Jump to content


Photo

Uma história linda sobre ROUND MIDNIGHT com Ivan Meyer


  • Please log in to reply
52 replies to this topic

#21 Samuel.Grego

Samuel.Grego

    Membro Efetivo do Explicasax

  • Membros
  • PipPipPipPipPip
  • 2.240 posts
  • Gender:Male
  • Location:Limeira - SP
  • Interests:Saxofones, Piano e JAZZ

Posted 27 julho 2009 - 07:40


Você é corajoso hein Ivan .. que inveja ! rs rs

Imagino as aventuras que deve ter vivido .. tantas histórias que deve ter para contar .. Li sua história e foi como um filme passando pela minha mente.
E a versão pop da música quebrou tudo. Muito boa. Parabéns !

Abs,

The axe, the bottle and the rope.

#22 paulo hery ferreira

paulo hery ferreira

    Membro Efetivo do Explicasax

  • Membros
  • PipPipPipPipPip
  • 2.944 posts
  • Gender:Male
  • Location:Osvaldo Cruz - SP - Brasil
  • Interests:Música e Natureza

Posted 27 julho 2009 - 07:43



Beleza de história, mestre! Música contagiante, expressiva!

Grande exemplo para todos nós sua história de vida, luta e muita música na Espanha!
Pensando bem, cada saxofonista tem sua "Espanha" a vencer (na vida e na música).
Grande abraço
Paulo.
Sax tenor Yamaha YTS 475 - boquilha Ivan Meyer 7 - palheta premier 1 1/2
Sax alto Yamaha YAS 62 - boquilha Ivan Meyer 7 - palheta premier 1 1/2
-boquilha Claude Lakey 7.3 - palheta premier 1 1/2

#23 Prof.Ivan Meyer

Prof.Ivan Meyer

    Fundador do Explicasax

  • Administradores
  • 13.553 posts
  • Gender:Male
  • Location:Pouso Alegre - Sul de Minas Gereais
  • Interests:Música e natureza

Posted 27 julho 2009 - 09:14

Obrigado meus amigos smile.gif
Eu tinha uns 23 anos quando aconteceu isso, estava em um pais que eu nãoi falava a língua e só tinha o meu sax para sobreviver smile.gif Mas já tinha um nível profissional de leitura ,som ,afinação e já improvisava estava estudando muito.

Depois der uns meses fazendo isso no verão veio o Inverno e ai nos Bares de Madrid ou seja nos Pubs tem muito jazz ,a lias só tem JAZZ ou FLAMENCO patra turistas rsss.
Então comecei a tocar junto com um pianista Frederico de Linos (muito bom ) e a cantora Sonia Meziat (com a ual gravamos um Cd de jazz .

A história com o pianista foi muito legal, pois eu tinha que improvisar e com 23 eu ainda tinha uma formação muito erudita e estava aprendendo as escalas de jazz, cifras, etc...então na hora do improviso eu usava mais o improviso por centro tonal e mandava vê....Lembro que eu levava muita bronca do pianiosta rsss pois as temas que tocavamos tinham a forma AABA então muitas vezes eu estava improvisando onde tocava AAB e parava e ele ficava uma fera rsss pois faltava um A , foi com ele que eu aprendi as forma dos standars de jazz AABA depois de algumas vezes peguei o jeito da coisa e comecei a me interessar pelo jazz ...onde então eu mudei os planos da carreira de cellista que vinha fazendo para a carreira de saxofonista que ainda estou fazendo smile.gif

Depois começou a rolar muita coisa legal na Espanha ,pois comecei a tocar com um monte de gente , gravei discos por la ,fiz giras pela Europa com um grupo de Rock a Bili ( PANICO SPEED ) e com a orquestra de Alberto Peres ,ai nunca mais toquei no Metrô ou nas terrazas pois estava sempre ensaiando ou estudando ,pois tocava quase todas as noites com o trio (Piano, cantora e sax ) no inverno e no verão tocava com a banda de Rock e a Orquestra de Alberto Peres , Combo Belga e Picolo Orquestra que trabalhavam muito no verão fazendo as famosas FESTAS DE CADA CIDADE .

Foi uma escola e tandto smile.gif e tenho muitas histórias para contar rssss

Abs
Ivan Meyer

#24 Sergio Bardari

Sergio Bardari

    Membro Efetivo do Explicasax

  • Membros
  • PipPipPipPipPip
  • 2.380 posts
  • Interests:Saxofone

Posted 27 julho 2009 - 07:49

Ivan

Que tal um livro??

Seria interessante.

Abraços
"O importante é ser feliz"

#25 Prof.Ivan Meyer

Prof.Ivan Meyer

    Fundador do Explicasax

  • Administradores
  • 13.553 posts
  • Gender:Male
  • Location:Pouso Alegre - Sul de Minas Gereais
  • Interests:Música e natureza

Posted 27 julho 2009 - 08:10

Pois é ...eu já falei sobre isso com o Froes, pois tenho tantas histórias nesta trajetória de 35 anos com a música que realmente da um livro muito interessante , Tenho medo de esquecer as situações pela qual passei....

Preciso encontrar um para FORMATAR a coisa, pois eu posso ir escrevendo e enviando smile.gif

Mas se eu virar ESCRITOR ai sim que irão me cruxificar de vez rsss
Abs
Ivan Meyer

#26 Sergio Bardari

Sergio Bardari

    Membro Efetivo do Explicasax

  • Membros
  • PipPipPipPipPip
  • 2.380 posts
  • Interests:Saxofone

Posted 27 julho 2009 - 08:25

Ivan

Se tiver um amigo jornalista ele pode te ajudar, você vai enviando as passagem e ele formata para você, um tipo de Personal Writer, sua preocupação será só a de lembrar dos fatos.

Pense nisto...

Abraços
"O importante é ser feliz"

#27 Cosmo K

Cosmo K

    Usuário Destaque

  • Membros
  • PipPipPipPip
  • 754 posts

Posted 27 julho 2009 - 11:05

Um livro contando as aventuras e vicissitudes de um músico sudaca. Sem omitir os lances mais picantes que devem ter rolado, que assim vende mais. E se não rolou você inventa.

#28 Prof.Ivan Meyer

Prof.Ivan Meyer

    Fundador do Explicasax

  • Administradores
  • 13.553 posts
  • Gender:Male
  • Location:Pouso Alegre - Sul de Minas Gereais
  • Interests:Música e natureza

Posted 27 julho 2009 - 11:17

Cosmo , não é preciso inventar nada ...O Paulo coelho que se cuide pois vem ai : HISTÓRIAS DE UM SAX QUE JÁ FUROU....

Abs
Ivan Meyer

#29 Flavio Rez

Flavio Rez

    Usuário Muito Participativo

  • Membros
  • PipPipPip
  • 437 posts
  • Gender:Male
  • Location:Rio de Janeiro

Posted 28 julho 2009 - 12:23

É o que eu sempre digo pra minha família ... as aventuras é que ficam na lembrança ..

Digo isto, pois adoro viajar com a minha família, sem destino, sem saber pra onde ir ... e apenas ir .. e ver onde vamos chegar .. chegando lá procurar onde ficar ... e muitas vezes dá tudo errado ... muitas vezes dá tudo certo ... e são esses erros e acertos que são sempre relembrados quando estamos todos juntos .. visto que agora, infelizmente, meus filhos não moram mais comigo ...

Essas situações pelas quais voce passou Ivan ... jamais sairão da sua cabeça ... pois cada uma delas lhe formou ...

Muito corajoso da sua parte ...

Mas vi que voce é mesmo um aventureiro ... vi num outro posto que voce nem sabia andar de moto e viajou pelos Andes, não é mesmo?

To planejando fazer uma viagem dessa de moto há uns cinco anos ... há mais de um ano comprei uma moto potente pra tal empreitada e até agora não saiu ... hehe ... quem sabe depois que voce escrever o livro rola essa aventura ....



Abraços,



Flavio Rez
Flavio Rez
flaviorez@hotmail.com

#30 Prof.Ivan Meyer

Prof.Ivan Meyer

    Fundador do Explicasax

  • Administradores
  • 13.553 posts
  • Gender:Male
  • Location:Pouso Alegre - Sul de Minas Gereais
  • Interests:Música e natureza

Posted 28 julho 2009 - 07:37

É verdade Flávio rsss Também sou assim, saio sem rumo em busca de aventuras smile.gif

O Lance da moto foi record mundial rsss Eu não tinha moto, não sabia andar e não tinha carteira de moto rssss Isso tudo 50 dias antes da viagem .

Enrtei na moto escola fiz 25 aulas rsss ,comprei uma xt660r yamaha zero , e chegou a moto na quinta , a carteira na sexta (ainda fiz exame de acrteira e passei na primeira rsss) Fiz um seguro de vida de meio milhão na sexta e no sábado fiz a minha primeira viagem de moto na vida já indo até Machu Picchu rssss

Se quiser ver esta aventura basta acessar este link onde tem :

DIARIO DE MOTOCICLETA by IVAN MEYER


Agora eu vou comprar uma caminhonete F250 cabine dupla a dizel e minha esposa e eu vamos fazer um tur pela America do Sul smile.gif Essa vai ser a nova aventura .

NO VÍDEO ABAIXO TEM AS FOTOS DA VIAGEM DE MOTO AO SOM DE 1X0 QUE GRAVEI COM A FLAUTA smile.gif

dA UMA OLHADA E DEPOIS LEIA O DIÁRIO ABAIXO QUE VAI GOSTAR E VAI TOMAR CORAGEM E PEGAR A ESTRADA , QUEM SABE PEGAMOS JUNTOS ?

Abs
Ivan Meyer


Vou colocar aquí o diário de Motocicleta By Ivan Meyer para vocês verem o que aconteceu rsss

Abs
Ivan Meyer




Detalhes dias antes da Viagem smile.gif feita em Agosto de 2006


" Sairemos de Pouso Alegre num total de 08 motos e uma caminhonete .
Nem faço ideia do roteiro mas eles já organizaram tudo e eu vou entrar no meio e VAMU QUE VAMU parece que vai ter a Floresta Amazônica, Cordilheira dos Andes, Machu-Picchu, Lago Titicaca, Ocêano Pacífico, Deserto do Atacama, Salar de Uyuni, Trem da Morte etc...

Agora o mais legal de tudo é que eu topei a briga !

Obs: Eu não tenho nem carteira de moto e nem sei pilotar rsss (só sei andar de bicicleta rsss)
A viagem acontece daquí 50 dias ,entrei na moto escola hoje smile.gif

O grande desafio vai ser :
Tirar a carteira de motorista (já tenho a de carro ,mas não tenho a de moto )Segunda feira moto escola rsss e final de julho já estarei com a carteira em mãos !

Preaparação fisica no mês de julho (corridas ,regime, etc...) para ficar em forma para poder pilotar.

Pegar experiencia em pilotar no mês de julho pois não tenho experiencia com moto grande e nem pequena rsss

Mas fui aceito no grupo e todos estão me ajudando e ontem fui para sampa ver motocicletas (Eles não sabem que eu não sei andar de moto rsss)

Acabei escolhendo a yamaha XT 660r lançamento da yamaha pois ela é uma guerreira !

Abração e vamu que vamu !

Ivan Meyer "

Pois é eu rezei : Santo Anjo do senhor ..meu zeloso guardador e vamu que vamu smile.gif
Estou colocando o roteiro da viagem que fiz de moto até Machu Picchu no Peru .

Dia 01: Pouso Alegre - Três Lagoas - 770 km
Dia 02: Três Lagoas - Corumbá - 840 km
Dia 03: Corumba
Dia 04: Corumba/Puerto Soarez - Santa Cruz - 700 km(Estrada de terra ,Amazonia Boliviana)
Dia 05: Santa Cruz de la Sierra
Dia 06: Santa Cruz - Cochabamba - 490 km
Dia 07: Cochabamba - Copacabana - 585 km
Dia 08: Copacabana - Puno(Peru)- 140 km
Dia 08: Puno - Cuzco - 390 km
Dia 09: Cuzco
Dia 10: Cuzco - Aguas Calientes - 80 km (Trem)
Dia 11: A. Calientes - Machu Picchu - A. Calientes - 04 km
Dia 12: A. Calientes - Cuzco - Abancay - 205 km
Dia 13: Abancay - Nazca - 480 km
Dia 14: Nazca - Camana - 380 km
Dia 15: Camana - Arequipa - 180 km
Dia 16: Arequipa - Puno - 400 km
Dia 17: Puno - La Paz - 290 km
Dia 18: La Paz - Cochabamba - 390 km
Dia 19: Cochabamba - Santa Cruz - 490 km
Dia 20: Santa Cruz - Puerto Soares/Corumbá - 700km (Voltamos de trem rsss )
Dia 21: Corumbá - Três Lagoas - 840 km
Dia 22: Três Lagoas - Pouso Alegre - 770 km
Curiosidades da Viagem :
1º Dia 8/17/2006 6:19 PM
Saímos de Pouso Alegre as 8:00h. Como sempre acontece, um imprevisto de última hora tirou 02 companheiros desta aventura. Sergio e seu filho Pedro nos acompanharam somente até Brotas. Fica pra próxima mas vcs estao juntos em nossos coraçoes. A viagem foi tranquila pelos 740 km até Três Lagoas. Pista dupla, tempo ensolarado, nenhum problema com as motos. Chegamos as 18:00 a tempo de fotografar um belíssimo por do sol junto a represa. Ficamos em hotel muito bom e barato, Vila Romana é uma ótima pedida.

2º dia 8/17/2006 6:28 PM
Saímos as 8:30h. Viajamos tranquilos a média de 120/140km, parando para nos agruparmos quando alguém atrasava. O calor está forte, suamos muito. A estrada Br-262 está boa nos seus 750 km. Somente uns 180km antes de Corumbá que o aslfalto é ondulado por cerca de 80 km e as motos vibraram muito afrouxando alguns parafusos, coisa pouca. Chegamos 6:30h já com uma hora a menos que ganhamos pelo fuso horário. O por do sol foi espetacular e demorado. Coisas de planalto. Nos hospedamos no hotel Santa Mônica. Um pouco antigo mas com ótima infra estrutura. Ficamos na piscina anoite conversando, tomando umas cervejas e repassando a viagem. Estavamos bem cansados e dormimos cedo.


3º dia - Resolvendo sobre o embarque das motos 8/17/2006 6:52 PM
Logo pela manha fomos a concessionária Yamaha deixar as motos para fazer revisao. Boa estrutura e bom atendimento. Todas as XTs tiveram as rodas balanceadas, pois estavam vibrando muito na dianteira. A minha que saiu o km pra está viagem nao teve o serviço coberto pela garantia e ainda por cima montaram o pneu dianteira no sentido errado. Falha grave que só percebi depois. Fomos de carro resolver sobre o embarque das motos e do carro. Inicialmente a ferrovia insistiu por só permitir o embarque das motos em vagao exclusivo para elas, que custava us$ 450,00, mesmo preço da prancha para levar o carro, só que este iria em outro trem que levaria 30 horas para chegar a S.Cruz. Com tudo gastaríamos us$ 900,00 no transporte. Mas...conversa aqui e ali e descobrimos que poderíamos embarcar as motos no vagao de carga normal junto com as outras mercadorias ao preço de b$ 1,00 por quilo, ou seja, uns us$ 21,00 por moto e nós seguiríamos as 16:30h no trem super-pullman, com tv e ar condicionado a R$ 40,00 a passagem. Faltava resolver sobre embarcar o carro. Daí...quis o destino que visitassemos um amigo de nosso companheiro Luigi, residente em Puerto Soares e conhecedor da área, o qual nos aconselhou veêmentemente a seguir pela estrada de terra (690 km) até Santa Cruz. Disse que estrada estava "mui buena", que o trajeto é belíssimo e que seu genro iria conosco como guia. Foi tao enfático que convenceu a galera. Resolvemos mudar o planejado e seguir no dia seguinte por terra. Anoite no hotel, o Ivan descolou um churrasco na faixa de um turistas, dando uma canja com seu sax para eles.


4º dia - Agora é tarde... 8/18/2006 6:41 AM
Saímos do hotel as 8.30h, abastecemos as motos e seguimos para a fronteira para regularizar nossa documentaçao e das motos. O passaporte foi fácil, só exigiram a carteira internacional de vacinaçao contra febre amarela. As motos demoraram um pouco mais pois o funcionário era meio mala e burocrático. Por fim, pegamos a estrada já eram 11.30h. Dái pra frente foi uma sucessao de surpresas...desagradáveis! A estrada maravilhosa nunca chegava. Era uma estrada poeirenta e britada no início. Nao passávamos de 60km/h. Daí furou um pneu da caminhonete. O primeiro dos sete que furaram até o fim do dia. O calor tava forte e a viagem nao rendia. As 18:00 h começou a anoitecer e faltavam 190 km dos 290 km até a cidade de Roboré no meio do caminho até Santa Cruz. O jeito foi continuar tocando pois nao havia onde pernoiter. Só vilarejos palpérrimos sem estrutura nenhuma. A noite refrescou um pouco e fomos rodando devagar, comendo poeira, cuspindo tijolo, tensos com o perigo de cair, chingando o amigo do Luigi e controlando o stress. De castigo o pneu dele furou e depois a moto pifou por falta de água na bateria (Depois descobrimos). Sua falcon foi rebocada pela TDM do Flávio por 100 km, acreditem, até chegarmos em Roboré as 1:40h da madruga! PQP!!!! Nós hospedamor num hotel de m..., que era o melhor do buraco. Mortos de cansaço, sujos, putos e pior...ainda estávamos na metado do caminho e pensar no dia seguinte era a visao do inferno. A única coisa boa é que a gasolina aqui custa R$ 1,20 e é purinha. O último pneu furado da caminhonete foi consertado no local pela galera. O Zé Wilson, que deixou sua CBR 1000 em Corumbá (Sortudo!) salvou a pátria nessa hora.


Agora vou contar a vocës o que me aconteceu rsss

Acreditem entramos nesta estrada de terra que mais parecia as areias de copacabana sò que uma terra seca que parecia um talco .Esta estrada alternava entre trechos de RIPIO um pedregulho solto e anguns fincados na estrada de ponta que èra um perigo !

Acreditem tinha buracos de um metro de fundura (Eu parei e entrei dentro dele e acredite dava no joelho )

Eram 650 km de estrada de terra no meio do nada ou seja matáo mesmo ,com um calor de 40 graus (Pantanal boliviano ) sò que seco !

Por esta estrada trafegava caminhoes carregados que iam moendo a terra e aumentando ainda mais o poeira ...
Quando eu via um caminháo se aproximando eu parava pois era impossivel cruzar com um desses e saber onde estava a estrada pois uma nuvem de poeira densa levantava e náo dava para ver nada a frente e muito menos a o lado e foi em uma dessas que eu náo parei e resolvì cruzar um desses caminhóes que vinha em sentido contràrio, pois eram 01:30hs da madrugada e acreditem estavamos todos sem almocar e jantar (O que já virou rotina por 04 dias coinsecutivos rsss) pois náo havia simplesmente nada , so mato e terra !Pois bem num desses cruzamentos eu nao parei pois era uma retona e ao cruzar com o caminhao que estava no lada da estarada que tinha o chao batido somente sobrou o lado com os bancos de areia (terra vermelha ) e a moto afundou na terra e mesmo eu acelerando para náo deixar afundar eu cai rsss na terra vermela e o motorista entáo parou o caminháo e toda a poeira veio para cima de mim e foi aquele sufoco rsss Levantei a moto passei a máo na vizeira do do capacete para tirar o po e vamo que vamo.
Chegamos a um vilarejo de indios bebados e a ùnica coisa que tinha para comer èra (NADA ) Tomamos aqua e continuamos a viagem pela madrugada a dentro epal estara de terra onde ent´çao chegamos em um pueblo e tinha um hotel e desmaiamos. No dia seguinte eu comì 05 pasteizinhos com uma coca e novamente paegamos a estrada e novamente pneu furado da caminhonete, e da moto falcom e o que nos atrasou e tivemos que rodar pela madrugada a dentro sem almoçar e sem jantar rsss
Tive mais 02 tombos um no cascalho onde devo ter dormido no volante pois eram umas 03 da manha e estava em uma estrada de pedregulho e para náo pular muito eu ia pela lateral da estrada onde tinha uma areia fofa e nessa a roda da frente virou e fui para o chao, esfolei o capacete inteiro (ufa ainda bem que estava de capacete e as roupas de proteçao me protegeram , estava a uns 50 km por hora e náo havia ningu+èm na frente e nem atras , levei um panada forte com o peito do lado direito no chao que achei ter quebrado as costelas , mas so esta dolorido que ate para espirar doi demais ...Fiquei estendido no chao por uns minutos e tentando sentir se tinha acontecido algo grave ,olhava as estrelas ....
Agradeci a Deus pela proteçao que ele me deu neste tombo, levantei a moto e continuei....

Teve uma hora que vinhamos ao redor de uns 80 km na estrada de terra quando apareceu um buraco gigante e voamos uns 02 metros pra cima e por milagre nem eu e nem meu colega caimos ,pois as motos sáo òtimas.

Pegquei um trecho com lama que foi f...onde as maquinas estavam fazendo terraplanagem da estrada e isso durante a noite e simplesmente a roda da frente prendeu no barro pois tiha acabdo de sair de uma estrada e tinha um degrau de uns 50 centimetros para entrar nesta estarada de lama, e tive que vir com velocidade para subir e assim que entrei na estrada a moto saiu de lado (N aduvia a gente sempre acelera no barro rsss) Ent´çao cai um tombinho e como èra de noite e estava com uma vizeira escura estava com ela levantada e no tombo o espelho da moto entrou pela vizeira e me cortou abaixo do olho esquerdo.
Imagienem a cena , estava usando um oculos transparente para evitar o po ,jà que estava usando a vizeira levantada .
Entáo assim que eu cai e senti que bati o retrovisor esquerdo no olho esquerdo ,vi que tinha sangue no oculos ...No meio do Barro e na frente estava um amigo que è cirurgiao e veio me socorrer ,tirei o capacete para ver o estrago mas foi um corte superficial e jà estou legal, sò o que està pegando è a dor no peito rsss

Ontem pegamos chuva na serra e neblina (Simplesmente congelei )

E mais uma vez ficamos sem almoçar e jantar , chegando a cochabamba as 01;30 da manha onde entao comemos um prato de batata fritas com carne que foi maravilhoso .Nunca sentì tanto frio em minha vida !

viagem de ontem a caminho de cochabamba .
Estava tudo programado para sair as 07:00hs da manhana onde entao peguei o soprano e as 05:45 eu dei o toque de alvorada com ACORDA MARIA BONITA rsss Tomamos nosso cafè da manha e 0s 07:00hs todos na porta do hotel com as motos e tudo mais e entao....tivemos que esperar a caminhonete para poder balancear as rodas (Compraram pneus novos depois de ter furado por 7 vezes na estrada de terra rsss
Pois bem ,esperamos ,esperamos (e todos vestidos para o frio que iriamos pegar ou seja gorro de la ,capacete,luvas ,roupas impermeaveis e mais blueas etc...e nada da caminhonete chegar e advinha ?
Eu sò tomei um suco de laranja e comi 02 fatis de melancia no cafpe da manhá ,poios estava previsto almocar ( mais uma vez deu errsado ) iriamos andar 450 km e saimos as 11:00hs da manhá quando a caminhonete chegou ou seja pegamos a estrada e sem almocar e seguimos em frente .

Pois bem jà na serra e com aquela neblina um Pneu furou de uma das motas e começou abagunça...arruma borracheiro, troca o pneu e entao jà estavamos rodando na seera com neblina, chuva (tinhamos que usar a vizeira aberta para poder enxergar a estrada pois capacete nao tem limpador de vidros rsss

Entáo como nada poderia ficar pior do que isso, a náo ser que.....e foi o que aconteceu a moto TDM da yamha que nao tem injeçao letronica sentiu a altitude e simplesmente parou de funcionar e isso jà as 11:00hs da noite ....A soluçcao foi parar com ela em uma borracharia e usamos a iluminaçao do locar para tentar consertar a moto e depois de uma hora la pela meia noite chegamos a conclusao que nao tinha soluçcao e a moto ia terminar a subida para depois descer a seeera para cochabamba ,sendo rebocada por corda pela caminhonete por 140km andanmdo a 25 3 30 km por hora e tendo as outras motos como escolta .
Antes de sair perguntamos ao dona da borracharia se ele tinha algo de comer ,pois estavamos sem almoçar, chovia e fazia muito frio, acho que uns 10 graus .entáo ele nos trouxe uma lata de atum ,03 rfinhos de prastico e 05 paes pequenos que parecia uma bolacha rsss estavamos em 11 e acredite foi o que comemos, dividimos a latinha de atum com meio pao pra cada e estava bao de mais

Entao veio a parte dificil, andar a 30 km na moto acompanhando a caminhonete que estava rebocando uma das motos ,chovendo , um vento frio que molhou minha luvas de couro e congelava os dedos rsss

Eu tive um pouco de febre ,mas tomei novalgina e fiquei novo !

Chegamos em cocha bamba ,nem sei como pois estavamos congelados,pregados ,com fome e muito abalado com todas as dificuldades que estamos passando.
Acreditem ,assim que chegamos na frente do hotel e foram ver sobre preços etc...eu dormi encima da moto,nem sei como consegui a façanha, pois eu coloquei a moto no descanço e igual a uma galinha empurelada eu dormi...me acordaram acredita nisso? Eu dormi sentadoi em cima da moto na frente do hotel.Pois bem entramos no hotel ,deixamos as malas e fomos jantar ou melhor almoçar e jantar as 03 da manha rsss
Foi muuiiitttooo bom !
Hoje ficamos o dia inteiro morgando e descançando e eu fui comprar uns presentinhos para minha querida esposa no mercado da cidade onde os indios vendiam Sanduiche de tripas rsss Quer um ?

Bom agora sao 21:52 jà deixei tudo preparado pois estamos a 3500 metros de altitude e amanha vamos para 5 mil metros e pelo que me disseram o frio vai ser maior e por isso fui comprar mais uma luva de la e uma toca ninja de la rssss

Assim que der eu conto o que aconteceu ok

Obs: Conseguiram arrumar a moto que deu problema com a altitude , ASSIM ESPERO rsss
Mas por precauçao ,no cafè da amanha eu vou DETONAR rsss

Meus amigos agora ficou legal ! Fizemos uma viagem tranquila e chegamos atè o lago TITICACA o lago parece um mar onde náo vemos o outro lado da margem ,este lago è o mais alto do mundo a 4,500 metros acimada do nivel do mar .
Meus amigos vou te falar uma coisa ,realmente nao da pra tocar sax baritono nestas alturas pois a falta de ar è muito grande voce respira e fica sentindo a falta de ar ,tontura ,enjo etc...
Estavamos andando de moto pelas cordilheiras dos Andes com seus picos cobertos de neve e um frio de matar .Paramos para abastecer e estavamos tontos e enjoados ...para subir na moto quase caimos rsssO jeito foi apelar para a sabedoreia milenar dos nativos e compramos com eles um saquinho de folhas de coca e entao todos (10 pessoas do nosso grupo) colocamos as folhas de coca na boca (tem gosto de mate ) e ficamosmastigando e engolindo o suco e foi a ùnica forma de aguentarmos aquela altitude e poder pilotar sem cair nos penhascos ,pois sao curvas fechadas e extreitas e basta um vacilo para poder parar de existir pois se cair ja era ....
Entao entramos na folha de coca (Vale lembrar que existe cha de coca ,balas etc...pois todos precisam dela para quentar a altitude .Em nossa equipe tem 02 mèdicos sendo que um deles è cirurgiao e disse que teriamos que fazer isso pois do contràrio seria mais perigoso.Entao entramos na coca rsss è muito engracado pois os bolivianos e peruanos colocam tanta folha de coca na boca que parecem estar com uma bola de ping pong em uma das bochechas rsss Todos com dor de dente.
Bom ,entramos nessa de colocar as folhas de coca e advibhe , parou o enjoo e a tontura que estavamos sentindo .Um de nossos colegas mesmo com isso precisou dormir no balao de oxigenio que por sorte dele o hotel onde ficamos tinha este balao para os tuistas,Mas pela manha todo mundo tomando cha de coca rsss
Chegamos entao na cidade de COPACABANA que è divisa entre Bolivia e Peru e ficamos 02 dias para descancar da subida e tambèm por que a TDM do Flàvio pegou um buraco enorme e a roda de liga leve se partiu .
Neste dia fizemos uma volta de barco no lago TITICACA (àguas da neve deretida dos andes )

O frio foi tao grande que mesmo usando protetor o làbio esta todo ressecado alèm do rosto e orelhas rsss

Lembra do que dormiu no balao de oxigenio ¿

Pois bem era aniversario dele e eu fui pela manha atè o quarto dele com os colegas para poder tocar o PARABÈNS pra ele ,so que o quarto dele ficava no terceiro andar e chegando no quarto vimos ele entubado com o oxigenio e eu entáo respirei fundo e comecei a tocar o parabens e acredite so tive folego para tocar uma so vez rsss
Venta e mesmo assim nao tem ar rsss e o cancasso è muito grande , basta subir 5 degraus e fica sem ar e cancado.

Saimos entao da cidadde COPACABANA que segundo os bolivianos è mais antiga que o Rio de janeiro !

Ao entrar no Peru tudo mudou, parecia quye estavamos na EUROPA estaradas maravilhosas ,perfeitas !
Eu estava andando quando de repente comeca a crusar a estrada uma LHAMA branquinha ,uma belezinha e tive que freiar a moto para nao pegar a lhama rsss

Pegamos a meta de fazer 600 km para chegar atè CUSCO o que foi feito sem problemas e chegamos de dia em Cusco
e acredite tinha um arco ìris lindo !Tinha acabado de chover !
Varias bandas de mùsica tocando na praca qualhada de turistas Europeus,
Estou fazendo fotos de tudo e depois irei anexar para vocës verem ok

Aquì è muito caro devido os turistas Europeus.

O passeio amcho picchu que deve ser de trem atè o local pois nao tem estradas custa 130 dolares e vamos fazer isso na sexta feira .Hoje temos o city tur por 15 soles o equivalente a 15 reais .

Sàbado comecamos a voltar para o Brasil o que deve levar uns 8 dias de viagem

. A viagem de volta eu conto depois rssss

Abs
Ivan Meyer







#31 Flavio Rez

Flavio Rez

    Usuário Muito Participativo

  • Membros
  • PipPipPip
  • 437 posts
  • Gender:Male
  • Location:Rio de Janeiro

Posted 28 julho 2009 - 01:11

Eu já tinha lido esse diário todo e fiquei babando ...

E voce ainda levou o sax !!!!

Realmente é uma aventura ....

E vou realizar !!!!


Abraços,


Flavio Rez
Flavio Rez
flaviorez@hotmail.com

#32 Sergio Bardari

Sergio Bardari

    Membro Efetivo do Explicasax

  • Membros
  • PipPipPipPipPip
  • 2.380 posts
  • Interests:Saxofone

Posted 28 julho 2009 - 06:21

Ivan

Muito legal sua viagem.

Sou motociclista a 25 anos e não consegui ainda fazer uma viagem desta , parabéns.


Abraços
"O importante é ser feliz"

#33 Prof.Ivan Meyer

Prof.Ivan Meyer

    Fundador do Explicasax

  • Administradores
  • 13.553 posts
  • Gender:Male
  • Location:Pouso Alegre - Sul de Minas Gereais
  • Interests:Música e natureza

Posted 28 julho 2009 - 07:38

Usai smile.gif Então temos que marcar uma para o Desrto do Atakama smile.gif Topa ?

Vamos juntar uma turma pois agora ja tenho experiencia rsss

Abs
Ivan Meyer

#34 Sergio Bardari

Sergio Bardari

    Membro Efetivo do Explicasax

  • Membros
  • PipPipPipPipPip
  • 2.380 posts
  • Interests:Saxofone

Posted 28 julho 2009 - 07:57

A idéia é excelente só que teria que trocar minha moto pois ela não é um Big Trail, rsrsrsrs.


"O importante é ser feliz"

#35 Prof.Ivan Meyer

Prof.Ivan Meyer

    Fundador do Explicasax

  • Administradores
  • 13.553 posts
  • Gender:Male
  • Location:Pouso Alegre - Sul de Minas Gereais
  • Interests:Música e natureza

Posted 28 julho 2009 - 08:11

Que moto é a sua ? É estradeira ?
Abs
Ivan Meyer

#36 Sergio Bardari

Sergio Bardari

    Membro Efetivo do Explicasax

  • Membros
  • PipPipPipPipPip
  • 2.380 posts
  • Interests:Saxofone

Posted 28 julho 2009 - 08:27

Ivan

Minhas duas paixões na vida depois da minha familia é saxofone e motocicletas, rsrsrsrsrs

Atualmente estou com uma Suzuki Bandit Sport 1200, 2008 gostei tanto desta moto que ésta já é a segunda que eu compro, e olha que já tive várias outras marcas e modelos, mas para um deserto como Atakama, o ideal é uma XT 660 como a sua ou uma Suzuki Strom, ou BMW GS ( esta última é um sonho melhor que Mark VI,rsrsrsr).

Mas sua idéia e muito atraente quem sabe não da certo, rsrsrsrsrs.

Abraços
"O importante é ser feliz"

#37 Prof.Ivan Meyer

Prof.Ivan Meyer

    Fundador do Explicasax

  • Administradores
  • 13.553 posts
  • Gender:Male
  • Location:Pouso Alegre - Sul de Minas Gereais
  • Interests:Música e natureza

Posted 28 julho 2009 - 08:37

Caramba , esta muito bem de moto smile.gif

Tenho curiosidade com a nova tenere á viu ?

Mas para esse tipo de viagem a xt660r É IMBATÍVEL pois custa metade das outras e faz igual ou melhor rsss

Quem sabe quando eu trocar de caminhonete você não vai com a gente ai damos cobertura smile.gif
Abs
Ivan Meyer

#38 Sergio Bardari

Sergio Bardari

    Membro Efetivo do Explicasax

  • Membros
  • PipPipPipPipPip
  • 2.380 posts
  • Interests:Saxofone

Posted 28 julho 2009 - 08:44

Ivan

Olha, se ta me provocando,rsrsrsrs.

Vamos fazer o seguinte, quanto organizar a próxima me avisa vou fazer o possível para ir, agora independente disto podemos andar por aqui mesmo no "Brasilzão" o dia que vier aqui para região, se for de fim de semana e só me avisar que nos encontramos em algum lugar ou vice-versa.

Abraços.
"O importante é ser feliz"

#39 Cosmo K

Cosmo K

    Usuário Destaque

  • Membros
  • PipPipPipPip
  • 754 posts

Posted 28 julho 2009 - 09:32

Tb Vou!!!! Mas com trailer atrás, com chuveiro, comida, ar condicionado...

#40 JacoSampaio

JacoSampaio

    Membro Efetivo do Explicasax

  • Membros
  • PipPipPipPipPip
  • 4.981 posts
  • Gender:Male
  • Location:Santa Catarina

Posted 28 julho 2009 - 09:39

Tô Com o Cosmo, só vou no apoio, a minha Lander 250 não serve pra essas coisas, é só pra ir até a padaria... kkkkkkk

Jacó Sampaio
_______________________________
jaco.esax@gmail.com

"Viver é difícil, desistir é fácil, mas é para os covardes."(Jacó Sampaio)
Soprano: Eagle 0307 / Ivan Meyer 7* Latão 2,10mm / Fibracell Premier 1,5
Alto: Yamaha YAS-23/ Meyer 7M USA, BN-7 / Fiberreed Natural Classic Soft
Tenor: Yamaha YTS-275/ Otto Link 7* Super Tone Master / Fiberreed Natural Classic Soft





0 user(s) are reading this topic

0 members, 0 guests, 0 anonymous users