Jump to content


Photo

O SAX COMO INSTRUMENTO DESTEMPERADO


  • Please log in to reply
6 replies to this topic

#1 Prof.Ivan Meyer

Prof.Ivan Meyer

    Fundador do Explicasax

  • Administradores
  • 13.559 posts
  • Gender:Male
  • Location:Pouso Alegre - Sul de Minas Gereais
  • Interests:Música e natureza

Posted 10 julho 2009 - 10:35

O sax não é temperado, é um instrumento destemperado, onde o saxofonista deve tocar somando harmonicamente as notas do acorde.
NO mundo do piano, a nota Si natural é sempre no mesmo lugar, mas no mundo das cordas (violino, viola, cello, contrabaixo) e também na família dos sopros, principalmente o oboe, corne inglês, fagote e também saxofones, o instrumentista deve tocar SOMANDO as suas notas ao campo harmonico presente naquela situação.
Quando um violino ou cello tocam uma nota Si, ele não pode faezr uma marquinha no braço do instrumento, pois esta nota não será sempre no mesmo lugar, as vezes a nota Si tem afinação mais alta outras vezes a nota Si tem afinação mais baixa, vai depender muito da tonalidade daquele momento, ou seja, a nota Si precisa ser analisada dentro de um contexto harmonico individual, ou seja, qual a sua posição dentro do campo harmonico daquele acorde em questão.
Quando a nota Si tocada em um instrumento não temperado (entenda que o piano é um instrumento temperado, ou seja, notas fixas, onde o instrumentista não tem capacidade de mudar a nota do instrumento, digo, afinação da nota, fazendo soar mais alta ou mais baixa dentro do diapasão, pois a nota, Si, é uma nota fixa no piano) pois bem, quando a nota Si é tocada em um instrumento destemperado (entenda como destemperado, o instrumento cujo o instrumentista tem a capacidade de alterar a afinação de uma nota durante a execução, levando em consideração a situação harmonica, onde se encontra presente esta nota).
Um violinista, consegue fazer a nota Si, ficar mais alta na afinação quando ela tem a função de sensivel, dentro da harmonia, por exemplo, a nota Si dentro da escala de Dó maior.
Quando o memso violinista toca a escala de Mi maior, que também tem presente a nota Si natural, esta nota tem afinação mais baixa, do que a nota Si na tonalidade de Dó maior.
Somente os ouvidos, treinado a escutar a afinação destemperada, é que consegue perceber essa sutil diferença.
Eu como violoncellista há mais de 30 anos e também oboista, tenho um ouvido educado dentro da afinação destemperada, onde cada nota, tem uma afinação cumplice com a tonalidade.
NO meu sax, a nota Si não tem amesma afinação o tempo todo como se fosse em um afinador eletrônico, a afinação dessa nota depende muito do contexto, onde está inserida.
Sendo assim, os músicos que tem o seu ouvido treinado com a afinação temperada, dificilmente conseguem escutar essas diferenças de coma, assim como a música ocidental é diferete da música oriental.
Para nós, entre Dó e Re, existe somente uma nota, ou seja, o Dó#, mas para a música oriental o menor intervalo usado não é meio tom e também é usado a metade de meio tom, ou seja, um quarto de tom, o que faz soar desafinado aos nossos ouvidos educados na afinação temperada.
Na video aula, volume 01, eu explico sobre a afinação temperada e destemperada no saxofone, aonde explico o intervalo de quinta, tocado com um saxofone x um intervalo de quinta tocado em um teclado.
Quando uma orquestra de cordas vai tocar junto com um teclado fica dificil afinar as cordas, pois os intervalos de meio tom do teclado estão afinados em 5 comas, lembrando que entre a nota Do e a nota Re, temos 9 comas e os violinistas podem coolocar a nota com 4 comas ou 5 comas, dependendo da situação harmonica, isso gera um conflito a nivel de algaritimos na programação do teclado, pois ele está programado para fazer intervalos de meio tom com 5 comas, não analisando a situação harmonica.
Existem hoje no mercado teclados inteligentes, onde é possivel mudar a afinação para oriental.
Eu já tive a tragica experiencia de tocar em uma festa árabe, onde aconteceu um show com músicos árabes, com instrumentos típicos, onde também tinha um teclado com afinação oriental, foi terrível, pois você tocava um acorde de Dó maior com 7 maior e soava uma coisa medonha, muito dificil de improvisar, fora do sistema temperado ocidental.
Os instrumentistas de sopro, de nivel mais elevado, conseguem perceber a sutil diferença entre cada nota, onde o mesmo toca TEMPERANDO, não colocando as notas fixas como tem no afinador (já aviso que sou contra estudar afinando com afinador eletrônico) a nivel de afinar nota a nota, fora de um contexto harmonico, pois como disse, a nota MI, tem uma afinação no acorde de Lá maior, bem diferente da afinação quando o Mi tocado no acorde de Fá maior, assim como ele é diferente quando tocado no acorde de Do#menor. Então do que vale tocar afinando cada nota do seu instrumento, se a afinação é destemperada é a afinação dos músicos profissionais, ou seja, o músico que toca AFINANDO e não AFINADO.

Uma regra para você seguir:

Músico que toca afinando, é o melhor músico para fazer música, pois este músico, coloca suas notas temperando a harmonia, ajudando a formação dos harmonicos PARES.

Músico que toca afinado, é um músico que procura tocar as notas dos seu instrumento sempre no mesmo lugar e quando ele toca com uma orquestra de cordas, geralmente soa desafinado, pois ele não toca temperando, não toca SOMANDO harmonicamente suas notas, dentro do campo harmonico presente.

Músico que toca afinado é bem diferente do músico que toca afinando.

O músico que toca AFINANDO é um músico que toca AFINADO.

O músico que toca AFINADO (afinação fixa bitolada pelo afinador eletrônico) é um músico que toca DESAFINANDO


Se você ficou pensativo sobre esse assunto e tem interesse em entender mais para que possa tocar ainda melhor, eu vou faezr um pedido a você

POR FAVOR, ASSISTA ESTE WORKSHOP DE SAX que na verdade é um workshop sobre afinação.
Assista pelo menos a IV parte deste workshop, mas sinceramente se você ainda não viu, assista todas as partes.

Basta acessar o link abaixo, mas não assista somente, faça junto os exercícios, pois quando cantamos, usamos a afinação destemperada, por isso participar de um coral é super importante para desenvolver a sua musicalidade.


http://www.explicasa...s_workshops.php

Abaixo, uma forma inteligente de você estudar com afinador eletrônico, sem viciar o seu ouvido da afinação temperada.


A FORMA MAIS LEGAL DE ESTUDAR COM AFINADOR ELETRÓNICO


Tocar uma nota e depois fazer a quinta dela sem deixar o ponteiro sair do lugar :

por exemplo :

Você toca 02 dedos LA grave e depois toca a quinta acima um MI 5 dedos com a chave de polegar apertada .

Pois bem ao tocar o LA o ponteiro do afinador vai marcar o ponto exato da afinação correto , pois bem quando atinge esse ponto ele mostra a nota sendo tocada (No caso de tocar com um sax alto vai estar soando um DO DO PIANO pois bem quando tocar o MI vai soar o SOL do piano . ou seja TOCA LA - MI e vai soar DO - SOL

PORTANTO DO - SOL é um intervalo de quinta justa ok


O QUE DEVE ESTUDAR É JUSTAMENTE O EQUILÍBRIO NA MUDANÇA DA QUINTA JUSTA

TOQUE O DO ( LA DO SAX ALTO E RE DO SAX TENOR ) E DEPOIS TOQUE O SOL ( MI DO SAX ALTO E LA DO SAX TENOR ) SEMPRE COM INTERVALO ASCENDENTE ou seja DE UMA NOTA GRAVE PARA A NOTA AGUDA OK


O JEITO LEGAL DE ESTUDAR COM O METRONOMO É JUSTAMENTE FAZER A MUDANÇA SEM MUDAR O PONTEIRO DE LUGAR

AO TOCAR (VOU FALAR EM DO E SOL ou seja a afinação real para ficar mais facil entender inclusive para o pessoal da flauta transversal ok

Quando tocamos o DO é gerado um harmônico SOL ( QUINTA DA FUNDAMENTAL ) esse harmônico esta presente no som e o afinador esta captando essa nota também. AO TOCARMOS O DO e deixar o ponteiro bem no MEIO ou seja bem afinado , O GRANDE LANCE é :

MUDAR O NOME DAS NOTAS NO AFINADOR SEM MUDAR O PONTEIRO DE LUGAR

Ou seja toca o DO afina bem e quando fizer a nota SOL uma quinta acima (pode e deve fazer isso em todas as notas do sax ) precisa manter o ponteiro sem sair do lugar SOMENTE MUDANDO O NOME DAS NOTAS que deve estar aparecendo no afinador assim : C para o DO e G para o SOL

existem 03 primeiros extudos básicos com o afinador :

1 FAZER NOTAS LONGAS MANTENDO A NOTA ESTATICA OU SEJA NÃO DEIXAR O PONTEIRO SAIR DO LUGAR

O QUE NINGUÉM ESTUDA É O QUE EU VOU EXPLICAR AGORA OK

DEVE ESTUDAR

MANTER A AFINAÇÃO como TAMBÉM manter a desafinação ok

VOU EXPLICAR O 1 EXERCÍCIO LEMBRANMDO QUE EXISTEM 03 EXERCÍCIOS BASICOS E IMPORTANTÍSSIMOS

1 TOCAR UMA NOTA LONGA DEIXANDO O PONTEIRO NA AFINAÇÃO CORRETA OU SEJA SUPÓNHA QUE O PONTEIRO SEJA DE 1 A 10 E QUE A AFINAÇÃO CORRETA SEJA no 5

POIS BEM , ESTUDE FAZER NOTAS LONGAS COM O PONTEIRO O TEMPO TODO NO 5 ( ISSO É ÓTIMO ) MAS O QUE NINGUÉM ESTUDA E QUE É MUITO IMPORTANTE E FAZ COM QUE REALMENTE TENHA CONTROLE DA EMBOCADURA É ESTUDAR NÃO A AFINAÇÃO E SIM ESTUDAR A DESAFINAÇÃO , CONHECER O PROCESSO DA DESAFINAÇÃO E DOMINAR A DESAFINAÇÃO .

EXPLICANDO :

TOCAR AFINADO É FÁCIL, MANTER A AFINAÇÃO É QUE É DIFÍCIL, POIS NEM SEMPRE A MESMA NOTA ESTA NO MESMO LUGART , POIS O SAX É UM INSTRUMENTO destemperado na embocadura PODEMOS FAZER UMA NOTA FICAR MAIS ALTA OU MAIS BAIXA, VAI DEPENDER DA SITUAÇÃO DA NOTA DENTRO DO CAMPO HARMÔNICO, SE ELE É UMA SENSIVEL, OU A QUINTA , OU A TÔNICA, POIS EXISTE SIM DIFERENÇA EM 02 NOTAS IGUAIS OU SEJA :

UM DO EM DOMAIOR TEM UMA AFINAÇÃO DIFERENTE DO QUE UM DO EM RE BEMOL MAIOR

SENDO QUE EM DO MAIOR ELE TEM FUNÇÃO DE TÔNICA E EM RE bemol maior ele tem função de SENSÍVEL .

Nunca uma mesdma nota é no mesmo lugar em um violino, cello, oboe etc....isso só acontece com o piano e instrumentos de afinação FIXA como o teclado.

(LKEIA SOBRE O CRAVO BEM TEMPERADO DE J.S.BACH e por que ele ganhou esse nome ok )

pois bem UMA VEZ QUE A MESMA NOTA NUNCA É NO MESMO LUGAR

ENTÃO DE NADA VALE ESTUDAR O TEMPO TODO DEIXANDO A NOTA DO BEM CENTRALIZADO NO MEIO DO PONTEIRO .....

POIS VAI EXISTIR MOMENTO EM QUE ESTA NOTA DO vai precisar temperar mais baixa e outras vezes mais alta .
Geralmente no intervalo de quinta ou seja o DO como quinto grau de uma acorde ele vai soar mais baixo do que na situação de sensível (sétima do acorde maior ) sendo que o mesmo dó em situação de Tônica é diferente do DO em situação de QUINTA .

Quem toca CELLO como eu há mais de 30 anos e também OBOE percebemos sem afinador algum essas diferenças e por isso tocamos o sax afinado ou melhor AFINANDO pois é assim que tocamos o sax AFINANDO com o todo E NÃO AFINADO COM O METRONOMO.

Por isso EU EXIJO de meus alunos eles estudarem a DESAFINAÇÃO e não a AFINAÇÃO

Como fazer isso ?

É SIMPLES :

1 toque uma nota longa onde você deixa a nota bem afinada como sempre faz e mantenha o som sem deixar o ponteiro sair da posição 5 (que tomamos como referencia sendo o ponteiro de afinação corretya sendo que acima de 5 fica alto e abaixo de 5 fica baixo e isso em um gráfico de 1 a 10 )

Estude então MANTER O PONTEIRO EM 5 (afinação correta ) enquanto faz a nota longa ,sem deixar o ponteiro sair do lugar .

2 DEPOIS deve estudar fazer a mesma nota agora com a afinação mais alta mantendo a nota com afinação 6 ou 7 o tempo todo ou seja esta treinando a sua embocadura a trabalhar em uma situação onde a nota tem função de SENSÍVEL e precisa ser mais alta. Depois treine a afinação BAIXA onde vai tocar a mesma nota longa e desta vez fazendo a afinação ficar baixa mantendo o ponteiro na afinação 4 ou 3 ou seja afinação baixa, FIXAR O PONTEIRO durante a execução e não deixar que ele suba para 5 pois assim REALMENTE VAI ESTAR ESTUDANDO O CONTROLE DA AFINAÇÃO EM SEU INSTRUMENTO .

NUNCA DEVEMOS ESTUDAR SOMENTE A AFINAÇÃO MANTENDO UMA NOTA LONGA O TEMPO TODA AFINADA (PONTEIRO EM 5 ) POIS COMO JA DISSE A AFINAÇÃO DESTA NOTA VAI DEPENDER DO MOMENTO HARMÔNICO QUE ELA VIVE.....

NUNCA UM LA É NO MESMO LUGAR NUNCA , NUNCA ,NUNCA ....ISSO VAI DEPENDER DA SITUAÇÃO DESTE LA DENTRO DO UNIVERSO SONORO DOS ACORDES , ONDE O GRAU DELE NESTE UNIVERSO HARMÔNICO PODE FAZER E EXIGE QUE ELE SEJA MAIS ALTO OU MAIS BAIXO, portanto.......

SE VOCÊ ESTUDA SOMENTE MANTER A AFINAÇÃO O TEMPO TODOP , COM CERTEZA VAI TOCAR SEMPRE DESAFINANDO , VAI TOCAR AFINADO MAIS DESAFINANDO COM O TODO, DESAFINANDO COM OS ACORDES E POR ISSO NUNCA ENTENDE POR QUE AS VEZES TOCA DESAFINADO UMA NOTA OU OUTRA SENDO QUE FEZ AQUELA EMBOCADURA DE HORAS E HORAS DE NOTAS LONGAS COM O PONTEIRO EM 5 OU SEJA NO CENTRO ( 1....5.....10 ) SENDO QUE O GRANDE LANCE ESTA EM SABER MANTER A AFINAÇÃO ESTATICA E MODULANTE para que consiga tocar AFINANDO e não AFINADO e desafinando rsss


PENSE NO QUE ESCREVÍ OK

Uma vez que estudou as notas longas com ponteiro em 5 vai fazer a mesma coisa ou seja estudar uma nota longa mas desta vez mantendo a afinação BAIXA deixando o ponteiro em 3 (apenas figurativo ok ) e manter a nota longa sem deixar o ponteiro sair do 3 se a sua embocadura durante a execução de nota longa de afinação baixa estiver pouco a pouco subindo ou seja Começou em 3 e durante a notra longa percebe que a sua afinação vai subindo para 5 ENTÃO JÁ ESTA COM A EMBOCADURA VICIADA NA PRESSÃO ,assim com o violinista ou cellista que resolve fazer marcas no braço do instrumento indicando as notas rsss TÁ FÚ....não vai tocar afinado nunca rssss


Precisa então TIRAR A MEMÓRIA DA TENSÃO MUSCULAR DAS NOTAS para deixar a TENSÃO LIVRE onde temperamos a afinação de acordo com a situação .

Dentro das novas aulas da escola online que estou preparando tem muito material a respeito com vídeos e mp3 para que possam ver como fazer e escutar também as diferenças sutis que fazem a grande diferença no final ok

POR QUE DEVEMOS ESTUDAR NOTAS LONGAS DURANTE O ESTUDO DE AFINAÇÃO ?

É muito simples, como eu expliquei no DVD VOL.04 quando estou com o saco plastico na mão cheio de ´pagua e mostro a relação da pressão interna com a pressão externa para manter um fluxo constante , é exatemnete isso que devemos ESTUDAR NA NOTA LONGA

MANTER O FLUXO CONSTANTE sem deixart a pressão do lábio interferir no resultado e muito menos a pressão do DIAFRAGMA e sim SABER CONTROLAR PRESSÃO DE LÁBIO X PRESSÃO DE DIAFRAGMA DURANTE A MUDANÇA DE PRESSÃO INTERNA .

AO TOCAR UMA NOTA LONGA NO AFINADOR SEJA QUAL FOR A POSIÇÃO DE ESTUDO OUS EJA TREINAR MANTER A NOTA COM AFINAÇÃO BAIXA , NORMAL OU ALTA ( ..3...5...7...) O IMPORTANTE É ENTENDER A LEI DA COMPENSAÇÃO DIAFRAGMATICA pois ela é quem manda no saxofone , oboe e outros intrumentos de sopro no quesito AFINAÇÃO

AO manter uma nota longa com afinação 5 com a saida do ar que esta em nossos pulmões a pressão interna vai caindo e para que o fluxo de ar não caia ou seja a pressão interna caia , o DIAFRAGMA ENTRA EM AÇÃO
fazendo com que a NOTA FIQUE ESTABILIZADA mantendo o fluxo contínuo (pressão constante ) da saida de ar mantendo o ponteiro ESTATICO EM 5 se for esse o objetivo ok

AGORA SE O OBJETIVO VAI SER FAZER UMA NOTA LONGA USANDO A MESMA NOTA E DESTA VEZ MANTENDO A AFINAÇÃO BAIXA POR EXEMPLO O PONTEIRO EM 3

VOCÊ DEVE TOCAR MANTENDO O PONTEIRO (PRESSÃO DE LÁBIO X PRESSÃO DE DIAFRAGMA ) EM UMA SITUAÇÃO DE FLUXO CONTÍNUO ONDE O PONTEIRO NÃO SAIA DO 3 .

O QUE ACONTECE MUITAS VEZES É DEPOIS DE UNS 7 ..9 SEGUNDOS A PRESSÃO INTERNA CAIR E O SAXOFONISTA TENSIONAR A EMBOCADURA E A AFINMAÇÃO SUBIR ....

NÃO PODE DEIXAR O PONTEIRO SAIR DO 3 E MANTER A AFINAÇÃO NA LINHA -------------------------------3-------------------------------


SE VOCE DURANTRE A NOTA LONGA PERCEBE QUE SUA NOTA QUE TINHA AFINAÇÃO 3 ESTA SUBINDO PARA 5 OU ATÉ MESMO 7

ENTÃO JÁ SABE POR QUE TEMOPS QUE ESTUDAR PRIMEIRO MANTER OK

E NÃO FAZER UMA NOTA LONGA SOAR ASSIM:

3--------------4-----------5----------3------4-----5---6-----7---------------



E SIM


3------------------3-------------3-----------3-------------3----------3-------




O SEGUNDO PASSO VAI SER ESTUDAR NOTASD LONGAS COM CAMBIO DE AFINAÇÃO DURANTE A NOTA LONGA OU SEJA COMEÇA UMA NOTA LONGA EM 5 POR EXEMPLO E DEPOIS DE 8 SEGUNDOS FAÇA A NOTA SUBIR A AFINAÇÃO PARA 7


5---------5----------5----------5-----------5--------7---------7-------7-------7----7



OU SEJA TREINAMOS A CURVA DE COMPENSAÇÃO PARA ELEVAR A AFINAÇÃO

O MESMO DEVE SER FEITO PARA A CURVA DE COMPENSAÇÃO PARA BAIXAR A AFINAÇÃO


5----------5-------------5-----------5-----------3---------3---------3---------3-----3

OU SEJA :


N~ÇAO EXISTE O LUGAR FIXO DE UMA NOTA E SIM O LUGAR DESTA NOTA DENTRO DO UNIVERSO HARMÔNICO e a afinação desta nota se vai ser alta ou baixa vai depender de sua situação no universo do campo harmônico
Pois a NOTA LA em LA MAIOR vai ter uma afinação 5 mas a mesma nota em Si BEMOL MAIOR vai ter uma afinação 7........ou seja tudo é RELATIVO e não EXATO .

Por isso quem só estuda notas longas no afinador mantendo o ponteiro no lugar correto com toda certeza vai tocar sensíveis e quintas em seu instrumentos desafinado.....não vai tocar afinando .

Como disse estou preparando as novas aulas da escola online do explicasax e estive gravando ontem sobre este assunto com gráficos ,vídeos e como estudar notas longas inclusive preparando o ambiente harmônico para cada situação, assim poderão usar o afinador e principalmente treinar o ouvido para perceber essas diferenças ok

TOCAR AFINADONO MUNDO DO SAX NÃO EXISTE , O LANCE É TOCAR AFINANDO NO MUNDO HARMÔNICO, TOCAR SENTINDO O QUE PEDE A HARMONIA EM RELAÇÃO A SUA NOTA.....SE ELA VAI SER ALTA OU BAIXA SEU OUVIDO VAI DIZER E SUA EMBOCADURA VAI FAZER .

SE VOCÊ NÃO ESCUTA E AINDA POR CIMA TREINA MANTER A AFINAÇÃO O TEMPO TODA ESTATICA

5-----5555-5-5-5-5-5-5-5-5-5-5-5-5-5-5-5-5-5-55-5-5-5-5--55--55-5-5-5-


VAI SER IMPÓSSIVEL TOCAR EM UNÍSSONO COM VOCÊ A MENOS QUE FAÇAMOS UMA NOTA LONGA E ESTA NOTA LONGA NÃO SEJA UMA QUINTA OU SENSÍVEL DO ACORDE RSSSS

OS ACORDES DIMINUTOS TAMBÉM EXIGEM AFINAÇÃO MODIFICADA .

ISSO TUDO ACONTECE POR QUE PRECISAMOS FORMAR HARMÔNICOS PARES OK

PESQUISE SOBRE :

-O CRAVO BEM TEMPERADO DE J.S.BACH
- HARMÔNICOS PARES E HARMÔNICOS IMPARES
- RELAÇÃO DE COMAS EXISTENTE EM TRE UM INTERVALO DE QUINTA JUSTA E UM INTERVALO DE QUINTA INJUSTA rssss

Abs e bons estudos

Prof.Ivan Meyer

#2 wrisan

wrisan

    Membro Efetivo do Explicasax

  • Membros
  • PipPipPipPipPip
  • 1.443 posts
  • Gender:Male
  • Location:Curitiba, PR

Posted 10 julho 2009 - 11:20

Prof. Ivan,

Que aula!

Eu percebia estas variações de afinação numa mesma nota dependendo do tom, mas nunca tinha visto pelo lado da função dela dentro do campo harmônico.

Já aconteceu com nossa orquestra de irmos a outra igreja para apresentação. Cada um levou seu instrumento, menos o pianista (claro!), que tocou com o piano que tinha nesta outra igreja. Acontece que o piano de lá estava com a afinação baixa. Aí não adianta estarmos em 440Hz cravado nos instrumentos, tivemos que "obedecer" o piano. Isto é o correto?
Sax Alto Yanagisawa A901
Boquilhas Selmer Soloist F, Rico Royal Metalite M7
Boquilhas disponíveis para venda: Rico A5, Rico B5

#3 Prof.Ivan Meyer

Prof.Ivan Meyer

    Fundador do Explicasax

  • Administradores
  • 13.559 posts
  • Gender:Male
  • Location:Pouso Alegre - Sul de Minas Gereais
  • Interests:Música e natureza

Posted 10 julho 2009 - 11:27

Sim, isso é correto!
Neste caso, o músico tocou afinando, isso é necessário principalmente quando tocamos ao ar livre em um dia frio, onde o ar quente dos nossos pulmões ao passar pelo instrumento gera uma afinação, uns minutos sem tocar, o ar frio muda a temperatura do instrumento e a afinação cai, por isso os flautistas sempre dão uma soprada com ar quente dentro do instrumento para estabelecer uma temperatura e uma afinação relativa a esta temperatura.
Faça você mesmo um teste, toque um pouco e depois coloque seu sax dentro da geladeira ou dentro de um freezer por 5 minutos e quando tocar vai sentir a afinação super baixa, o mesmo acontece quando tocamos em um lugar com muito calor, por isso, quando gravamos em estudio, pedimos para desligar o ar condicionado ou mudar a temperatura para temperatura ambiente para manter a afinação mais estável.

Obs: Brincadeirinha o lance de colocar o sax dentro da geladeira, tudo bem que ele é destemperado, rsrsrsrsrsrsrs

Abraço
Ivan Meyer


#4 GIL

GIL

    PROFESSOR

  • Membros
  • PipPipPipPipPip
  • 1.953 posts
  • Gender:Male
  • Location:Santa Catarina, Brasil
  • Interests:Musica ambiente, Estudios DAW.
    Otimizações de placas de captura e microfones.
    Gêneros: Jazz, Smooth Jazz.

Posted 29 julho 2010 - 02:08

Quando eu tocava clarinete eu tocava afinando e pelo sentimento (ou ouvido) eu corrigia algumas notas que nas Weril não eram nada mais nada menos que 50 cents fora do "Pitch".

Depois quando eu migrei para o sax alto eu "bitolei" no afinador. Muito provavelmente por ter parado de me dedicar com afinco aos instrumentos (já havia dado baixa do Exército) e por outro lado usava saxofones muito aquém dos atuais.

Depois de aprender (empiricamente) alguns detalhes da construção de saxofones constatei o porque dos saxofones Yamahas serem os mais afinados e os porque dos saxofones não centrados serem muito mais legais de tocar.

Tive um Buffet Grampon não centrado que até hoje não foi superado na qualidade de timbre e possibilidades de interpretação, justamente pela facilidade que se pode ajustar os "temperos" das escalas. Ja meu Lasax (Alto) era tão centrado quanto um Yamaha. Eu digo era, porque o tudel não é mais original...

Meu Professor de Música tocava em instrumentos antigos e afinava no OUVIDO, até as clarinetes de 13 chaves... era uma passada de escalas e pronto, corrigia tudo no "BICO" conforme ele ensinava (embocadura).

tongue.gif tongue.gif tongue.gif tongue.gif

Setup:
Sax Tenor LA, Mouth Vandoren T45.
Sax Alto LA, Mouth Selmer C*.
Sax Soprano Condor 356 Professional Séries, Mouth Yamaha C5.
Clarinete Yamaha 451 Japan Séries, Mouth B45.


#5 Lapeia

Lapeia

    Usuário Muito Participativo

  • Membros
  • PipPipPip
  • 389 posts
  • Gender:Male
  • Location:Taubaté/SP
  • Interests:SAXOFONE E SAXOFONES!

Posted 08 dezembro 2010 - 12:03

IVAN VC VAI EMBORA PROS ESTADOS UNIDOS?
Acima de tudo,louvai ao SENHOR!!
Sax tenor Weril Spectra II
Boquilha Bari WTII #7 USA

#6 JANSENSAX

JANSENSAX

    Membro Efetivo do Explicasax

  • Membros
  • PipPipPipPipPip
  • 1.454 posts
  • Gender:Male
  • Location:brasilia

Posted 08 dezembro 2010 - 10:45

MESTRE ME SURGIU UMA DÚVIDA AGORA, Ex: nos saxofonistas, ao tocarmos varias escalas em variedade de tons meiores e menores, cada nota tera sua particularidade certo?
assim quando uma determidada noto esta como tonica tem uma altira ou quando a mesma nota esta como seníivel terá outra altura ceto?

pois bem minha dúvida é a seguinte:

se o piano executar essas escalas em varias tonalidades menores e maiores essas escalas soarão desafinadas por causa de cada momento harmônico?

Ex:

como o senhor mesmo sitou.....

Um violinista, consegue fazer a nota Si, ficar mais alta na afinação quando ela tem a função de sensivel, dentro da harmonia, por exemplo, a nota Si dentro da escala de Dó maior.
Quando o memso violinista toca a escala de Mi maior, que também tem presente a nota Si natural, esta nota tem afinação mais baixa, do que a nota Si na tonalidade de Dó maior.


se isso for feito pelo piano a altura do si não mudará e assim como vai ficar o momento harmônico da melodia? soará desafinado? ou simplesmente isso é questão de expressão, ao toocar com instrumento destemperado soa de forma mais "comovente" e um instrumento temperado soa de forma mais "mecânica" seria isso?

SAX ALTO AMATI KRASLICE AAS 22
SAX ALTO SELMER REFERENCE 54
Boquilha: Vandoren Jumbo java a45
Boquilha: Selmer Jazz 7 METAL sax Alto
Boquilha: Gerenica Jazz 7 METAL sax Alto
VIOLÃO MENPHIS AC39NA
GUITARRA CONDOR ROCK
Equipamento de audio

Mesa de efeitos: Behringer1002fx
Microfone: microfone JTS cx 508

#7 Brian dos Reis

Brian dos Reis

    Usuário Destaque

  • Membros
  • PipPipPipPip
  • 678 posts
  • Gender:Male

Posted 24 fevereiro 2017 - 10:55

Realmente isso é importantíssimo. Alguns músicos querem tocar tão afinado, se acham tão perfeitíssimos em afinação, que esquecem de afinar com o grupo, e afinam só com o afinador. Esses "músicos excelentíssimos e perfeitíssimos" geralmente adoram humilhar os outros.

 

Veja esse vídeo muito interessante que encontrei, chama-se: Não perca um amigo por causa da afinação.

 

 

Eu acho que na parte da afinação, o melhor amigo do músico é o ouvido, saber ouvir seus amigos. Ainda que para isso você tenha que tocar um pouco fora da afinação, mas toque ouvindo seus amigos e colaborando com o grupo. Ou você prefere seu um "super afinadíssimo" que não tem amigos e só toca sozinho? Pense nisso...






1 user(s) are reading this topic

0 members, 1 guests, 0 anonymous users