Jump to content


Photo

Flauta COntralto


10 replies to this topic

#1 Gerson

Gerson

    Usuário Muito Participativo

  • Membros
  • PipPipPip
  • 375 posts
  • Gender:Male
  • Location:São Paulo -SP - PIRITUBA
  • Interests:Música e Família

Posted 16 setembro 2005 - 03:57

Caros

Porque que nas flautas doces, não acontece que nem no saxofone.

Eu tocava em uma BIG BAND (Sax Alto) a minha partitura era em um tom diferente dos outros instrumentos em "SIb" e em "Dó".

Agora na flauta doce é ao contrátio, ao inves de mudar o tom da partitura eu tenho que mudar a digitação !!!!!

Estou pendando em comprar uma flauta contralto que é em "Fá", só que na hora de tocar junto com a soprano em "Dó", eu vou transpor a partitura.

Se a partitura estiver em "Dó" PARA A FLAUTA SOPRANO, A da Contralto tem que está em "Sol". Correto???

Grato.
Gerson
Sax Alto Jupiter 767
BOQUILHA Jumbo Java A35 (Fuks)
PALHETA Fibracel 1.1/2

#2 Prof.Gabriel

Prof.Gabriel

    Membro Efetivo do Explicasax

  • Membros
  • PipPipPipPipPip
  • 1.859 posts
  • Gender:Male
  • Location:Salvador - BA
  • Interests:Flautas, Clarinete, Trompete, Sax, Piano, Violão, Violino

Posted 16 setembro 2005 - 05:45

Heheheheh !!!!

Veja como são as coisas...

Já eu, quando comecei a frequentar o fórum aqui fiquei me perguntando: Por que não, simplesmente, no sax, termos as notas reais ao invés de transpor na partitura ??? Seria apenas uma questão de treinamento...

O objetivo é facilitar a leitura na partitura, para não ter que transpor de cabeça;

O porque que na flauta doce não acontece que nem nos saxofones sinceramente eu ainda não sei ao certo. O porque que nos saxofones não acontece que nem nas flautas ainda também não sei ao certo não me convencí ainda.

Mas a conclusão que cheguei é: Tudo é uma questão do referencial.

A flauta doce contralto, sopranino e baixo são afinadas em F.
ao fecharmos todos os furos temos a nota F. Mas podemos pensar que seja um C, sendo que o som real é um F, assim como acontece no axofone. Todavia as partituras para flauta doce não são escritas transpostas. Elas contemplam a nota correta.

Flautas contralto são afinadas em F.
Flautas, Piano, Violão, Sax, Clarinete
Futuramente: Trompete, Violino, Bateria


#3 claudionor

claudionor

    Usuário

  • Membros
  • Pip
  • 12 posts
  • Location:Campinas

Posted 11 setembro 2006 - 11:24

Olá pessoal.

Sou inciante em flauta doce, possuo a soprano modelo YRS-20G e a contralto YRA-27II, ambas da YAMAHA.
A flauta soprano até que eu consigo arranhar alguma música, mas com a CONTRALTO tá me deixando confuso. Pelo que entendi , é devido a partitura estar na escala C, assim não tenho problemas com a SOPRANO, que é afinada em C.
Mas como tocar a CONTRALTO utilizando a partitura para SOPRANO?
Isso ainda não consegui entender.
Por exemplo, como tocar na CONTRALTO a nota D (1a oitava) da SOPRANO , já que a CONTRALTO começa em F ?
Poderiam me enviar algum site com partituras para FLauta Doce CONTRALTO?

Obrigado,
Claudionor

#4 Prof.Hmarttiny

Prof.Hmarttiny

    Usuário Muito Participativo

  • Membros
  • PipPipPip
  • 324 posts

Posted 12 setembro 2006 - 08:24

Oi, claudionor
Sua confusão está na digitação das notas.
Basicamente as digitações se equivalem assim:

digitação da Flauta Soprano - Digitação da flauta contralto

DÓ - FÁ
RÉ - SOL
MI - LA
FÁ - SIb
SOL - DÓ
LÁ - RE
SI - MI

Caso tenha dúvidas ainda, diga que eu te mando uma tebela de digitação da flauta soprano e uma da contralto. vc vai entender.

grande abraço.
HMarttiny

Flauta Doce (Sopranino/Soprano/Contralto/Tenor)
Flauta Pífaro
Flauta Transversa
Instrumentos étnicos (didgeridoo/quena/shakuhachi)
Violino
Violão
Bandolim
Cavaquinho
Metalofone
Escaleta
Clarinete
Cursando bacharelado em Música Sacra -STBNiterói

#5 claudionor

claudionor

    Usuário

  • Membros
  • Pip
  • 12 posts
  • Location:Campinas

Posted 12 setembro 2006 - 09:00

Olá Hmarttiny.

Obrigado por se dispor em enviar as digitações, eu já as tenho , eu peguei aqui do nosso fórum. Valeu mesmo !!
Vamos ver se agora estou corrreto.
Uma digitação corresponde a notas diferentes , por exemplo a digitação do C , na SOPRANO, corresponde a de F, na CONTRALTO, certo ?
Então , se eu tenho uma partitura qualquer , para eu conseguir tocar na CONTRALTO basta fazer a digitação correspondente à nota da partitura ? ou seja, se a partitura tem a nota D (1a oitava) , na verdade estarei tocando a nota SOL na CONTRALTO ?

Logo , estarei estudo o método que vc postou aqi no FORUM !! ohmy.gif

#6 Prof.Hmarttiny

Prof.Hmarttiny

    Usuário Muito Participativo

  • Membros
  • PipPipPip
  • 324 posts

Posted 12 setembro 2006 - 05:14

Vamos considerar a nota Dó. Na flauta soprano, vc fecha todos os furos.
Se vc quiser tocar este mesmo Dó na flauta contralto, vc fecharia só os furos correspondentes à mão esquerda.
Nãoi se esqueça que a flauta doce lê as notas que realemnte estão escritas, não como o sax, que lê uma nota e a que toca é outra.

No caso que vc citou abaixo, um Ré da primeira oitava (na flauta soprano, somente o furo correspondente ao dedo mínimo da mão direita aberto), vc tocaria o Ré da flauta contralto, que seriam somente os furos de trás e os correspondentes aos dedos indicadores e médios da mão esquerda fechados.

Espero que tenha conseguido te explicar, se ainda tiver dúvidas, diga que tento te mostrar de uma outra forma.

Grande abraço.
HMarttiny

Flauta Doce (Sopranino/Soprano/Contralto/Tenor)
Flauta Pífaro
Flauta Transversa
Instrumentos étnicos (didgeridoo/quena/shakuhachi)
Violino
Violão
Bandolim
Cavaquinho
Metalofone
Escaleta
Clarinete
Cursando bacharelado em Música Sacra -STBNiterói

#7 claudionor

claudionor

    Usuário

  • Membros
  • Pip
  • 12 posts
  • Location:Campinas

Posted 13 setembro 2006 - 09:32

Tudo começa a se esclarecer . ohmy.gif

Antes quero te agradecer pelas respostas , valeu mesmo !

O que eu entendi é que tenho que ler a partitura e tocar a nota representada , a nota real , certo?
Então as digitações para as flautas soprano e contralto são diferentes, quando tocamos a mesma nota representada na partitura. smile.gif xeque-mate rsrs

Com a flauta CONTRALTO eu consigo tocar o Fá representado abaixo da linha inferior do pentagrama, e com a SOPRANO jamais tocarei essa nota.
Por outro lado, na CONTRALTO consigo tocar o G (2a oitava) representada acima da linha superior do pentagrama e na SOPRANO é tocado até a nota D .
É isso mesmo ?
É possível tocar na CONTRALTO notas acima de G (2 oitava) , é que na tabela de digitação que possuo vai até o G ?

Mas uma vez obrigado pelas explicações, estão sendo de grande valia.

Até + !!

#8 Prof.Gabriel

Prof.Gabriel

    Membro Efetivo do Explicasax

  • Membros
  • PipPipPipPipPip
  • 1.859 posts
  • Gender:Male
  • Location:Salvador - BA
  • Interests:Flautas, Clarinete, Trompete, Sax, Piano, Violão, Violino

Posted 13 setembro 2006 - 04:07

(claudionor)
Tudo começa a se esclarecer . ohmy.gif

Antes quero te agradecer pelas respostas , valeu mesmo !


Olá Claudionor !

Os amigos aqui do Fórum são atenciosos !

(claudionor)
O que eu entendi é que tenho que ler a partitura e tocar a nota representada , a nota real , certo?
Então as digitações para as flautas soprano e contralto são diferentes, quando tocamos a mesma nota representada na partitura. smile.gif xeque-mate rsrs


Sim ! Nas flautas doce lemos e tocamos sem transpor nada. Tentando explicar de outra maneira, na flauta doce contralto, para você tocar a escala de C (Dó) você usa os mesmos posicionamentos, o mesmo dedilhado da escala de G (sol) na soprano. Mas a escala tocada é a de Dó na contralto.
Sua conclusão está correta: as digitações são diferentes paras as mesmas notas e escalas.

(claudionor)
Com a flauta CONTRALTO eu consigo tocar o Fá representado abaixo da linha inferior do pentagrama, e com a SOPRANO jamais tocarei essa nota.


Correto. Jamais tocarará com a soprano as notas graves que a contralto toca. Do Bb descendo até o F (e E(mí) tapando parcialmente a saída de ar do pé).´
Um detalhe: geralmente as partituras para contralto tem como o fá mais grave (todos os furos tapados) escrita no primeiro espaço, conforme a tabela. Na minha opinião seria interessante que na partura para contralto, o Fá grave fosse escrito na terceira linha suplementar inferior. É a minha opinião.

(claudionor)
Por outro lado, na CONTRALTO consigo tocar o G (2a oitava) representada acima da linha superior do pentagrama e na SOPRANO é tocado até a nota D .
É isso mesmo ?


Sim ! É isso mesmo ! E usando-se dedilhados alternativos, é possível alcançar notas da 3ª oitava, qua na sopano seria até o Lá, e na contralto até o Dó ou Ré ( considerando-se a oitava iniciada no Fá, na Contralto)!

(claudionor)
É possível tocar na CONTRALTO notas acima de G (2 oitava) , é que na tabela de digitação que possuo vai até o G ?


Acesse http://www.wfg.woodwind.org/recorder/ e www.aflauta.com.br e você achará a tabela de dedilhados alternativos para a flauta doce. Ambos os sites são bons !


(claudionor)
Mas uma vez obrigado pelas explicações, estão sendo de grande valia.

Até + !!


No que puder, estamos aí !
Flautas, Piano, Violão, Sax, Clarinete
Futuramente: Trompete, Violino, Bateria


#9 claudionor

claudionor

    Usuário

  • Membros
  • Pip
  • 12 posts
  • Location:Campinas

Posted 13 setembro 2006 - 09:01

Olá Profs. Gabriel e Hmarttiny.

A explicação foi muito boa, não tenho mais dúvida quanto a esse assunto. smile.gif

Mas podem ir se preparando que logo chegarão mais dúvidas. ohmy.gif

Valeu profs !!

obs.: Prof. aproveito p/ agradecer a resposta do outro tópico .oK?!

#10 EduBocchese

EduBocchese

    Usuário

  • Membros
  • Pip
  • 28 posts
  • Gender:Male
  • Location:Esteio - RS
  • Interests:Flauta Doce, gravação,

Posted 01 outubro 2006 - 01:39

Quando comprei minha primeira contralto, uma JOG de madeira, em 1979 (eiiiiita...) minha primeira duvida foi essa, pois desde 75 (eeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiita) eu tinha uma soprano Hering (copia da Honner) e achei estranho ter de "trocar os dedos".

Depois de anos achando estranho e trocando de instrumentos( sou músico militar, oscilo entre o clarinete Bb e Eb) um amigo professor da UFG me emprestou um livro de história da musica que citava COMPOSITORES que escreviam pra toda a orquestra em UM TOM SÓ, nas partes, os músicos que se adaptavam conforme seus instrumentos. Pode ser que seja mais uma teoria, mas a mesma é interessante. Vou ver se acho a fonte certo, ok?
.
Edu Bocchese

Sax Tenor Shelter
Sopranino, Soprano, Contralto e Tenor AM²
Sopranino, Soprano, Contralto e Tenor Yamaha Série 300
Finale 2010

#11 Brian dos Reis

Brian dos Reis

    Usuário Destaque

  • Membros
  • PipPipPipPip
  • 678 posts
  • Gender:Male

Posted 28 março 2017 - 11:43

Bom, eu não sei explicar exatamente porque isso acontece, mas acho legal ser assim, isso força a cabeça do músico a trabalhar com digitações diferente, e também é bom que ele já trabalha com o som real do instrumento. Acho que se o sax fosse desse jeito seria um pouco complicado, mas para as flautas que tem a tônica da afinação como nota mais grave, fica ótimo esse sistema.





Reply to this topic



  


1 user(s) are reading this topic

0 members, 1 guests, 0 anonymous users