


#17 Prof.Ivan Meyer

Prof.Ivan Meyer

    Fundador do Explicasax

  • Administradores
  • 13.549 posts
  • Gender:Male
  • Location:Pouso Alegre - Sul de Minas Gereais
  • Interests:Música e natureza

Posted 01 agosto 2009 - 09:49

Só que eles não sabem que é proposital a marca dentro da rampa da boquilha, pois no caso de fazerem cópias não conseguem fazer estas marcas assim como tem na Sugal . tirar é a coisa mais fácil do mundo ,basta passar uma lima e pronto . Mas estes desenhos fazem parte da boquilha e tem seus segredinhos....

As Boquilhas de alto e soprano tem algumas que tem a parte super lisa intersamente e outra tem relevos que fazem parte da boquilha e da caracteristica da boquilha .

Cada superfície reflete de uma forma , por isso cada uma tem sua superficie interna que faz parte da minha pesquisa de som, assim como o ceu da boca de um cachorro é todo enrugado e ondulado não é atoa rsss

Como disse o DR G Toca e escute , pois o Ivan tem um jeito diferente de regular e não segue os padroes americanos , e isso é por um simples motivo EU NUNCA COPIEI NEHUMA BOQUILHA, EU DESENVOLVI E POR ISSO FOI A PRIMEIRA VEZ QUE ELE VIU UMA BOQUILHA FUNCIONAR TAMBÉM COM A FIBRACELL. JUSTAMENTE POR QUE A MINHA NÃO É IGUAL A DE NINGUÉM.
sOMENTE A PRESILHA DE TRILHA QUE EU ADOTEI O MODELO LAWTON que é adotados por muitos fabricantes inclusive o Sugal, como podem ver .

Veja a foto da Sugal e vera que ela também tem raias internamente em suas boquilhas. .

sugal.jpg












Obs: Não existe sapatilhas com refletor liso e outras com refletor ondulado ? Porque isso ?

Abs
Ivan Meyer



#18 Flavio Rez

Flavio Rez

    Usuário Muito Participativo

  • Membros
  • PipPipPip
  • 437 posts
  • Gender:Male
  • Location:Rio de Janeiro

Posted 01 agosto 2009 - 03:34

Fala Ivan,

Minha boquilha, a que voce mandou esses dias, tem somente três raias no sentido da boquilha mesmo que terminam num pequeno degrau ...

Voce poderia explicar se isso tem alguma função específica ...

Obrigado,

Flavio Rez
Flavio Rez
flaviorez@hotmail.com

#19 Prof.Ivan Meyer

Prof.Ivan Meyer

    Fundador do Explicasax

  • Administradores
  • 13.549 posts
  • Gender:Male
  • Location:Pouso Alegre - Sul de Minas Gereais
  • Interests:Música e natureza

Posted 01 agosto 2009 - 04:16

Pra mim tem, pois sem elas soa diferente e com elas soa de outra forma principalmente com a fibracell.

Você sabe por que dentro de um fuzil tem aquelas raias ???

Qual a diferença de dar um tiro com um fuzil usando a mesma bala ,sendo que um fuzil tem o cano interno liso...e ou outro o cano interno raiado ?

Pode parecer besteira minha, mas acredito nos desenhos internos das boquilhas ,pois eu ja fiz muitas vezes uma regulagem e depois de prontinha fui e tirei as raias e tive outro resultado, prefiro com as raias smile.gif
Além do que se torna uma impressão digital da boquilha sendo impossível copiar estas raias internas como estão ,fica como uma marca dágua smile.gif

Demorei chegar no modelo que tenho hoje, fiz muitos experimentos até encontrar o material, a forma o design, expessura do latão etc..isso tudo tem influencia no som .
Basta ver algumas das minhas cobaias rssss

http://forum.saxonth...p;pictureid=484
Dependendo do resultado que eu quero ,tem diferença na parte interna da boquilha e isso eu descobri testando, tocando e sentindo .

É aqui que eu regulo as boquilhas smile.gif bem artesanal mesmo , não tenho os maquinários carissímos que alguns fabricantes tem , mas nem preciso, pois consigo resultado na base da garra e da corragem smile.gif Não tive ninguém para me ensinar fazer boquilhas , descobri as coisas sozinho na base da Tentativa e Erro, e tendo o meu ouvido e experiencia como saxofonista e professor para saber o que cada boquilha pode dar de resultado se soprado assim ou assado smile.gif Alias, tudo , pois todos os vídeos sou eu mesmo que gravo, edito ,lanço, escrevos livros onde faço tudo, pois acredito muito em uma unica coisa QUEM QUER FAZ !
http://forum.saxonth...p;pictureid=482


Essas abaixos foram as minhas Primeiras boquilhas a serem vendiodas , toda feita a mão sem uso de CNC por fundição de areia perdida onde depois levava uns 15 dias em cada boquilha rsss Foi com esta da foto abaixo que eu ainda a tenho que gravei as vídeo auals que vocês conhecem smile.gif

http://forum.saxonth...p;pictureid=480

Varias etapas dos processos

http://forum.saxonth...p;pictureid=493

Hoje são feitas de um tarugo maciço com muitos processos de manufaturação para chegar no que vocês conhecem smile.gif
http://forum.saxonth...p;pictureid=490

Abrs
Ivan Meyer






#20 Samuel.Grego

Samuel.Grego

    Membro Efetivo do Explicasax

  • Membros
  • PipPipPipPipPip
  • 2.240 posts
  • Gender:Male
  • Location:Limeira - SP
  • Interests:Saxofones, Piano e JAZZ

Posted 03 agosto 2009 - 07:36


Um tiro de fuzil é com raia é mais potente e destruidor porque quando a bala passa pelo cano raiado ela ganha uma rotação e quando sai gira em alta velocidade aumentando a precisao do tiro e assim se forma um vácuo que persegue o projetil igual a um carro de fórmula um.

Quando a bala entra faz um furo próximo ao nominal do fuzil por exemplo um tiro de 762 mm mas quando sai o vácuo arrebenta tudo e vai fazer um arrombo do tamanho do céu. Pelo menos foi o que aprendi quando servi às forças armadas. rs rs

Eu imagino o trampo que deve ter dado para transformar esse tarugo nessa super boquilha. Muitoo trampo.

abs,



The axe, the bottle and the rope.




0 user(s) are reading this topic

0 members, 0 guests, 0 anonymous users