Jump to content


Photo

NEM COM IMPOSTAÇÃO DE HIPOPÓTAMO SEUS GRAVES SAEM ?


  • Please log in to reply
47 replies to this topic

#1 Prof.Ivan Meyer

Prof.Ivan Meyer

    Fundador do Explicasax

  • Administradores
  • 13.559 posts
  • Gender:Male
  • Location:Pouso Alegre - Sul de Minas Gereais
  • Interests:Música e natureza

Posted 24 junho 2009 - 11:57

GERALMENTE O PROBLEMA ESTA NO PARAFUZINHO DA REBIMBOCA DO SOL# NÃO APAVORE QUE EU EXPLICO smile.gif POR QUE ALGUNS SAXOFONES NÃO SAEM O GRAVÃO NEM COM IMPOSTAÇÃO DE HIPOPÓTAMO OK


Verifique o bendito parafusinho do Sol#, pois 99% de chance do parafisinho do Sol# estar com folga sendo assim não sai as notas graves Si, Dó# e Sib graves, pois é uma chave que trabalha conjugada, com as chaves dos graves, ou seja, quando você toca Sib grave ou Si natural, a chave de Sol# vai abrir, o que vai impedir que ela abra, é justamente um parafusinho que tem emcima da bandeija da sapatilha de Sol#, sendo um bracinho que sai do Fá e mantém a chave do Sol# fechada enquanto você toca o Sib grave, basta fazer um teste rápido, pedidno para alguém pressionar a sapatilha de Sol# fechada com um dedo, enquanto você toca o Si e o Sib grave e quando a nota estiver saindo, basta retirar o dedo da sapatilha de Sol#, pois se estiver com folga, vai dar vazamento e a sonoridade pode parar, então enquanto mantém o grave, basta fazer toques como o código Morse, tipo batucando sobre a sapatilha de Sol# que vai ser audivel a diferença do som com vazamento e sem vazamento.
Verifique tembém a regulagem do tudel.

Na nota La o registro abre, na nota Sol o registro fecha, a pressão da chave Sol é cúmplice da pressão da mola do tudel, para deixar a mola do tudel mais forte, eu precisaria aumentar a pressão da chave de sol, pois é a pressão da chave sol, que fecha o tudel, aumentando a pressão da mola do tudel, eu teria obrigatoriamente que aumentar a pressão da mola da chave Sol, pois é justamente a pressão da chave Sol, que fecha o tudel (faça o teste). Para você ver que não existe problema na mola do tudel, basta você pegar um durex, passar no tudel forçando o fechamento da sapatilha, para que possa fazer o teste, pois ao tocar na região grave do Sol do primeiro espaço suplementar superior até o Si Bemol grave a chave de tudel está fechada, então para garantir e para que você possa fazer um teste, basta fechar a sapatilha do tudel passando um durex ou amarrando um barbante forçando o fechamento, desta forma não vai existir vazamento, correto? Então se as notas graves falharem, você saberá que não é a chave do tudel, outro teste fácil de fazer é pedir para alguém, apertar a chave de tudel, ou seja, sapatilha fechada, segurando com a mão e quando você tocar o grave, basta tirar a mão do tudel, se falhar ou para ter certeza se existe vazamento na chave do tudel, basta tocar com o dedo, fazendo um rítmo tipo batucando em uma caixa de fósforo o samba de uma nota só tatata...tata...tata...ta fazendo isso com o dedo batucando na chave do tudel, ao tocar a chave e você sentir que o som muda então existe vazamento outra forma é pegar um papel de seda, ou seja, o papel mais fino que você possa conseguir e colocar entre a sapatilha e o orifício do tudel, então você toca Lá agudo, somente fazendo a posição sem soprar no sax, olhando para a chave do tudel, você faz a posição de Sol, deixando o papel entre a sapatilha e o orifício do tudel, então a chave de tudel vai fechar e você puxa a folha de seda, se você sentir que a folha está livre, então existe folga na sapatilha, mas se você sentir que algo está segurando a folha de seda, então não existe vazamento.
Todos esses testes foram feitos no seu saxofone, por favor, mostre este email ao seu professor, para que ele possa fazer estes testes juntamente com você.
Quanto a sapatilha estar torta, é uma sapatilha muito pequena e não tem infuência ela estar tipo um bolo e uma forma meio tortinha, pois o importante é que ela feche aquele buraquinho minúsculo no tudel, que tem e expessura de um grafite de lápis, sendo a área da sapatilha muito maior, diferentemente dos orifícios do corpo do saxofone.
Resumindo, para aumentar a pressão da chave do tudel, será preciso faezr o teste de pressão da chave Sol, pois é a mola da chave Sol que vai fechar a sapatilha do tudel, na passagem Lá-Sol Aguda (Lá, tudel aberto-Sol, tudel fechado). Se aumentarmos a pressão da chave do tudel, é preciso conferir se a pressão da chave Sol vai ser o suficiente para fechar a sapatilha do tudel, pois eu regulei, levando em conta a pressão que eu deixei nas chaves da mão esquerda e direita.
Basta então fazer o teste do durex ou barbante, prendendo a sapatilha do tudel enquanto toca na região grave, ou seja, assegurar que o orificio minúsculo do tudel vai estar fechado, você pode inclusive, passar um durex entre o orifício e a sapatilha, ou seja, vedando o orificio do tudel, então tocar os graves e se eles não saírem, então é falta de impostação para os graves, ou seja, pensar que em vez de um ovo de pato dentro da boca, precisa deixar espeçao para um ovo de avestruz, ou seja, em vez da vogal "i" pense na vogal "o" , mas aumente o espaço interno da sua boa, como se você fosse colocar um ovo de avestruz e não de galinha ganinzé, conhece?!rsrsrsrs
Importante lembrar que as notas no sax Tenor ou Sax Alto abaixo do Ré, ou seja, Dó Si e Si Bemol, devemos faezr uma impostação forçada, pense encostar o nariz na boquilha e o queixo na garganta, como fazem os cisnes, como se você quisesse olhar para o seu umbigo.

Mande um abraço para o seu professor e muito boa a observação dele, referente a chave de tudel, se ela estiver como enviei, então está correto, mas vamos supor que tenha acontecido alguma coisa, tipo na hora que vai encaixar o tudel, no corpo do sax e o pino de oitava enrosca na argola do tudel, mudando o espaço que existe, entre pino de oitava e laço do tudel, por favor, peça para seu professor verificaro espaço entre pino de oitava (aquele que empurra a chave do tudel), pois na posição de Sol Agudo com o polegar apertado (03 dedos) precisa existir uma pequena folga entre o pino de oitava e o laço de tudel, folga essa que vai garantir o fechamento da sapatilha do tudel, caso não exista folga, entre o pino e o laço, vai ser preciso apertar a chave do tudel, fechando a sapatilha e puxar o laço para aumentar o espaço entre pino de oitava e laço de tudel, seu professor vai saber o que eu estou falando, pede para ele conferir isso, pois é normal, os alunos iniciantes, enfiarem o tudel no corpo do sax, como ele virado de lado, depois colocarem a posição do tudel corretamente e nesse movimento, tipo de três horas da tarde para seis horas, o laço do tudel se posiciona entre o pino de oitava e o gargalo do sax e ao colocar na posição correta de tudel o laço é forçado para dentro, diminuindo o espaço entre pino de oitava e laço de tudel é preciso verificar se isso aconteceu, pois caso o laço esteja justo ao tocar as notas graves abaixo do Lá da primeira linha suplementar superior, onde a posição da cgave de tudel está fechada, a mesma não fecha, um teste fácil é tocar o Ré da quarta linha do pentagrama (06 dedos+chave de polegar apertado) e enquanto está fazendo uma nota longa com o Ré, pede pra alguém pressionar a sapatilha do tudel, tipo batucar um sambinha, se o som mudar, então existe vazamento no orificio do tudel, devido estar muito justo o espaço entre pino de oitava e laço de tudel, pois como expliquei é preciso deixar a folga na expessura de um grafite de lápis, isso vai garantir o fechamento da sapatilha do tudel.
Por favor, imprima este email e mostre ao seu professor e faça os testes juntamente com ele e siga as orientações do se professor.
Qualquer dúvida, estou a disposição!



DEIXA EU DAR UMA DICA PRA VOCÊS SOBRE OS GRAVES OK



1 Toque pensando em encostar o nariz no tudel e o queixo na garganta ou seja fazendo o movimento para dentro (queixo pra dentro )ao fazer isso imagine uma batata quente na boca comos e estivesse falando OHHHH

Perceba a diferença entre a a vogal ô e a voga "i" Para notas graves é precisi fazer a IMPOSTAÇÃO que é exatamente a vogal "Ô" Ao fazer isso ira aumentar a camara interna da sua boca e com isso conseguir uma ressonancia maior para os graves.
Nãos e toca graves coma vogal "i" com o queixo pra frente ok

Notas graves no instrumentos como o sax exige uma caixa de ressonancia e ao fazer o espaço da sua bopca aumentar (camara interna em OHH) vai facilitar os graves .
Para isso pense em aumentar mais o apoio dos dentes superiores na boquilha ok

Um exercício muito legal é tocar o SI agudo (Um dedo apertado mais a chave de polegar ?) e depois sem soltar o polegar fazer a impostação e fazer este SI AGUDO virar um SI GRAVE usando uma "impostação forçada "
É legal fazer isso com as notas :si,la,sol,fa,mi,re onde tocará as notas com a chave de polegar apertada e somente com a "impostação" fará com que a nota saia grave mesmo tendo a chave de polegar apertada ok

Quando conseguir entender essa impostação conseguirá tocar as notas greves do instrumento mesmo que esteja o polegar acionado, pois bem quando conseguir fazer isso com o polegar acionado ,fazendo esta "impostação forçada".

Então quando for tocar normalmente um grave sem acionar a chave de polegar que é o correto, vai ver como a sua nota vai sair mais "cheia,impostada "
Fazer graves é como um cantor de opera ,repare como eles fazem uma nota grave e uma nota aguda ou mesmoem um galo cantando ou lobo uivando e entenderá que para os agudos apontamos o nariz para o ceu e pára os graves apontamos para a terra rsss

Agora se o parafuzinho do sol# estiver desregulado, um abração pois as notas si e sib não irão sair nem com impostação de hipopótamo rsss

VEJA COMO É QUE SE FAZ PARA CHEGAR AO TOPO !

Bom a série harmônica do sax começando pelo sib grave é?

Fundamental SIb Gravão - sib - fa- sib (T-8*-5-8**) depois vai ser um arpejo tendo o segundo Sib da terceira oitava (8**) como a tonica de um arpejo de dominante que é o som do OH PÁTRIA AMADA ou seja a melodia que cantamos no hino nacional nesta hora : OH PATRIA AMADA , IDOULATRADA SALVE ,SALVE.

POIS BEM ESTE É UM ARPEJO DOMINANTE

SUA MISSÃO É :

1 tocar a série harmônica com o sax mantendo o SIB GRAVE o tempo todo e ir mudando na boca com a camara interna da boca e a pressão do ar, altura da língua etc...

faça primeiro SIB.sib fa,sib ou seja Tonica, I oitava ,quinta desta oitava e II OITAVA que vai soar o sib da terceira oitava ou sib da I linha superior do pentagrama ok


Depois vai tentar começar por este sib da terceira oitava ,mas sempre fazendo a posição de sib gravão e pode colocar o polegar de oitava ok

Então parte para o OH PÁTRIA AMADA onde o OH é o sib da terceira oitava sendo tocado com o sib da POSIÇÃO DE DO GRAVE .

O PÁ vai ser a terça de sib ou seja um RE e o TRIA vai ser a quinta deste arpejo e então vem a SÉTIMA DE DOMINANTE que é o LAb onde cantamos AMADA em nosso hino.

Pronto fazendo isso vai conseguir controlar sua embocadura em qualquer região pois estará treinando a posição dos harmônicos e isso irá facilitar a sua afinação e também o controle das notas na terceira e quarta oitavas do sax.

Isso tem muito bem explicado na video aula vol.01 do explicasax EMBOCADURA,AFINAÇÃO E HARMÔNICOS quem não viu deveria ver pois ajuda muito a entender sobre a a Escola Americana ok

VELA ESTES 02 VÍDEOS POIS SÃO IMPORTANTES PARA O SAX E SAXOFONISTA OK

ESTUDO DA EMBOCADURA USANDO SOMENTE A BOQUILHA DO SAX ( CONSEGUIU ISSO TOCA QUALQUER REGIÃO DO SAX )


VERIFIQUE SE O SEU SAX TEM VAZAMENTOS (VÍDEOS COM 02 HORAS DE DURAÇÃO )


PARA DOMINAR OS SUPER AGÚDOS ALÉM DOS EXERCÍCIOS SOMENTE COM BOQUILHA .VOCE DEVE FAZER OS EXERCÍCIOS DE HARMÔNICOS QUE TEM NA VÍDEO AULA VOL.01 COM 2 HORAS DE DURAÇÃO, POIS TEM O PASSO A PASSO OK
Asssista a primeira parte dela aquí :
http://www.explicasa...os_afinacao.php

POR QUE ALGUNS TOCAM DESAFINADO ?
Como ser afinado com o sax I - MENNNNgoooooo

Meus amigos vou usar o espaço para sugerir um exercício para que os colegas possam dar uma checada na embocadura e assim poder render ao máximo com o seu sax !
Estude notas longas somente com o tudel e a boquilha ,fazendo 03 posições com a embocadura ,ou melhor com a afinação !
Se você tocar somente com o tudel e a boquilha com o sax alto , a nota que deve sair é a nota lá , pois bem esta é a embocadura ou posição de embocadura mais tensa e você não deve tocar o sax com esta embocadura onde o tudel afina em lá e sim em Sol
Vou explicar :
Assim que fizer soar a nota com o tudel do sax alto ,repare que esta nota deve estar saindo a nota lá e então faça o exercício do mengão !
Explico de novo he,he,
Faça com o tudel uma nota longa em lá (afinação do piano ) e depois caia a afinação com a impostação ,fazendo a nota la que está soando só com a boquilha e tudel ,passar para uma nota sol ok Como se fosse a torcida do Flamengo :
MENNNNNNNNNNgoooooooooooo

Pois bem , MENNNNNNNNNN seria a nota lá somente com o tudel e depois relaxa a embocadura e faz sair uma nota sol que deverá ser o gooooooooooooooo

Então treine fazer as notas longas com esta 02 afinações uma em la e depois em sol
Pois bem assim que você perceber que existe estas 02 afinações com a boca você deve montar o sax e tocar as notas SOL,LA,DO,REEEEEE, RE#####,REEEEEEE (REGIÃO MÉDIA ) Sendo que a nota RE precisa estar tão relaxada que poderá fazer o re# sem usar o dedinho mindiho da mão direita ,ou seja faz o re virar re# com a embocadura , pois bem se a sua embocadura conseguir fazer isso ,então ela está no ponto certo ,onde o tudel está afinado em sol ,pois se você não conseguir fazer o seu RE virar um re# somente com a embocadura, quer dizer que sua embocadura está fora do ponto e que não existe essa folga de meio tom, ou seja ela está em LA no tudel .Por isso é importante que você consiga tocar o sax em 02 afinaçoes só com o tudel em lá e só com o tudel em sol ,desta forma conseguira fazer uma escala de do maior no sax soar uma escala de do# maior ou seja terá uma folga de meio tom na embocadura a seu favor e isso dará condições da sua embocadura fazer notas fora do registro normal do saxofone.
Resumindo : É preciso ter uma embocadura com o sax mais relaxada paraque o sax fique afinado corretamente ,pois se você toca o sax com o tudel afinado em lá,então ao tocar com o sax montado ,você não terá este meio tom que é necessário para a região de terceira e quarta oitava do sax .
Pois bem assim que conseguir fazer notas longas só com o tudel e em 02 afinações que chamaremos agora em diante de IMPOSTAÇÃO EM LÁ ,SOL E FA
Aprenderá que existe ainda uma outra embocadura mais relaxada onde podemos tocar com o tudel afinado em FA ,pois vbem essa embocadura tão relaxada ,permite que o saxofonista tendo a sua embocadura neste ponto de relaxamento (tudel em FA ) Possa usar essa embocadura para tocar a região grave e média do saxofone , então na região aguda ele usa a impostação de sol (tudel em sol ) e nas regiões dos harmônicos e agudíssimos ,usamos então a impostação em LA ou seja o tudel afinado em LA.
Pois bem quando o saxofonista tomar consciencia que ele tem 03 impostação com o tudel ,então ele conseguirá fazer malabarismos com o sax ,pois o domínio das regiões do sax não será problema.O que acontece muito é que os saxofonistas tocam com o TUDEL EM LÁ (impostação que dá a nota lá do piano quando se toca somente com o tudel e a boquilha em um sax alto )Então eles acabam fazendo a embocadura da região agudíssimas para tocar a região média e aguda do sax e não tem embocadura para os AGUDÍSSIMOS .Também ocorre que ao tocar com o tudel em LA para fazer a região média dia do sax ,o praticante relaxa a embocadura para fazer os graves e então passa a impostação para sol (tudel em sol ) mas isso cria uma falsa relação,pois ao tocar na região grave do sax que são as notas sol grafe para baixo ele usa a impostação em sol e deveria ser a impostação em FA ,então se começar a tocar o gravão com a impostação em sol a região aguda fica na região aguda com a impostação em LA ou seja tudel em la , etão ao tocar na região agudíssima do sax não terá embocadura .Por isso é importante você treinar as 03 impostações de tudel ,fazendo notas longas começando em la , depois relaxa e passa para sol fazendo então o grito da galera MENNNNNNNNgooooooooooooo aí só depois de conseguir fazer a impostação com o tudedel em 02 afinações distintas, mudaremos a música e o grito da galera para a opera FIGARO Onde a afinação será la-sol-fa ou seja pensa na opera figaro figaro figaro e treine a sua embocadura a fazer :

la--------sol--------fa------ sendo que deve fazer lentamente e escutar a mudança da embocadura ou seja fotografar esta mudança de afinação ou melhor impostação com o tudel e embocadura, pois o dia que você conseguir tocar os seus graves afinado com a impostação FA então vai levar um susto como todo o sax fica afinado e principalmente a facilidade que é tocar os agudos , Pois eu sinto isso ao tocar na região agudíssima do sax,justamente por usar nesta região do sax uma embocadura que geralmente eles usam para tocar a região média pois se você tocar o saX (nota re 6 dedos com chave de polegar ) usando a embocadura ou melhor a impostação em lá ,então já éra sua afinação ,tanto faz nos graves como nos agudíssimos vai bater com a furação do saxofone e irá tocar desafinando
Estude isso e coloque a sua região grave com a impostação de FA ou seja a afinação do tudel em fá e você irá conseguir tocar qualquer nota grave mesmo que tenha a chave de registro apertada , e o mais incrível é que você conseguira tocar em qualquer região do sax sem precisar apertar a chave de oitava como também com ela apertada ,Aí sim vai sentir o domínio que sua embocadura terá da afinação !

Amigos a afinação no tudel dos saxofones funciona assim :

Sax soprano ( mi,re,do notas do piano ou seja sem transposição uqe vai ser as notas FA#,MI,RE do sax soprano onde você pode tocar primeiroe stas notas fa#,mi,re e depois tirar o tudel e fazer a mesma afinação destas notas que tocou e o som vai ser as notas fa3,mi,re do soprano ou as notas mi,re,do no diapasão ok )

Sax Alto : LA,SOL,LA notas do diapasão onde você terpa que tocar as notas fa#,mi,re noi sax alto que vai soar então as notas LA,SOL,FA se tocadas somente com o tudel ou seja as notas do diapasão ´será LA,SOL,FA que transpondo é a s notas fa3,mi,re do sax alto, onde você pode tocar primeiro e depois desmopntar o sax e tocar só no tudel e conseguir o mesmo som ok

Sax Tenor : As notas do piano é FA,MIb ,Reb ous eja as notas do diapasão quando usamos somenteo tudel, mas se você quiser ter uma referencia basta então tocar com o sax as notas SOL, FA,MIB que vai então soar as notas FA,Mib,Reb do Diapasão .


Pode ser que existe alguma diferença devida a posição da boquilha no tudel, mas o importante é coneguir estes 03 patamares de afinação somente com o tudel mantendo o intervalo de um tom entre cada nota .

Sendo que a embocadura ideal esta na nota do meio de cada uma desta seguencia ou seja posicionar a tensão da sua embocadura para a nota intermediária, assim você vai ter "CAMPO DE EMBOCADURA " ou uma "MARGEM " de embocadura que te permite subir a afinação ou descer a afinação pois est´pa posicionado no meio, pois se deixar a sua embocadura na primeira posição não vai poder tocar scertas notas agudíssimas (vai fechar a passagem de ar ) e também não vai sair os graves que irão oitavar a menos que você desafine as notas para tocar os graves, mas seu ouvido não vai aceitar e estará feita a bagunça .

Abração e bons estudos !
Ivan Meyer

#2 adrianotec

adrianotec

    Usuário

  • Membros
  • Pip
  • 79 posts
  • Gender:Male

Posted 26 junho 2009 - 11:37

Uma duvida
o meu sax reto, está com a chave de sib(apertando o fa grave), desregulado.
se aperto o parafuso, o sib, fica desafinado.

se toco o lá, e uso a chave extra, para fazer o sib, sai afinado.

tem alguma dica?
Adriano
Alto : Evette :- Boquilha : Selmer
Clarinete : Vito - Boquilha : Vandoren 5RV Lyre
Clarone : Selmer Bundy - Boquilha : B40 Fuks

#3 Diego dos Santos

Diego dos Santos

    Usuário Muito Participativo

  • Membros
  • PipPipPip
  • 388 posts
  • Location:Itapecerica da Serra-São Paulo-SP

Posted 28 junho 2009 - 11:45

Eu sempre tive a impressão que os graves no tenor são sempre os mais difíceis de todos os saxofones... isso é verdade ou é impressão minha?
Seja no alto, soprano, sopranino (ou agudo, ou soprano em mib) ou mesmo no barítono ou baixo. Já tive oportunidade de tocar em todos esses ai, e desde que soprei a primeira vez no tenor até hoje continuo achando os graves dele mais difíceis, apesar de tocar um e não ter mais problemas com isso gracas as dicas acima smile.gif.
Sou só eu ou alguém também acha isso?

#4 Prof.Ivan Meyer

Prof.Ivan Meyer

    Fundador do Explicasax

  • Administradores
  • 13.559 posts
  • Gender:Male
  • Location:Pouso Alegre - Sul de Minas Gereais
  • Interests:Música e natureza

Posted 23 julho 2009 - 08:32

Amigo, pode ser vazamento minusculo no sax que faz isso acontecer ou mesmo a boquilha e palheta que não estão legal, experimente uma palheta mais macia e uma boquilha mais aberta que isso ajuda muito na emissão dos Graves ok Palheta dura é mais difícil sair o gravão do sax smile.gif

Abs
Ivan Meyer

#5 Esequias

Esequias

    Usuário

  • Membros
  • Pip
  • 1 posts

Posted 10 fevereiro 2010 - 01:49

Olá para todos!!!

Prof. Meyer;

Estudar o Sib grave 20 minutos por dia, ajuda na melhoria da sonoridade em termos de afinação, ou apenas vai abrir o som de um instrumento novo??

Uns são contra e outros são a favor desde tipo de estudo.

valeu!



#6 wseregatto

wseregatto

    Usuário Destaque

  • Membros
  • PipPipPipPip
  • 689 posts
  • Gender:Male
  • Location:Saltinho-SP

Posted 10 fevereiro 2010 - 10:34

Professor, poderia postar um audio ou video nos ensinando a fazer esta passagem no sax tenor, sem que fique parecendo apogiatura????
Imagem.jpg
Já reli varias vezes o pulo do gato e nao via dicas pra mantar os dedos referente ao grave.
Passagens como D# para C ou D# para C#, o grafico acima mostra claramente a dificuldade.
Abraços,
Tenor Conn Director By Edu + Ottolink STM NY 8 + Fibracell nº3 Custom by Wseregatto
Tenor Weril Alpha + Rico B7 + Ambos parados no case.
Fibracell, se tornou a minha palheta preferida, dicas do mestre!

#7 Fabiano Lima Nascimento

Fabiano Lima Nascimento

    Usuário Destaque

  • Membros
  • PipPipPipPip
  • 522 posts
  • Location:capanema-pa
  • Interests:estudos para sax tenor

Posted 11 fevereiro 2010 - 11:53

QUOTE(Prof.Ivan Meyer @ 25/06/2009 - 00:57) <{POST_SNAPBACK}>
GERALMENTE O PROBLEMA ESTA NO PARAFUZINHO DA REBIMBOCA DO SOL# NÃO APAVORE QUE EU EXPLICO smile.gif POR QUE ALGUNS SAXOFONES NÃO SAEM O GRAVÃO NEM COM IMPOSTAÇÃO DE HIPOPÓTAMO OK


Verifique o bendito parafusinho do Sol#, pois 99% de chance do parafisinho do Sol# estar com folga sendo assim não sai as notas graves Si, Dó# e Sib graves, pois é uma chave que trabalha conjugada, com as chaves dos graves, ou seja, quando você toca Sib grave ou Si natural, a chave de Sol# vai abrir, o que vai impedir que ela abra, é justamente um parafusinho que tem emcima da bandeija da sapatilha de Sol#, sendo um bracinho que sai do Fá e mantém a chave do Sol# fechada enquanto você toca o Sib grave, basta fazer um teste rápido, pedidno para alguém pressionar a sapatilha de Sol# fechada com um dedo, enquanto você toca o Si e o Sib grave e quando a nota estiver saindo, basta retirar o dedo da sapatilha de Sol#, pois se estiver com folga, vai dar vazamento e a sonoridade pode parar, então enquanto mantém o grave, basta fazer toques como o código Morse, tipo batucando sobre a sapatilha de Sol# que vai ser audivel a diferença do som com vazamento e sem vazamento.
Verifique tembém a regulagem do tudel.

Na nota La o registro abre, na nota Sol o registro fecha, a pressão da chave Sol é cúmplice da pressão da mola do tudel, para deixar a mola do tudel mais forte, eu precisaria aumentar a pressão da chave de sol, pois é a pressão da chave sol, que fecha o tudel, aumentando a pressão da mola do tudel, eu teria obrigatoriamente que aumentar a pressão da mola da chave Sol, pois é justamente a pressão da chave Sol, que fecha o tudel (faça o teste). Para você ver que não existe problema na mola do tudel, basta você pegar um durex, passar no tudel forçando o fechamento da sapatilha, para que possa fazer o teste, pois ao tocar na região grave do Sol do primeiro espaço suplementar superior até o Si Bemol grave a chave de tudel está fechada, então para garantir e para que você possa fazer um teste, basta fechar a sapatilha do tudel passando um durex ou amarrando um barbante forçando o fechamento, desta forma não vai existir vazamento, correto? Então se as notas graves falharem, você saberá que não é a chave do tudel, outro teste fácil de fazer é pedir para alguém, apertar a chave de tudel, ou seja, sapatilha fechada, segurando com a mão e quando você tocar o grave, basta tirar a mão do tudel, se falhar ou para ter certeza se existe vazamento na chave do tudel, basta tocar com o dedo, fazendo um rítmo tipo batucando em uma caixa de fósforo o samba de uma nota só tatata...tata...tata...ta fazendo isso com o dedo batucando na chave do tudel, ao tocar a chave e você sentir que o som muda então existe vazamento outra forma é pegar um papel de seda, ou seja, o papel mais fino que você possa conseguir e colocar entre a sapatilha e o orifício do tudel, então você toca Lá agudo, somente fazendo a posição sem soprar no sax, olhando para a chave do tudel, você faz a posição de Sol, deixando o papel entre a sapatilha e o orifício do tudel, então a chave de tudel vai fechar e você puxa a folha de seda, se você sentir que a folha está livre, então existe folga na sapatilha, mas se você sentir que algo está segurando a folha de seda, então não existe vazamento.
Todos esses testes foram feitos no seu saxofone, por favor, mostre este email ao seu professor, para que ele possa fazer estes testes juntamente com você.
Quanto a sapatilha estar torta, é uma sapatilha muito pequena e não tem infuência ela estar tipo um bolo e uma forma meio tortinha, pois o importante é que ela feche aquele buraquinho minúsculo no tudel, que tem e expessura de um grafite de lápis, sendo a área da sapatilha muito maior, diferentemente dos orifícios do corpo do saxofone.
Resumindo, para aumentar a pressão da chave do tudel, será preciso faezr o teste de pressão da chave Sol, pois é a mola da chave Sol que vai fechar a sapatilha do tudel, na passagem Lá-Sol Aguda (Lá, tudel aberto-Sol, tudel fechado). Se aumentarmos a pressão da chave do tudel, é preciso conferir se a pressão da chave Sol vai ser o suficiente para fechar a sapatilha do tudel, pois eu regulei, levando em conta a pressão que eu deixei nas chaves da mão esquerda e direita.
Basta então fazer o teste do durex ou barbante, prendendo a sapatilha do tudel enquanto toca na região grave, ou seja, assegurar que o orificio minúsculo do tudel vai estar fechado, você pode inclusive, passar um durex entre o orifício e a sapatilha, ou seja, vedando o orificio do tudel, então tocar os graves e se eles não saírem, então é falta de impostação para os graves, ou seja, pensar que em vez de um ovo de pato dentro da boca, precisa deixar espeçao para um ovo de avestruz, ou seja, em vez da vogal "i" pense na vogal "o" , mas aumente o espaço interno da sua boa, como se você fosse colocar um ovo de avestruz e não de galinha ganinzé, conhece?!rsrsrsrs
Importante lembrar que as notas no sax Tenor ou Sax Alto abaixo do Ré, ou seja, Dó Si e Si Bemol, devemos faezr uma impostação forçada, pense encostar o nariz na boquilha e o queixo na garganta, como fazem os cisnes, como se você quisesse olhar para o seu umbigo.

Mande um abraço para o seu professor e muito boa a observação dele, referente a chave de tudel, se ela estiver como enviei, então está correto, mas vamos supor que tenha acontecido alguma coisa, tipo na hora que vai encaixar o tudel, no corpo do sax e o pino de oitava enrosca na argola do tudel, mudando o espaço que existe, entre pino de oitava e laço do tudel, por favor, peça para seu professor verificaro espaço entre pino de oitava (aquele que empurra a chave do tudel), pois na posição de Sol Agudo com o polegar apertado (03 dedos) precisa existir uma pequena folga entre o pino de oitava e o laço de tudel, folga essa que vai garantir o fechamento da sapatilha do tudel, caso não exista folga, entre o pino e o laço, vai ser preciso apertar a chave do tudel, fechando a sapatilha e puxar o laço para aumentar o espaço entre pino de oitava e laço de tudel, seu professor vai saber o que eu estou falando, pede para ele conferir isso, pois é normal, os alunos iniciantes, enfiarem o tudel no corpo do sax, como ele virado de lado, depois colocarem a posição do tudel corretamente e nesse movimento, tipo de três horas da tarde para seis horas, o laço do tudel se posiciona entre o pino de oitava e o gargalo do sax e ao colocar na posição correta de tudel o laço é forçado para dentro, diminuindo o espaço entre pino de oitava e laço de tudel é preciso verificar se isso aconteceu, pois caso o laço esteja justo ao tocar as notas graves abaixo do Lá da primeira linha suplementar superior, onde a posição da cgave de tudel está fechada, a mesma não fecha, um teste fácil é tocar o Ré da quarta linha do pentagrama (06 dedos+chave de polegar apertado) e enquanto está fazendo uma nota longa com o Ré, pede pra alguém pressionar a sapatilha do tudel, tipo batucar um sambinha, se o som mudar, então existe vazamento no orificio do tudel, devido estar muito justo o espaço entre pino de oitava e laço de tudel, pois como expliquei é preciso deixar a folga na expessura de um grafite de lápis, isso vai garantir o fechamento da sapatilha do tudel.
Por favor, imprima este email e mostre ao seu professor e faça os testes juntamente com ele e siga as orientações do se professor.
Qualquer dúvida, estou a disposição!



DEIXA EU DAR UMA DICA PRA VOCÊS SOBRE OS GRAVES OK



1 Toque pensando em encostar o nariz no tudel e o queixo na garganta ou seja fazendo o movimento para dentro (queixo pra dentro )ao fazer isso imagine uma batata quente na boca comos e estivesse falando OHHHH

Perceba a diferença entre a a vogal ô e a voga "i" Para notas graves é precisi fazer a IMPOSTAÇÃO que é exatamente a vogal "Ô" Ao fazer isso ira aumentar a camara interna da sua boca e com isso conseguir uma ressonancia maior para os graves.
Nãos e toca graves coma vogal "i" com o queixo pra frente ok

Notas graves no instrumentos como o sax exige uma caixa de ressonancia e ao fazer o espaço da sua bopca aumentar (camara interna em OHH) vai facilitar os graves .
Para isso pense em aumentar mais o apoio dos dentes superiores na boquilha ok

Um exercício muito legal é tocar o SI agudo (Um dedo apertado mais a chave de polegar ?) e depois sem soltar o polegar fazer a impostação e fazer este SI AGUDO virar um SI GRAVE usando uma "impostação forçada "
É legal fazer isso com as notas :si,la,sol,fa,mi,re onde tocará as notas com a chave de polegar apertada e somente com a "impostação" fará com que a nota saia grave mesmo tendo a chave de polegar apertada ok

Quando conseguir entender essa impostação conseguirá tocar as notas greves do instrumento mesmo que esteja o polegar acionado, pois bem quando conseguir fazer isso com o polegar acionado ,fazendo esta "impostação forçada".

Então quando for tocar normalmente um grave sem acionar a chave de polegar que é o correto, vai ver como a sua nota vai sair mais "cheia,impostada "
Fazer graves é como um cantor de opera ,repare como eles fazem uma nota grave e uma nota aguda ou mesmoem um galo cantando ou lobo uivando e entenderá que para os agudos apontamos o nariz para o ceu e pára os graves apontamos para a terra rsss

Agora se o parafuzinho do sol# estiver desregulado, um abração pois as notas si e sib não irão sair nem com impostação de hipopótamo rsss

VEJA COMO É QUE SE FAZ PARA CHEGAR AO TOPO !

Bom a série harmônica do sax começando pelo sib grave é?

Fundamental SIb Gravão - sib - fa- sib (T-8*-5-8**) depois vai ser um arpejo tendo o segundo Sib da terceira oitava (8**) como a tonica de um arpejo de dominante que é o som do OH PÁTRIA AMADA ou seja a melodia que cantamos no hino nacional nesta hora : OH PATRIA AMADA , IDOULATRADA SALVE ,SALVE.

POIS BEM ESTE É UM ARPEJO DOMINANTE

SUA MISSÃO É :

1 tocar a série harmônica com o sax mantendo o SIB GRAVE o tempo todo e ir mudando na boca com a camara interna da boca e a pressão do ar, altura da língua etc...

faça primeiro SIB.sib fa,sib ou seja Tonica, I oitava ,quinta desta oitava e II OITAVA que vai soar o sib da terceira oitava ou sib da I linha superior do pentagrama ok


Depois vai tentar começar por este sib da terceira oitava ,mas sempre fazendo a posição de sib gravão e pode colocar o polegar de oitava ok

Então parte para o OH PÁTRIA AMADA onde o OH é o sib da terceira oitava sendo tocado com o sib da POSIÇÃO DE DO GRAVE .

O PÁ vai ser a terça de sib ou seja um RE e o TRIA vai ser a quinta deste arpejo e então vem a SÉTIMA DE DOMINANTE que é o LAb onde cantamos AMADA em nosso hino.

Pronto fazendo isso vai conseguir controlar sua embocadura em qualquer região pois estará treinando a posição dos harmônicos e isso irá facilitar a sua afinação e também o controle das notas na terceira e quarta oitavas do sax.

Isso tem muito bem explicado na video aula vol.01 do explicasax EMBOCADURA,AFINAÇÃO E HARMÔNICOS quem não viu deveria ver pois ajuda muito a entender sobre a a Escola Americana ok

VELA ESTES 02 VÍDEOS POIS SÃO IMPORTANTES PARA O SAX E SAXOFONISTA OK

ESTUDO DA EMBOCADURA USANDO SOMENTE A BOQUILHA DO SAX ( CONSEGUIU ISSO TOCA QUALQUER REGIÃO DO SAX )


VERIFIQUE SE O SEU SAX TEM VAZAMENTOS (VÍDEOS COM 02 HORAS DE DURAÇÃO )


PARA DOMINAR OS SUPER AGÚDOS ALÉM DOS EXERCÍCIOS SOMENTE COM BOQUILHA .VOCE DEVE FAZER OS EXERCÍCIOS DE HARMÔNICOS QUE TEM NA VÍDEO AULA VOL.01 COM 2 HORAS DE DURAÇÃO, POIS TEM O PASSO A PASSO OK
Asssista a primeira parte dela aquí :
http://www.explicasa...os_afinacao.php

POR QUE ALGUNS TOCAM DESAFINADO ?
Como ser afinado com o sax I - MENNNNgoooooo

Meus amigos vou usar o espaço para sugerir um exercício para que os colegas possam dar uma checada na embocadura e assim poder render ao máximo com o seu sax !
Estude notas longas somente com o tudel e a boquilha ,fazendo 03 posições com a embocadura ,ou melhor com a afinação !
Se você tocar somente com o tudel e a boquilha com o sax alto , a nota que deve sair é a nota lá , pois bem esta é a embocadura ou posição de embocadura mais tensa e você não deve tocar o sax com esta embocadura onde o tudel afina em lá e sim em Sol
Vou explicar :
Assim que fizer soar a nota com o tudel do sax alto ,repare que esta nota deve estar saindo a nota lá e então faça o exercício do mengão !
Explico de novo he,he,
Faça com o tudel uma nota longa em lá (afinação do piano ) e depois caia a afinação com a impostação ,fazendo a nota la que está soando só com a boquilha e tudel ,passar para uma nota sol ok Como se fosse a torcida do Flamengo :
MENNNNNNNNNNgoooooooooooo

Pois bem , MENNNNNNNNNN seria a nota lá somente com o tudel e depois relaxa a embocadura e faz sair uma nota sol que deverá ser o gooooooooooooooo

Então treine fazer as notas longas com esta 02 afinações uma em la e depois em sol
Pois bem assim que você perceber que existe estas 02 afinações com a boca você deve montar o sax e tocar as notas SOL,LA,DO,REEEEEE, RE#####,REEEEEEE (REGIÃO MÉDIA ) Sendo que a nota RE precisa estar tão relaxada que poderá fazer o re# sem usar o dedinho mindiho da mão direita ,ou seja faz o re virar re# com a embocadura , pois bem se a sua embocadura conseguir fazer isso ,então ela está no ponto certo ,onde o tudel está afinado em sol ,pois se você não conseguir fazer o seu RE virar um re# somente com a embocadura, quer dizer que sua embocadura está fora do ponto e que não existe essa folga de meio tom, ou seja ela está em LA no tudel .Por isso é importante que você consiga tocar o sax em 02 afinaçoes só com o tudel em lá e só com o tudel em sol ,desta forma conseguira fazer uma escala de do maior no sax soar uma escala de do# maior ou seja terá uma folga de meio tom na embocadura a seu favor e isso dará condições da sua embocadura fazer notas fora do registro normal do saxofone.
Resumindo : É preciso ter uma embocadura com o sax mais relaxada paraque o sax fique afinado corretamente ,pois se você toca o sax com o tudel afinado em lá,então ao tocar com o sax montado ,você não terá este meio tom que é necessário para a região de terceira e quarta oitava do sax .
Pois bem assim que conseguir fazer notas longas só com o tudel e em 02 afinações que chamaremos agora em diante de IMPOSTAÇÃO EM LÁ ,SOL E FA
Aprenderá que existe ainda uma outra embocadura mais relaxada onde podemos tocar com o tudel afinado em FA ,pois vbem essa embocadura tão relaxada ,permite que o saxofonista tendo a sua embocadura neste ponto de relaxamento (tudel em FA ) Possa usar essa embocadura para tocar a região grave e média do saxofone , então na região aguda ele usa a impostação de sol (tudel em sol ) e nas regiões dos harmônicos e agudíssimos ,usamos então a impostação em LA ou seja o tudel afinado em LA.
Pois bem quando o saxofonista tomar consciencia que ele tem 03 impostação com o tudel ,então ele conseguirá fazer malabarismos com o sax ,pois o domínio das regiões do sax não será problema.O que acontece muito é que os saxofonistas tocam com o TUDEL EM LÁ (impostação que dá a nota lá do piano quando se toca somente com o tudel e a boquilha em um sax alto )Então eles acabam fazendo a embocadura da região agudíssimas para tocar a região média e aguda do sax e não tem embocadura para os AGUDÍSSIMOS .Também ocorre que ao tocar com o tudel em LA para fazer a região média dia do sax ,o praticante relaxa a embocadura para fazer os graves e então passa a impostação para sol (tudel em sol ) mas isso cria uma falsa relação,pois ao tocar na região grave do sax que são as notas sol grafe para baixo ele usa a impostação em sol e deveria ser a impostação em FA ,então se começar a tocar o gravão com a impostação em sol a região aguda fica na região aguda com a impostação em LA ou seja tudel em la , etão ao tocar na região agudíssima do sax não terá embocadura .Por isso é importante você treinar as 03 impostações de tudel ,fazendo notas longas começando em la , depois relaxa e passa para sol fazendo então o grito da galera MENNNNNNNNgooooooooooooo aí só depois de conseguir fazer a impostação com o tudedel em 02 afinações distintas, mudaremos a música e o grito da galera para a opera FIGARO Onde a afinação será la-sol-fa ou seja pensa na opera figaro figaro figaro e treine a sua embocadura a fazer :

la--------sol--------fa------ sendo que deve fazer lentamente e escutar a mudança da embocadura ou seja fotografar esta mudança de afinação ou melhor impostação com o tudel e embocadura, pois o dia que você conseguir tocar os seus graves afinado com a impostação FA então vai levar um susto como todo o sax fica afinado e principalmente a facilidade que é tocar os agudos , Pois eu sinto isso ao tocar na região agudíssima do sax,justamente por usar nesta região do sax uma embocadura que geralmente eles usam para tocar a região média pois se você tocar o saX (nota re 6 dedos com chave de polegar ) usando a embocadura ou melhor a impostação em lá ,então já éra sua afinação ,tanto faz nos graves como nos agudíssimos vai bater com a furação do saxofone e irá tocar desafinando
Estude isso e coloque a sua região grave com a impostação de FA ou seja a afinação do tudel em fá e você irá conseguir tocar qualquer nota grave mesmo que tenha a chave de registro apertada , e o mais incrível é que você conseguira tocar em qualquer região do sax sem precisar apertar a chave de oitava como também com ela apertada ,Aí sim vai sentir o domínio que sua embocadura terá da afinação !

Amigos a afinação no tudel dos saxofones funciona assim :

Sax soprano ( mi,re,do notas do piano ou seja sem transposição uqe vai ser as notas FA#,MI,RE do sax soprano onde você pode tocar primeiroe stas notas fa#,mi,re e depois tirar o tudel e fazer a mesma afinação destas notas que tocou e o som vai ser as notas fa3,mi,re do soprano ou as notas mi,re,do no diapasão ok )

Sax Alto : LA,SOL,LA notas do diapasão onde você terpa que tocar as notas fa#,mi,re noi sax alto que vai soar então as notas LA,SOL,FA se tocadas somente com o tudel ou seja as notas do diapasão ´será LA,SOL,FA que transpondo é a s notas fa3,mi,re do sax alto, onde você pode tocar primeiro e depois desmopntar o sax e tocar só no tudel e conseguir o mesmo som ok

Sax Tenor : As notas do piano é FA,MIb ,Reb ous eja as notas do diapasão quando usamos somenteo tudel, mas se você quiser ter uma referencia basta então tocar com o sax as notas SOL, FA,MIB que vai então soar as notas FA,Mib,Reb do Diapasão .


Pode ser que existe alguma diferença devida a posição da boquilha no tudel, mas o importante é coneguir estes 03 patamares de afinação somente com o tudel mantendo o intervalo de um tom entre cada nota .

Sendo que a embocadura ideal esta na nota do meio de cada uma desta seguencia ou seja posicionar a tensão da sua embocadura para a nota intermediária, assim você vai ter "CAMPO DE EMBOCADURA " ou uma "MARGEM " de embocadura que te permite subir a afinação ou descer a afinação pois est´pa posicionado no meio, pois se deixar a sua embocadura na primeira posição não vai poder tocar scertas notas agudíssimas (vai fechar a passagem de ar ) e também não vai sair os graves que irão oitavar a menos que você desafine as notas para tocar os graves, mas seu ouvido não vai aceitar e estará feita a bagunça .

Abração e bons estudos !
Ivan Meyer









PROF.IVAN MEYER, O SR. DIZ QUE A VIDEO AULA 01 TEM DUAS HORAS DE DURAÇÃO? É ISSO MESMO? SE FOR ISSO MESMO A MINHA TÁ INCOMPLETA, POIS NÃO TEM NEM CINQUENTA MINUTOS DE DURAÇÃO RSRSR, ME TIRA ESSA DUVIDA POR FAVOR
ABRAÇÃO
Sax tenor yamaha 23
Boquilha ivan meyer 8-palheta rico royal 2,5- vandorem java 2
sax alto michael wasm 46
palheta vandorem java 2
boquilha jaf a9

#8 Prof.Ivan Meyer

Prof.Ivan Meyer

    Fundador do Explicasax

  • Administradores
  • 13.559 posts
  • Gender:Male
  • Location:Pouso Alegre - Sul de Minas Gereais
  • Interests:Música e natureza

Posted 11 fevereiro 2010 - 11:56

Tem , sim ! Dentro da Escola Online se assistir inteira vai ver que tem 02 horas de duração smile.gif
Você comprou com a gente ? Pois antes tine I parte e II parte , vai ver que esta faltando a Ii parte ,pois em VCD cabem somente uma hora em cada ok
Dentro da Escola Online tem ela inteira e de grátis smile.gif
Abrs
Ivan Meyer

#9 Fabiano Lima Nascimento

Fabiano Lima Nascimento

    Usuário Destaque

  • Membros
  • PipPipPipPip
  • 522 posts
  • Location:capanema-pa
  • Interests:estudos para sax tenor

Posted 11 fevereiro 2010 - 12:12

QUOTE(Prof.Ivan Meyer @ 11/02/2010 - 12:56) <{POST_SNAPBACK}>
Tem , sim ! Dentro da Escola Online se assistir inteira vai ver que tem 02 horas de duração smile.gif
Você comprou com a gente ? Pois antes tine I parte e II parte , vai ver que esta faltando a Ii parte ,pois em VCD cabem somente uma hora em cada ok
Dentro da Escola Online tem ela inteira e de grátis smile.gif
Abrs
Ivan Meyer



SIM MESTRE, COMPREI NA EXPLICASAX, AGORA A PARTE DOIS EU NAO SABIA SE TINHA ESSA VIDEO, AULA COMO SE CHAMA ELA? VIDEO AULA 01 PARTE DOIS?
ABRAÇÃO
Sax tenor yamaha 23
Boquilha ivan meyer 8-palheta rico royal 2,5- vandorem java 2
sax alto michael wasm 46
palheta vandorem java 2
boquilha jaf a9

#10 Fabiano Lima Nascimento

Fabiano Lima Nascimento

    Usuário Destaque

  • Membros
  • PipPipPipPip
  • 522 posts
  • Location:capanema-pa
  • Interests:estudos para sax tenor

Posted 11 fevereiro 2010 - 12:18

QUOTE(Diego dos Santos @ 29/06/2009 - 00:45) <{POST_SNAPBACK}>
Eu sempre tive a impressão que os graves no tenor são sempre os mais difíceis de todos os saxofones... isso é verdade ou é impressão minha?
Seja no alto, soprano, sopranino (ou agudo, ou soprano em mib) ou mesmo no barítono ou baixo. Já tive oportunidade de tocar em todos esses ai, e desde que soprei a primeira vez no tenor até hoje continuo achando os graves dele mais difíceis, apesar de tocar um e não ter mais problemas com isso gracas as dicas acima smile.gif.
Sou só eu ou alguém também acha isso?



DIEGO,
EU SOU MAIS QUE SEMPRE TIVE ESSA IMPRESSÃO TAMBEM, POIS TOCO COM PALHETA LEVE,SAX SEM VAZAMENTO, BOQUILHA ABERTA E OS GRAVÃO SI,SIB, SAO REALMENTE MUITO DIFICIL DE SAIR NO SAX TENOR, TEM MAIS ALGUEM QUE ACHA ASSIM?
ABRAÇÃO A TODOS OS AMIGOS!
Sax tenor yamaha 23
Boquilha ivan meyer 8-palheta rico royal 2,5- vandorem java 2
sax alto michael wasm 46
palheta vandorem java 2
boquilha jaf a9

#11 wseregatto

wseregatto

    Usuário Destaque

  • Membros
  • PipPipPipPip
  • 689 posts
  • Gender:Male
  • Location:Saltinho-SP

Posted 11 fevereiro 2010 - 09:54

Vou tentar ser mais claro,
Imagem.jpg
Neste grafico acima, quando vou tocar o ultimo compasso, o som sai como se fosse o grafico abaixo.
Figura1.jpg

Ou seja, tá floreando a passagem toda, fica horrivel.

Neste outro grafico:
IMG.jpg
Eu toquei pra vocês verem como fica, detalhe que toquei um compasso antes de começar o grafico, sendo assim:
C#, D#, E# (três colcheias) e depois começando no F# já no grafico.Attached File  307.mp3   385,62KB   439 downloads
Tenor Conn Director By Edu + Ottolink STM NY 8 + Fibracell nº3 Custom by Wseregatto
Tenor Weril Alpha + Rico B7 + Ambos parados no case.
Fibracell, se tornou a minha palheta preferida, dicas do mestre!

#12 Prof.Lander

Prof.Lander

    PROFESSOR

  • Membros
  • PipPipPipPipPip
  • 2.773 posts
  • Gender:Male
  • Location:Suíça
  • Interests:Renovar Conhecimentos - Alguém disse: "vivendo e aprendendo ... e morrendo sem saber nada!" - Que não seja assim conosco.

    Atenção: "Deixe o sax por uma semana e ele o deixará por um mês" - Temos que praticar sempre!

Posted 12 fevereiro 2010 - 06:29

QUOTE(wseregatto @ 11/02/2010 - 22:54) <{POST_SNAPBACK}>
Vou tentar ser mais claro,
Imagem.jpg
Neste grafico acima, quando vou tocar o ultimo compasso, o som sai como se fosse o grafico abaixo.
Figura1.jpg
Ou seja, tá floreando a passagem toda, fica horrivel.
Neste outro grafico:
IMG.jpg
Eu toquei pra vocês verem como fica, detalhe que toquei um compasso antes de começar o grafico, sendo assim:
C#, D#, E# (três colcheias) e depois começando no F# já no grafico.Attached File  307.mp3   385,62KB   439 downloads



Em atendimento ao pedido que me fez no endereço http://www2.ivanmeye...mp;#entry179350 vim aqui responder ok?

Meu querido, uma forma de executar da maneira que você está querendo, seria articular todas essas notinhas ai. O
u seja, entra na primeira nota soprando um "Hoo", e depois corte as demais usando um “To To Ro To”. Assim, vc consegue "quebrar" esse efeito "natural" de appojjtarua que se dá quando ultilizamos essas notas (D D# C). Muitos Articulam errado, ou não conseguem articular, porque pensam, que Articular é interromper totalmente a passagem de Ar, e isso não é verdade. Veja o Grafico que postei aqui pra ver. O Ivan tem uma Boa explicação sobre isso.

MAS ... pela sua gravação senti que o Sax Tenor tá um pouquinho pesado para soprar, e como se trata das notas na Região grave, fica muito difícil articular assim, entende?

Eu não sei qual é seu SETUP, não sei se ta adequado. Ou, se seu Sax apresenta vazamentos. Mas, pela gravação que ouvi, percebo essa dificuldade em fazer soar de uma maneira “Livre e escorreita” os Graves. Então, se você conseguir articular as notinhas da maneira acima, vai certamente limpar esse efeito “embolado” ou “appojaturado” que está sendo produzido.

Seu som Tá Bonito, tudo afinadinho – mas percebo esse probleminha ai – que não é culpa sua – mas precisa corrigir, pois é desgastante tocar com um Sax pesado, isso influi até no nosso crescimento como instrumentista. Ok? Abraço e secesso ok?

Veja Esse Video Gratis que está disponivel na Escola On LIne, que também é Gratis.

http://www.explicasa...rticulacoes.php




PS. Embora o Pessoal do Fórum que você freqüenta não tope muito o Ivan, ... eu Sugiro que vc dê uma olhada na Video aula dele sobre esse Tema, pois Sei que você vai tirar de Letra esse Problema, pois já ta tocando bem, e com algumas modificações vai ficar um Show, ok? Abração, sei que vai conseguir.

Attached Thumbnails

  • Grafico_da_Articulacao.jpg

<b>Meu SETUP</b>
<b> Alto Selmer S.A. 80 Serie II -</b> -<b> <i> <!--coloro:#FF0000--><span style="color:#FF0000"><!--/coloro-->Boquilha<!--colorc--></span><!--/colorc--></b> <b><!--coloro:#000000--><span style="color:#000000"><!--/coloro-->Ivan Meyer POP 7<!--colorc--></span><!--/colorc--></b> - palheta Fibracell Soft lixada pelo Ivan </i>
<b> Soprano Eagle </b>-<i> <b><!--coloro:#FF0000--><span style="color:#FF0000"><!--/coloro-->Boquilha<!--colorc--></span><!--/colorc--></b> <b><!--coloro:#000000--><span style="color:#000000"><!--/coloro--> Ivan Meyer 7 acabamento Vintage <!--colorc--></span><!--/colorc--></b> - palheta Légère 2 </i>
<b> TenorJulius Keilwerth EX90 Serie II black nickel</b> <i> <b><!--coloro:#FF0000--><span style="color:#FF0000"><!--/coloro-->Boquilha<!--colorc--></span><!--/colorc--></b> <b><!--coloro:#000000--><span style="color:#000000"><!--/coloro--> Ivan Meyer 9 acabamento Vintage <!--colorc--></span><!--/colorc--></b> - palheta Fibracell Soft lixada pelo Ivan </i>

<a href="http://www.youtube.c...user/landersax" target="_blank"><b><!--sizeo:2--><span style="font-size:10pt;line-height:100%"><!--/sizeo-->You<!--sizec--></span><!--/sizec--></b><!--coloro:#FF0000--><span style="color:#FF0000"><!--/coloro--><b><!--sizeo:3--><span style="font-size:12pt;line-height:100%"><!--/sizeo-->Tube<!--sizec--></span><!--/sizec--></b><!--colorc--></span><!--/colorc--></a> ¦ <a href="http://www.myspace.c.../landerricardo" target="_blank"><!--coloro:#000080--><span style="color:#000080"><!--/coloro--><!--fonto:Impact--><span style="font-family:Impact"><!--/fonto--><!--sizeo:2--><span style="font-size:10pt;line-height:100%"><!--/sizeo-->myspace<!--sizec--></span><!--/sizec--><!--fontc--></span><!--/fontc--><!--colorc--></span><!--/colorc--></a>
-----------------------------
<b>"<!--coloro:#FF0000--><span style="color:#FF0000"><!--/coloro-->Sucesso é lançar sementes que possam ajudar outras pessoas.<!--colorc--></span><!--/colorc-->" - John Maxwell.</b>
-----------------------------
<b><!--coloro:#000000--><span style="color:#000000"><!--/coloro-->E-Mail:<!--colorc--></span><!--/colorc--> landersax@yahoo.com.br</b> - <b><u>Pergunte Sempre</u></b> - <!--coloro:#000000--><span style="color:#000000"><!--/coloro-->Aquele que pergunta pode parecer tolo por cinco minutos, mas o que não pergunta permanece tolo a vida inteira. <!--colorc--></span><!--/colorc-->
.....................................
<a href="http://www.e-familyn...et.com/ticker/" target="_blank"><img src="http://www.e-familyn...v894ff9vdr.png" border="0" class="linked-sig-image" /></a>

#13 Prof.Ivan Meyer

Prof.Ivan Meyer

    Fundador do Explicasax

  • Administradores
  • 13.559 posts
  • Gender:Male
  • Location:Pouso Alegre - Sul de Minas Gereais
  • Interests:Música e natureza

Posted 12 fevereiro 2010 - 07:09

QUOTE(Fabiano Lima Nascimento @ 11/02/2010 - 12:12) <{POST_SNAPBACK}>
SIM MESTRE, COMPREI NA EXPLICASAX, AGORA A PARTE DOIS EU NAO SABIA SE TINHA ESSA VIDEO, AULA COMO SE CHAMA ELA? VIDEO AULA 01 PARTE DOIS?
ABRAÇÃO


Fabiano, eu mudei o formato de todas as vídeo aulas e coloquei também legenda em Espanhol e Inglês.
O novo formato tem a parte 1 e Parte 2 juntas e uma resolução de VÍDEO E AUDIO muito maior pois foi feito uma nova Edição da matriz em AVI .

As vídeo aulas agora são enviadas com estojo de DVD com o DVD impresso e também o encarte que é a capa do DVD pois vou começar a vender minhas vídeo aulas ( estas que ha tenho e as que vou gravar sobre improviso ) no mercado internacional ,então puxei ao máximo a qualidade ok
Tem na www.soprasax.com.br disponível os volumes 1,3,3 já com as legendas em ingles e espanhol. Todas já estão no novo formato, mas colocar as legendas é um pouco demorado e estão colocando pouco a pouco, por isso nem fiz propaganda ,pois quero fazer depois que terminarem de legendare tudo, pois já estão todas as falas em poertugues e traduzidas para espanhol e ingles , e estão agora inserindo na nova matriz ok
Se comprar na www.soprasax.com.br o dvd vol.01 já vai a primeira e segunda partes juntas o que vai dar ao redor de 02 horas de vídeo e já com as legendas ok
Pode comprar que o envio é grátis e vale apena ter este novo formato,pois essa aula vai ajudar muita gente e a qualidade é mmmmmmmuuuiiitttooo superior em vídeo e audio, pois antes estava usando resolução para VCD e agora passamos para DVD com resolução de DVD smile.gif
Abrs
Ivan Meyer



#14 wseregatto

wseregatto

    Usuário Destaque

  • Membros
  • PipPipPipPip
  • 689 posts
  • Gender:Male
  • Location:Saltinho-SP

Posted 19 fevereiro 2010 - 01:49

Grande Lander, Servo de Deus!
Muitissimo obrigado pelas dicas, provisóriamente enganei a apoggiatura fazendo articulação (sei que ainda não tá a correta) mas resolveu 50%.
É que eu gostaria mesmo era ouvir alguem tocando tudo ligado e sem o som da bendita. Mas acho dificil.
Grato!
Tenor Conn Director By Edu + Ottolink STM NY 8 + Fibracell nº3 Custom by Wseregatto
Tenor Weril Alpha + Rico B7 + Ambos parados no case.
Fibracell, se tornou a minha palheta preferida, dicas do mestre!

#15 Prof.Ivan Meyer

Prof.Ivan Meyer

    Fundador do Explicasax

  • Administradores
  • 13.559 posts
  • Gender:Male
  • Location:Pouso Alegre - Sul de Minas Gereais
  • Interests:Música e natureza

Posted 09 março 2010 - 02:01

Essa passagem é chata mesmo smile.gif

#16 wrisan

wrisan

    Membro Efetivo do Explicasax

  • Membros
  • PipPipPipPipPip
  • 1.443 posts
  • Gender:Male
  • Location:Curitiba, PR

Posted 09 março 2010 - 02:51

Dentro do assunto dos "graves" constatei uma coisa que vai contra o que eu imaginava.

Eu sempre pensei que boquilhas fechadas e eruditas fossem fáceis de tocar os graves, ou pelo menos que fosse mais fáceis que as boquilhas abertas.

Mas na prática não é o que tem acontecido comigo. Nas boquilhas abertas toco os graves com relativa facilidade, mas nas fechadas não saem ou saem com dificuldade.


Sax Alto Yanagisawa A901
Boquilhas Selmer Soloist F, Rico Royal Metalite M7
Boquilhas disponíveis para venda: Rico A5, Rico B5

#17 Dan_camsky

Dan_camsky

    PROFESSOR

  • Membros
  • PipPipPipPipPip
  • 2.534 posts
  • Gender:Male
  • Location:POA - RS

Posted 09 março 2010 - 03:03

JM:

As boquilhas de menor abertura costumam ter faceamento mais curto. Isso pode dificultar um pouco os graves.

Abs

Dan

T: Yamaha 62, 82Z, Yamaha 82Z, Selmer SA80II - Boq IVAN MEYER 9
A: Yamaha 62, 855, Selmer SA80II, Conn 6M (Lady Face), Pierret Competition, Holton
S: Yamaha 62, Conn 4M - Boq IVAN MEYER 7
Cl: Yamaha 82, Yamaha 61, Boosey & Hawkes Edgware, Noblet N, Amati Kraslice Lignatone, La Marque | ClA: Selmer | Fl: Gemeinhardt M2 | AKAI EWI4000s
Xenyx 1832, ZOOM G3X, Behringer C3, SM58, Caixa Oneal, Roland XV-3080


#18 wrisan

wrisan

    Membro Efetivo do Explicasax

  • Membros
  • PipPipPipPipPip
  • 1.443 posts
  • Gender:Male
  • Location:Curitiba, PR

Posted 09 março 2010 - 04:34

Dan,

Entendi. O faceamento curto faz com que uma porção menor da palheta vibre, dificultando a emissão, certo?

Mas veja que curioso...

As notas graves são mais utilizadas em música instrumental erudita, porém as boquilhas indicadas para este estilo são difíceis de tocar tais notas graves...

As boquilhas abertas são mais fáceis de extrair os graves, no entanto nos estilos próprios para utilizar boquilhas abertas não se usam muito as graves...

Quanto ao faceamento ser mais curto nas boquilhas fechadas, pode ter a ver com a afinação? Imagino que aumentando o faceamento favorece os bends e exige mais controle de afinação, é isto?

Se for, pode ser uma explicação. Dificultam os graves para favorecer a afinação...
Sax Alto Yanagisawa A901
Boquilhas Selmer Soloist F, Rico Royal Metalite M7
Boquilhas disponíveis para venda: Rico A5, Rico B5

#19 Dan_camsky

Dan_camsky

    PROFESSOR

  • Membros
  • PipPipPipPipPip
  • 2.534 posts
  • Gender:Male
  • Location:POA - RS

Posted 09 março 2010 - 05:26

Exatamente, JM.

T: Yamaha 62, 82Z, Yamaha 82Z, Selmer SA80II - Boq IVAN MEYER 9
A: Yamaha 62, 855, Selmer SA80II, Conn 6M (Lady Face), Pierret Competition, Holton
S: Yamaha 62, Conn 4M - Boq IVAN MEYER 7
Cl: Yamaha 82, Yamaha 61, Boosey & Hawkes Edgware, Noblet N, Amati Kraslice Lignatone, La Marque | ClA: Selmer | Fl: Gemeinhardt M2 | AKAI EWI4000s
Xenyx 1832, ZOOM G3X, Behringer C3, SM58, Caixa Oneal, Roland XV-3080


#20 wseregatto

wseregatto

    Usuário Destaque

  • Membros
  • PipPipPipPip
  • 689 posts
  • Gender:Male
  • Location:Saltinho-SP

Posted 13 março 2010 - 03:28

Professor. Regulei o sol# tirei qualquer tipo de folga, melhorou muito os meus graves, porem, as chaves, Sol, lá, Sí, ré agudo, mí agudo, fá agudo estão todas aparecendo um fiozinho de luz, não consigo tirar nem a pau. Quais regiões do sax estas chaves poderiam interferir na execução das notas?
Detalhe, é que parece que as sapatilhas (a haste que as sustenta) não estão empenadas, porque o fiozinho de luz fica na volta inteira. Poderia ser sapatilhas de má qualidade?
Obrigado!
Tenor Conn Director By Edu + Ottolink STM NY 8 + Fibracell nº3 Custom by Wseregatto
Tenor Weril Alpha + Rico B7 + Ambos parados no case.
Fibracell, se tornou a minha palheta preferida, dicas do mestre!




1 user(s) are reading this topic

0 members, 1 guests, 0 anonymous users